Login do usuário

Aramis
Conteúdo sindicalizado RSS MGM

MGM

No Rívoli, domingo, a sua útima sessão de cinema

No domingo, dia 3 de janeiro, Curitiba perde mais um cinema. Após a última projeção de "A Rainha do Sadismo", às 22 horas, as portas do Cine Rivoli, serão fechadas e só voltarão a abrir para a retirada de suas poltronas e do equipamento de projeção – cujo destino ainda não foi definido, pelo sr. João Aracheski, executivo da Fama Filmes no Paraná.

1.953 novos títulos colocados nas locadoras do Brasil em 91

Ultrapassou as expectativas! Expertes em vídeo - entre jornalistas especializados, donos de locadoras e distribuidoras, que consultamos em princípios de dezembro último, calcularam em 1.500 os títulos lançados no Brasil em 1991. Agora, graças à competência do editor Oceano Vieira, que há sete anos vem editando a mais completa revista informativa sobre o mercado - "Jornal do Vídeo", temos o número exato de lançamentos ocorridos nos meses entre janeiro/dezembro do ano que passou: nada menos que 1.953.

Aqueles tempos dourados com imagens de sonhos nas telas

O Sr. Felipe Fiorilo, 71 anos, desde 1962 residindo em Curitiba, surpreendeu-se quando o seu amigo Ismail Macedo, 67 anos, um castrense pioneiro da cinematografia no Paraná, lhe comunicou ontem que o cine Plaza havia fechado há menos de dois meses. Fiorino, filho de um pequeno banqueiro dos Campos Gerais - Vicente Fiorilo (1879-1958), foi quem se uniu em meados de 1956 ao fazendeiro Rivadavia Menarim, ao açougueiro Estefano Rudeck e a Gastão Negrão - estes dois já falecidos - para fundar a Comercial Castrense S/A acreditando no ramo da exibição como um bom investimento.

A princesa Stephanie canta (e lembra a mãe Grace Kelly)

Ela será sempre a imagem de uma época dourada de nossas vidas e do cinema americano: Grace Kelly. Aquela moça loira, linda, sofisticada, de uma família tradicional de Philadelphia (Pensilvânia) onde nasceu em 12 de novembro de 1928, foi a encarnação da "mulher-classe" nos anos 50.

Curitiba vista pelo olhar de realizadores argentinos

Curitiba vista pelo olhar de quatro realizadores argentinos radicados em São Paulo: "Core & Tuba", uma riquíssima produção - mais de duas horas de filmagens para uma redução, em vídeo, de apenas 12 minutos - é belíssimo em suas imagens do fotógrafo Luís Scalero, que foi assistente em "Gringo Velho". Também o montador do filme de Luiz Puenzo, o portenho Juan Carlos Macis, foi quem selecionou as imagens, sob direção de Adolfo Drago e a produção de André Bukovinski (da Aba Filmes), experientes (e premiados) nomes do cinema publicitário.

Videonotas

A Globo Vídeo lança um importante filme político: "O Caso Aldo Moro", que Mauro Berardi realizou em 1988 sobre o estadista italiano, raptado e assassinado pelas Brigadas Vermelhas. Uma soberba interpretação de Gian Maria Volonté, na época deputado pelo PCI, justifica a visão deste filme político e sério. xxx

O mágico (post "Oz") da América

"O mundo todo é selvagem no coração e estranho na superfície" (Lula, personagem feminina de "Coração Selvagem"). xxx O curitibano Walton S. Wysocki, double de artista plástico obcecado por imagens eqüestres e cinéfilo-glutão, costuma fazer seus desenhos com maçaricos, extraindo cores e imagens com chamas & fumaça. Walton, como um apaixonado por cinema e um esteta dos músculos em seus cavalos pictóricos, deve ter adorado "Coração Selvagem" (Cine Ritz, 2ª semana).

A estranha política dos lançamentos nos cinemas

Os números caminham para uma progressão geométrica: do solitários 114 espectadores registrados no barderaux na estréia (31 de maio), no domingo, já passavam de 900 e a tendência é aumentar - já que com o ingresso mais reduzido (Cr$ 100,00) de segunda a quinta-feira, o hábito de frequentar os cinemas se encontra no meio da semana - e não mais nos finais, como acontecia antes.

Master Classics traz o melhor do cinema em P&B

Um dos aspectos culturalmente mais fascinantes da era do vídeo está na possibilidade das novas gerações terem acesso, da forma mais cômoda e rápida, a praticamente toda a história do cinema. Se a geração de cinéfilos formada nos anos 30/40, no Brasil, teve sempre abismos negros em sua informação cine-cultural - pelo fato de muitos filmes fundamentais nunca terem chegado às nossas telas e aqueles que descobriram a importância da sétima arte nos anos 60/70 ficarem apenas com informações sobre o cinema das décadas anteriores, os jovens deste final de milênio são privilegiados.

Os "oscarizáveis" de 1990 e o vento que o tempo não leva

Dois dos cinco filmes que na noite de 25 de março estarão concorrendo ao Oscar já podem serem vistos pelos curitibanos: desde a semana passada, "Sociedade dos Poetas Mortos", de Peter Weir, está em exibição no Cine Bristol e, com boa bilheteria, deve permanecer no mínimo mais duas semanas. Além de concorrer ao Oscar de melhor filme - disputa ainda como melhor ator (Robin Willians), roteiro original (Tom Schulman) e direção. Já "Campo dos Sonhos" (Cine Plaza, desde ontem), concorre como melhor filme, roteiro captado [adaptado] (Phil Alden Robinson) e trilha sonora (James Norner).
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br