Login do usuário

Aramis
Conteúdo sindicalizado RSS Leonel Brizola

Leonel Brizola

Dias de fogo e pressão alta para Jaime Lerner

Após uma semana em que apesar de um exaustivo programa de reuniões técnicas na Alemanha não deixou de ter seu lado soft, o prefeito Jaime Lerner enfrenta agora uma carregadíssima agenda de problemas que exigem sua decisão pessoal, ágil e, sobretudo, equilibrada. Afinal, desde a questão da disputa (ou não) da Prefeitura do Rio de Janeiro - o que poderá representar a catapulta para, em menor tempo do que se espera, poder tentar a ascensão ao Palácio do Planalto - como presidente ou vice - até problemas político-administrativos que se acumulam na esfera municipal, exigirão sua atenção.

No campo de batalha

Nativista apaixonado, estudioso da cultura regional e vendo a necessidade do Sul ter maior valorização junto a Federação, o advogado Joaquim Tramujas Neto, 43 anos - comemorados festivamente no último dia 27, uniu-se ao empresário Waldomiro Trombini para a confecção de três mil "T-shirts" com a inscrição "O Sul é Meu País", em cores verdes, que estão sendo procuradíssimas por adeptos de formações de uma nova região administrativa no País.

A querência querida nos "causos" que o "seo" Manoel sabe contar

O "seo" Manoel é um grande contador de estórias. Quem tem o privilégio de ouví-lo lembrar fatos vividos e sentidos, ao longo de seus 80 anos - comemorados no último dia 22 de março - sempre sai com a sensação de querer mais. Como uma de suas maiores admiradoras, a jornalista Antonia Schwind, "suas mãos vão desenhando no ar os cenários. Olhos espertos e sorriso terno, puxa cuidadosamente o fio das emoções dos seus ouvintes. Após uma passagem mais triste, certamente explode a gargalhada".

A invasão paranaense que colonizou o Sul

Se a questão do nome de Palmas seria inspirado nos coqueiros butiás da região ou uma homenagem ao Conde de Palma, o capitão-general-governador da Capitania de São Paulo em 1816, dom Francisco de Mascarenhas, é apenas um pequeno detalhe na dissertação de mestrado da professora Roselys Velloso Roderjan. O corpo de seu trabalho traz idéias bem mais profundas - que justificam, plenamente que a mesma ganhe edição o mais rapidamente possível.

Um sindicato que discipline os que "guardam" os carros

A longa colaboração que o arquiteto Jaime Lerner prestou às administrações do Rio de Janeiro - especialmente no governo Leonel Brizola - fizeram com que levasse à Cidade Maravilhosa várias idéias que deram certo em Curitiba. Algumas tiveram um bom replay no território carioca, outras nem tanto...

O pensamento político de Giba

Algumas reflexões de Gilberto Vasconcelos em "Collor - a cocaína dos pobres" (A nova cara da Direita)": "A esquerda ainda não entendeu que o verdadeiro não é popular, assim como é através de história que rola a memória do Brasil. Nosso povo acredita que o inconcebível pode ser verídico. Alertando Leonel Brizola em 1979, o cineasta Galuber Rocha dizia que a razão mística é mais importante do que a razão política para chegar ao poder". xxx

Brizula, dobradinha imbatível?

Em "Brizula" - lançado há menos de uma semana em Brasília, o jornalista Gilberto Vasconcelos desenvolve algumas idéias que já havia colocado no ensaio "O preço da esquizofrenia na esquerda brasileira", a partir da página 27 de "Collor - a cocaína dos pobres". E na qual, inicia fazendo a seguinte análise:

Um documentário sobre o "Dinheiro Invisível"

Enquanto os curtas em 35mm, apresentados no Cine Embaixador, em Gramado, foram, em sua maioria, temas de ficção, os trabalhos em 16mm, nas exibições realizadas no auditório Érico Veríssimo do Centro de Convenções do Hotel Serrano mantiveram uma preferência pelo documentário - especialmente entre os média-metragens. Os filmes nesta categoria são realmente os patinhos feios na produção cinematográfica: somente em salas alternativas, dentro de promoções muito especiais, é que eles chegam a um público interessante.

Rio de David e 1º de Abril de Letícia

Após bem sucedidas incursões literárias-cinematográficas ("Memórias de Helena", do livro de Helena Morley; "Lucia McCartney", do conto de Rubens Fonseca), o mineiro-carioca David Neves se voltou a um projeto tão lírico e afetivo como é a sua personalidade: um mapeamento truffoneano do Rio de Janeiro. Assim, após "Muito Prazer", com o Leblon como cenário e o encantador "Fulaninha", rodado na Prado Júnior, em Copacabana, justamente na rua em que ele reside, veio "Jardim de Alah", com conflitos e contrastes de um endereço certo, na confluência dos bairros cariocas de Ipanema e Leblon.
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br