Login do usuário

Aramis
Conteúdo sindicalizado RSS José Joffily

José Joffily

O cinema brasileiro fica de fora dos lançamentos

Assim como a chamada lei da Obrigatoriedade foi o grande cavalo-de-batalha da indústria cinematográfica brasileira a partir do final dos anos 60 - e especialmente na década de 70 - a questão repete-se com a reserva de mercado para os filmes brasileiros junto ao segmento do vídeo. A questão é ampla, complexa e polêmica mas deve ser discutida! Os realizadores brasileiros conseguiram, após muita luta, chegar até a 140 dias/ano para que os filmes produzidos em nosso país fossem exibidos no circuito comercial.

IBAC acende luzes no escuro túnel cultural

Após quase dois anos de uma estagnação cultural, em termos de iniciativas do plano federal - desde que o presidente Fernando Collor extingüiu em seu primeiro dia de governo a Funarte, Embrafilme e outros organismos, o túnel volta a se iluminar. A Lei Rouanet está aprovada e regulamentada - enquanto em dezenas de municípios iniciativas semelhantes, para criar estímulos fiscais que resultem em recursos destinados a projetos culturais estão acontecendo.

No campo de batalha

O escândalo denunciado corajosamente pelo jornalista Luiz Geraldo Mazza em relação ao plantio do infeliz símbolo para os 300 anos de Curitiba é notícia no número 25 da revista "Design/Interiores". Como Mazza denunciou há alguns meses, o trabalho vencedor, de autoria de Marcos Bento, parece ter sido "inspirado" na própria capa de uma edição especial da "Design & Interiores" (volume 19, "Design Brasileiro"). xxx

Mais um título para o paraibano Joffily

José Joffily, um paraibano que se "londrinizou" há mais de 20 anos, ao ponto de não querer mais deixar o Paraná nem mesmo para disputar o governo de seu Estado - como foi cogitado no ano passado pelo PT e uma coligação de partidos oposicionistas - não pára com suas atividades intelectuais. Autor de 13 livros em que tem tocado em assuntos incômodos da história oficial, dando sua visão de homem sempre em busca da verdade, Joffily é o mais novo membro do Instituto Histórico e Geográfico de Minas Gerais.

Merecida homenagem para os 41 anos de cinema de Khouri

Gramado Hoje a noite, no cine Embaixador, antes da exibição dos últimos três curtas ("Bastidores", de Carla Camurati; "Viver a Vida", de Tata Amaral e "A Verdade", de Nelson Nadotti) e do longa "Sampaku - O Olho da ambição" de José Joffily, que disputam a premiação, será prestada uma merecida homenagem: a entrega do Troféu Oscarito, instituído pela Fundação Banco do Brasil, para o cineasta Walter Hugo Khouri (no ano passado, o homenageado foi Grande Otelo).

"Sampaku" encerra hoje a competição do festival

Dentro das diferentes temáticas vistas nos 30 filmes que competem nesta 19ª edição do Festival, "Sampaku - O Olho da Ambição", está sendo aguardado com muita expectativa. Rodado originalmente em 16mm - com transposição para 35mm graças a associação do laboratório Líder como co-produtora - e um orçamento modesto (ao redor de Cr$ 140 milhões), tem a credenciá-lo o talento de José Joffily Filho, 45 anos, um dos melhores roteiristas do cinema brasileiro e que estreou com a comédia "Urubus e Papagaios".

Paisagem do Litoral paranaense abre o 19º Festival de Gramado

Pela primeira vez nos 19 anos do Festival de Gramado, as primeiras imagens a serem projetadas na ampla tela do cine Embaixador, amanhã à noite, serão de um filme totalmente feito no Paraná: "Os Desertos Dias", ex-"Longas Sombras no Fim da Tarde", que Fernando Severo rodou entre abril/maio de 1989 em Antonina, Morretes e Ilha do Mel foi o curta programado para abrir ao mais badalado evento cinematográfico do país.
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br