Login do usuário

Aramis
Conteúdo sindicalizado RSS José Maria Santos

José Maria Santos

Luz e movimento em suas imagens

Cinemaníaco desde a primeira infância quando, garotinho no bairro do Capanema, não perdia os bang-bang classe "b" e seriados que eram projetados no antigo cine Morgenau, Poty sempre foi um apaixonado pelo cinema. E muito de sua amizade com Valêncio Xavier, seu parceiro em dois livros, prende-se as imagens que ambos sempre curtiram.

Chateado com Curitiba, Zé fará teatro lá fora

Descrente, magoado e cansado da mediocridade do teatro no Paraná - na qual tem sido um dos profissionais mais corretos e independentes, José Maria Santos, 52 anos, três décadas de palco, vai para São Paulo "e se tiver oportunidade não pretendo retornar tão cedo, apesar de toda afeição ao meu Estado e algumas pessoas que aqui residem...mas não aos que fazem teatro, salvo algumas exceções", diz, em sua sinceridade de bom lapiano.

Governo desapropria o teatro. E agora?

O governador Álvaro Dias entendeu as razões do secretário René Dotti, excelente advogado, e assinou o decreto de desapropriação do imóvel no qual funciona o Teatro 13 de Maio. Muito bem, palmas!

Zé ajuda amigo Adami e vai para o Canadá

Há dez dias, José Maria dos Santos foi ao caixa do Hospital da Cruz Vermelha e deixou um cheque pessoal, no valor de Cz$ 40 mil, pré-datado, para que fosse liberada a saída de seu colega Irineu Adami que ali estava internado há duas semanas. - "Foi a única solução para cobrir a dívida. Dei o cheque, o Irineu foi para casa e agora estou levantando o dinheiro" - explica Zé Maria.

A sarna que faz Zé coçar e enriquecer

Apesar de ditador por 15 anos, Getúlio Vargas passou a história com uma imagem de simpatia e, dizem os estudiosos, para isto contribuiu a forma com que encarava o anedotário a seu respeito. Tanto é que comparecia aos teatros de revistas nos quais era satirizado. Naturalmente sem exageros...

Adeus, Olinda

Nossa gorda, querida e feliniana Olinda Wischral foi iluminar ainda mais as estrelas. A imagem é comum, talvez, mas quem conheceu Olinda sabe que ela sempre foi iluminada. Uma mulher de alto astral, assumidamente e bem humorada em seu físico robusto, que lhe dava uma característica toda sua - e que a fazia uma presença vigorosa nas peças em que atuava. Olinda morreu sem ver publicado seu livro de poesias - que vinha prometendo há muito tempo e sem poder estrear a peça "Foi bom, bem"; que nesta sexta-feira, iniciaria carreira no Teatro 13 de maio.

Berenice, Peninha, Balão Mágico em busca dos Cz$

Enquanto a cineasta Berenice Mendes procura viabilizar, já em termos de financiamento (via Lei Sarney), a produção de "O Drama da Fazenda Fortaleza", com roteiro (de Valêncio Xavier) calcado no romance do professor David Carneiro, outra produção também com base em trabalho literário de autor paranaense tem sua fase de planejamento: "No Mar da Vítimas", que Pena Filho quer filmar, partindo de contos de Wilson Galvão do Rio Appa. Acrescente-se a estes dois projetos o filme em cinco (ou seis?

No campo de batalha

Fato estranhável que o jornalista Milton Ivan Heller constatou na Divisão de Documentação Paranaense da Biblioteca Pública do Paraná em suas pesquisas sobre os anos de repressão, para o livro-reportagem que está escrevendo: desapareceram todas as coleções de jornais do Paraná entre janeiro a abril de 1964. xxx

Zé, seus homônimos e o Dr. Hitler

Durante mais de 20 anos o ator e diretor de teatro José Maria Santos, 54 anos, paranaense da Lapa, amargou humilhações. Cada vez que preenchia um cadastro em busca de crédito bancário ou comercial, a resposta era negativa. Os homônimos eram tantos que não tinha jeito do normalmente bem humorado Zé Maria provar que focinho de porco não é tomada em termos de crédito.

A morte de Valdurga, um amante do teatro

José Maria Santos, 53 anos, 30 de teatro, sentiu mais do que ninguém aquela velha máxima do show business: "O espetáculo deve continuar". Há uma semana, soube da morte de um de seus maiores amigos, o advogado Rubem Valdurga, em Londrina, e, poucas horas depois, o ator estava no palco do auditório Salvador de Ferrante, fazendo o público rir com as piadas de "Zé Maria procura Sarney para se coçar". xxx
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br