Login do usuário

Aramis
Conteúdo sindicalizado RSS Lei Sarney

Lei Sarney

Esperando Rouanet, cineastas no astral otimista de Gramado

Gramado, A chuva e o frio - menos intensos do que se poderia esperar neste inverno - não prejudicam o bom astral que marca o mais prestigiado dos festivais do cinema brasileiro. Apesar do público reduzido na abertura, segunda-feira à noite, quando "Os Desertos Dias", de Fernando Severo, foi o primeiro curta projetado na tela do cine Embaixador, esta 19ª edição do festival que coincide com o sancionamento, amanhã, quinta-feira, em Brasília, da lei que com o nome do atual Secretário Nacional da Cultura, faz renascer as esperanças dos produtores culturais do Brasil.

Mesmo com a crise há ainda livros de arte

A confraria privilegiada de colecionadores de livros de arte sofreu um duro golpe em 1990: o Plano Collor e a conseqüente suspensão da Lei Sarney praticamente congelou a maioria dos projetos que existiam para dar continuidade as edições de livros de arte (sem falar em outras áreas de investimentos) com patrocínios de empresas e instituições.

O cinema para ler

Após anos de indigência editorial nas áreas das artes, começamos a entrar em dias melhores. Ano a ano, cresce a produção editorial de obras que se voltam ao cinema, música, teatro e artes plásticas - incluindo edições de arte. Mesmo com os tempos bicudos que enfrentamos, e, no caso de edições-brinde de obras de arte tenha havido uma natural recessão com o fim da Lei Sarney (que estimulava investimentos culturais), aliada aos rigores do Plano Collor, ainda se publicou bastante em 1990.

Apesar de tudo, os discos independentes resistem

Passados treze anos do surgimento organizado do chamado "disco independente" - tomando-se como ponto inicial de referência o "Feito em Casa" do pianista e compositor Antônio Adolfo - ao contrário do que muitos pensam, esta forma de realização fonográfica não morreu. Teve, evidentemente, que se adaptar aos novos tempos - cada vez mais recessivos - agravados em 1989/90 - o que provocou uma sensível redução na chamada produção alternativa, tendo em compensação também um saneamento artístico.

No campo de batalha

Apesar da produção de livros de arte cair mais de 80% com o fim da Lei Sarney, alguns projetos conseguem se concretizar. É o caso de "Volpi: 90 anos", com texto do crítico Jacob Klintowitz e projeto editorial da Ladi Biezus (256 páginas, circulação dirigida). Biezus, 56, diretor da Logos Engenharia, pretendia lançá-lo através de sua firma mas com as reduções financeiras teve que passar o projeto para o Sesc. O livro traz 240 reproduções cobrindo 75 anos de produção do artista. O texto de Klintowitz ocupa apenas seis páginas da edição. xxx

No campo de batalha

"As Bruxas de Salém" precisa de ajuda do além para enfrentar a concorrência no grande auditório nesta semana: na terça-feira, dia da estréia da peça de Arthur Penn, o guitarrista Paco de Lucia, que parece ter pacto com o demônio para ser tão genial em seu instrumento, fazia sua única apresentação; ontem foi o sax igualmente diabolicamente atraente de Gerry Mulligan no mesmo auditório.

Afinal, Guaíra tem agora seu elevador

Na noite de quarta-feira, 10, na estréia da ópera "Helka", pela primeira vez os espectadores que por idade ou problemas físicos nunca puderam assistir espetáculos no primeiro e segundo balcão, não terão mais este problema. Finalmente, um amplo elevador estará funcionando, atendendo uma reivindicação que se fazia desde que o auditório Bento Munhoz da Rocha Neto foi inaugurado - completando assim, uma obra cujo projeto foi elaborado há mais de 40 anos - e cuja construção arrastou-se por mais de duas décadas e cinco diferentes governos.

Muita música em Londrina, Blumenau, Avaré e Cascavel

Mesmo com todas as limitações advindas post-Plano Collor - que deixou de cuecas (e não mais de calças curtas) os eventos culturais, já que a Lei Sarney foi para o brejo e a época das gordas subvenções federais está na saudade, nem por isto deixam de acontecer vários festivais neste mês. Modestos, com mordomias reduzidas, compactados e buscando objetivos definidos, estão acontecendo festivais de música em vários Estados, enquanto que o de Gramado, no ano de sua maioridade, teve alguns adiamentos e coincidindo com a temperatura mais baixa na serra gaúcha começa no final do mês.
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br