Login do usuário

Aramis
Conteúdo sindicalizado RSS José Richa

José Richa

Nicolau, que não fique no número 1

Não é o primeiro, e por certo, não será o último. Mas representa a soma de esforços de uma equipe e, sobretudo, a vontade de oferecer um veículo cultural que possa ter circulação fora das fronteiras estaduais. Com festas e discursos, "Nicolau" foi lançado na terça-feira e distribuído como encarte de jornais numa tiragem de 130 mil exemplares. xxx

No campo de batalha

Diferença de comportamento e administração: enquanto no infeliz governo José Richa, a incompetente secretaria da Cultura nunca ajudava o FERCAPO - ao contrário, procurando até boicotá-lo, agora ocorre o contrário: o secretário René Dotti foi na abertura, fez um curto discurso e foi aplaudido. Como não poderia permanecer, deixou ali, para acompanhar o evento até o final, dois de seus mais diretos assessores: o novo chefe de gabinete, Reinaldo Almeida César e Paulo Roberto Motta. xxx

No campo de batalha

O grupo de trabalho criado pelo secretário René Dotti, da Cultura, para promover estudos sobre a necessidade e a viabilidade da criação de uma Fundação Estadual do Livro, terá até o dia 16 de agosto para concluir seus estudos. xxx Houve duas substituições, a pedido, no grupo: a jornalista Rosirene Gemael e Regina Benitez saíram e em suas vagas entraram o jornalista Manoel Carlos Karam e a senhora Marlene Rodrigues, coordenadora de Comunicação Cultural. xxx

De um museu à procura de uma sede. Sem final feliz

Como o namoro entre o Museu da Imagem e do Som e a Mansão dos Arcos está em temporada de céu cinzento, como diria o jornalista Nelson Faria de Barros, em seus tempos de colunista social da "Última Hora", surge um terceiro candidato ao coração, digo ao corpo inteiro, do MIS: o Palácio Rio Branco, antiga sede do governo, hoje pertencente à Secretaria da Justiça, na Rua Barão do Rio Branco. Assim, no romance imobiliário que busca um happy end para o nosso Museu da Imagem e do Som encontrar, afinal, duas décadas depois de ter nascido, em espaço definitivo, continuam as especulações. xxx

Iara, a olheira na Constituinte

A advogada e atriz Iara Sarmento esteve em Curitiba para, em assembléia geral do Sindicato dos Artistas e Técnicos e Espetáculos no Paraná, prestar contas do que observou em Brasília, nos dois meses em que ali se encontra como observadora daquela entidade junto à Constituinte. Trabalhando uma média de 10 a 14 horas por dia, na tentativa de acompanhar o trabalho das diferentes comissões, Iara é uma das cinco profissionais que no Distrito Federal representam a classe dos artistas e técnicos em artes cênicas, através de suas entidades. xxx

A "Boca" na Manchete

Anfrísio Siqueira, 60 anos, presidente eterno da Boca Maldita, ficou satisfeito com a reportagem de três páginas, com fotos em cores de Sergio de Souza, publicada na revista "Manchete". Com o título de "Boca Maldita - o tititi começa aqui", o jornalista Ney Bianchi fala da mais famosa instituição de boatos e fofocas de Curitiba.

Chico do Arquivo dá exemplo ao governo

A doce embriaguez do sucesso (temporário) e do poder (passageiro) faz com que muita gente dita importante esqueça as mínimas regras de educação. Desculpas esfarrapadas de estar sempre "em reunião", recusa de atender telefonemas e mesmo alegações de "falta de tempo" para ouvir sugestões são características de medíocres que, circunstancialmente, chegam a algum cargo de importância.

Goteiras nos museus, teatro sem elevador. Pobre Paraná!

Preocupado em realizar uma "administração iluminada, em renascimento cultural no Paraná" - como tem, exaustivamente, repetido em dezenas de discursos desde que foi escolhido pelo governador Álvaro Dias para a pasta da Cultura, o advogado Renê Dotti tem uma responsabilidade maior em suas mãos: apesar da época de crise, do orçamento em vermelho, sensibilizar o governo para que a Biblioteca Pública do Paraná ganhe os dois andares que, projetados há 34 anos, estão à espera de uma administração realmente preocupada com a nossa vida cultural. xxx

No campo de batalha

Enquanto a idéia de criar uma Fundação Newton Carneiro toma corpo - e nesta coluna, há quase 3 meses, fomos os primeiros a falar a respeito - a Biblioteca Pública decidiu homenagear o intelectual, homem público e colecionador, um dos idealizadores da construção da BPP, há 35 anos. xxx Amanhã, às 15 horas, será inaugurada a exposição "Newton Carneiro: um exemplo de cultura", reunindo livros, fotos, desenhos e mesmo peças ligadas a vida do professor Carneiro, uma das grandes personalidades do Paraná. xxx

De nada adianta transferir se não houver bons recursos

Se depende, basicamente, da coragem do governador João Elísio em enfrentar algumas críticas e oposições, a transferência da Rádio Estadual para a esfera da Secretaria da Cultura e Esportes, por outro lado, também de nada adiantará esta iniciativa se não forem dadas condições mínimas para que a emissora oficial, em curtíssimo prazo, seja dinamizada.
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br