Login do usuário

Aramis
Conteúdo sindicalizado RSS Machado de Assis

Machado de Assis

Uma aula de Brasil com a "Memória Viva" de Aloísio

"Porque, na verdade, o verdadeiro cinema, no seu sentido completo e no seu sentido verdadeiro e íntegro, é o que os senhores fazem. É a aproximação do fenômeno em qualquer direção, na direção científica, na direção didática, na direção puramente lúdica. O documentário é, por natureza, o verdadeiro cinema". (Aloísio Magalhães, no discurso de abertura do Encontro Nacional de Documentarista Cinematográficos, em Brasília, 16 de novembro de 1981).

"Suplício de Uma Saudade", um vídeo sobre o fotógrafo Gluck

Já está em fase de edição o vídeo "Suplício de uma Saudade", uma livre criação do premiado videasta Tiomkim (Osval Dias de Siqueira Filho), 35 anos, a partir das fotografias de Guilherme Gluck (1893-1983), catarinense que foi um dos primeiros profissionais das imagens na Lapa no início deste século.

A "Tribuna" diária de São José dos Pinhais

Ao mesmo tempo em que o mais antigo jornal de Região Metropolitana de Curitiba comemora se 34o aniversário e prepara-se para, dentro de alguns meses, adquirir a periodicidade diária - a "Tribuna de São José", em São José dos Pinhais - um novo vespertino é anunciado para circular em Curitiba até o final de julho - "Folha da Imprensa"- e no campo de revistas, semanários e quinzenários com públicos -

Porta de livraria

* Luiz Schwartz, da Companhia de Letras, decidiu privilegiar os leitores - pelo visto cada vez em número maior - de obras místicas. Assim, além de lançar no próximo dia 23, terça-feira, "História Noturna", está patrocinando a vinda de seu ator, o italiano Carlo Ginzburg, para uma série de debates em São Paulo. Em "História Noturna", Ginzburg oferece uma nova interpretação do sabá, encontros noturnos em que supostamente se celebravam banquetes, orgias sexuais e cerimônias antropofágicas. xxx

Na miséria das imagens, a esperança de São Paulo

Rio de Janeiro - Durante alguns anos, especialmente na década de 70, os dois principais festivais competitivos do cinema brasileiro - Brasília (criado em 1968) e Gramado (a partir de 73) - representavam um campo de batalhas visuais entre o cinema paulista X carioca. Numa época em que a produção nacional chegou a ultrapassar mais de cem títulos/ano, os realizadores dos dois Estados levavam até para o esforço físico as acirradas disputas de festivais em alta voltagem, muita badalação e euforia.

Os 90 anos de dona Pompília, a mestre de várias gerações

Comemorar 90 anos já é um fato pouco comum ao ser humano. Mas ter a benção de se tornar nonagenária com a maior lucidez, boa saúde, cercada de descendentes, estimadíssima pela comunidade e, olhando ao passado, poder recordar desde a primeira infância, é uma graça que Deus só concede a seres iluminados e privilegiados. A professora Pompília Lopes dos Santos é um deles. Na próxima terça-feira, estará comemorando seus 90 anos.

Bianchi, um talento explosivo e polêmico

Durante o ano passado, "Romance", foi um dos raros filmes brasileiros convidados para alguns dos mais importantes festivais e mostras do mundo - Amsterdã, Montreal, Berlim, Nova Iorque. Sem qualquer esquema de autopromoção - ao contrário, sempre crítico em relação a Embrafilme e outras entidades oficiais - o cineasta Sérgio Bianchi, paranaense de Ponta Grossa, foi convidado a comparecer nestes eventos, falando sempre com a sinceridade que o caracteriza. Seu filme - um amargo retrato do Brasil-corrupção que vivemos - provocou polêmicas e discussões, teve elogios e críticas.
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br