Login do usuário

Aramis
Conteúdo sindicalizado RSS Livraria José Olympio Editora

Livraria José Olympio Editora

De mulheres, poesia & romances

Mulheres & poesia, Gladys Gama França, 40 anos, entra na idade da razão com "Sedução", seu quinto livro. Fluminense de Campos, há 20 anos em Curitiba, esposa do psiquiatra Olimpio França, dois filhos, Gladys vem mantendo uma produção lírica - entre a poesia romântica e a reflexão do dia-a-dia. Em 1983, foi "É Necessário que Haja", ao qual se seguiram "De repente..." (84), "Apenas Uma Mulher" (85) e "Afeto Sem Retoques" (87). Como sempre faz em seus livros, Gladys busca palavras amigas de seus psiquiatras de plantão: o ex-padre Emir Calluf a apresentava em "Afeto Sem Retoques".

No campo de batalha

O pintor João Ozório Brzezinski em temporada francesa. Maior amigo de Juarez Machado, desde os dias que o artista catarinense chegou, anonimamente em Curitiba, no início dos anos 60, Brzezinski, 49 anos, passou 30 dias na mansão estudo que Juarez possue em Paris. Algumas viagens a países vizinhos e principalmente centenas de quilômetros nos museus e galerias nos 30 dias que o bom João ficará no Exterior. xxx

Os spirituals de Satchmo e os blues da grande Bessie

Duas edições absolutamente históricas chegam aos colecionadores: "Louis and the Noly Book" e "The Collection" com Bessie Smith. Dois documentos sonoros, com nomes marcos do jazz tradicional e que merecem ser ouvidos, com a maior atenção. Se Louis Armstrong (New Orleans, 04/07/1900 - Nova York, 06/07/1971), é o próprio sinônimo do jazz e não existe quem não o identifique como a própria imagem da cidade que nasceu, Bessie Smith (Chatanooga, Tenessee, 18/04/1898 - Clarksdale, Mississipi, 26/09/1937) só, hoje, passados 50 anos após a sua morte, começa a ser devidamente apreciada no Brasil.

No campo de batalha

O promotor Joaquim Tramujas, que virou notícia nacional com a polêmica em torno do livreto "Passe a Cuia, Tchê!" - no qual defendeu a tese de que o chimarrão foi levado ao Rio Grande do Sul pelos paranaenses - vai trocar a erva mate pelo scotch: passará os próximos seis meses em Londres. xxx

No campo de batalha

O engenheiro Argus Thá Heyn, do Departamento de Estradas de Rodagem, vai pesquisar sobre sistemas de auxílio à gestão da manutenção rodoviária em Paris. De 5 a 21 de fevereiro, estará na Cidade Luz participando de um programa organizado por uma instituição rodoviária internacional. xxx Mais uma técnica da Secretaria do Planejamento buscando seu diploma de Mestrado em Campinas: Maria Elisabeth Lunardi foi dispensada de trabalhar por dois anos - 5 de março de 1990 até março de 1992, para freqüentar aulas do curso de Políticia Científica e Tecnológica da UNICAMP. xxx

No campo de batalha

Hoje a noite, no ginásio de esportes do Pinheiros, a Associação dos Funcionários do Banco do Brasil promove a o FENAM-Sul, festival nacional de música popular que estará selecionando os candidatos que disputarão a finalíssima no Rio de Janeiro, no Tijucas Tênis Clube, no próximo dia 4 de novembro.

A revisão da história das potências em cinco séculos

Há quase dois anos, quando saiu a primeira edição de "The Rise and Fall of the Great Powers", de Paul Kennedy, nos Estados Unidos, um amigo do professor Constantino Comninos, do curso de Ciências Sociais da Universidade Federal do Paraná, lhe enviou um exemplar. Apesar de ser uma obra robusta - 671 páginas - Comninos cruzou madrugadas em sua leitura, entusiasmado com as idéias e a forma com que o historiador contemporâneo Paul Kennedy traça a ascensão e queda das grandes potências mundiais num período de cinco séculos.

Muitos querem saber da vida de cada um

Entre tantos volumes que surgiram nos últimos meses, algumas até reedições, com biografias que variam desde a Santa Teresa de Ávila até a escandalosa porno-deputada Cicciolina, são muitas as opções. Na área artística, então, os lançamentos se sucedem ainda com maior intensidade. xxx

No campo de batalha

Os funcionários da Fundacem e Funarte continuam organizadíssimos na resistência para evitar demissões em massa nestas fundações do Ministério da Cultura. Amplo material sobre o ato de protesto promovido dia 14, na Cinelândia, Rio de Janeiro, foi distribuído nacionalmente. ***

O marketing de Adherbal e liberalismo de Maciel

O jornalista Adherbal Fortes de Sá Júnior está retornando dos Estados Unidos trazendo em sua bagagem algumas horas de gravações de entrevistas com alguns dos maiores experts em marketing político. Complementou, assim, um trabalho iniciado já há dois anos, quando começou a ouvir executivos na área da comunicação e marketing dos Partidos Republicano e Democrático, além de consultores e especialistas independentes, baseados em diferentes Estados, para um projeto que em breve ganhará forma de livro: um estudo-manual sobre técnicas de se ganhar eleições.
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br