Login do usuário

Aramis
Conteúdo sindicalizado RSS Michael Jackson

Michael Jackson

O R&B tupiniquim de Edmon

Dentro da crise fonográfica a necessidade de renovação de elenco, as gravadoras apostam em quem oferece alguma possibilidade. Por isto, Edmon ganha um álbum-solo pela Sony após ter seu "Coração de Gelo" catapultado na trilha sonora de "O Dono do Mundo". Carioca, 27 anos, morador da Vila Penha, é definido (exageradamente), por Adriano Sanglard, no release promocional, "a maior revelação na 'praia' do R(hytm) & B(lue) nacional - se é que se pode dizer que isso já existe no Brasil".

Quem é, afinal, mr. Ovits, o mais poderoso dos agentes de Hollywood

A divulgação na página de domingo sobre as 100 pessoas mais poderosas na Hollywood dos anos 90, conforme o levantamento da revista "Premiére", em sua edição de maio, fez com que mesmo os mais atualizados cinéfilos ficassem surpresos com o nome do homem que, entretanto pela primeira vez neste power poll da indústria do entretenimento visual, conseguiu o primeiro lugar: o superagente Michael S. Ovitz.

Marketing - Sony contrata Edson, associa-se a Bloch e lança o "picture disc"

Vindo de uma longa experiência na área do marketing, o novo presidente da Sony (ex-CBS) no Brasil, Roberto Augusto, compensa sua juventude com uma extraordinária visão do mercado fonográfico e, especialmente, sensibilidade para a área da comunicação. Começou fazendo várias modificações e tomando iniciativas que devem resultar em grandes lucros à multinacional. Assim é que venceu a corrida com outras gravadoras e contratou o novo cult-singer, Edson Cordeiro que mesmo sem ter gravado já é um superstar.

"Moonwalker", um videoclip para os fãs de Mr. Jackson

O primeiro grande lançamento de 1989, em termos de público, chegou ontem em dezenas de cinemas de todo o país: "Moonwalker", um videoclip de longa-metragem que Michael Jackson produziu, escreveu e estrelou. Megalomaníaco, preocupado com a concorrência cinematográfica que Prince lhe vem fazendo, Jackson decidiu voltar num filme destinado ao seu público que pouco exige. Assim, não há muita preocupação pelo roteiro - desenvolvido a partir de um texto que ele próprio teria (teria?

Robot, musical e Alien nas estréias da semana

O carnaval acabou e, afinal, vamos começar a falar sério. Está na hora da programação melhorar - pois o Oscar acontece dentro de algumas semanas e as majors - as grandes distribuidoras/produtoras - aguardam apenas que no próximo dia 24, em Los Angeles, a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas reúna a imprensa internacional em sua magnífica sede na Wilshure Avenue, em Los Angeles, para anunciar os filmes nominados ao boneco dourado, para começar a corrida de lançamentos dos mesmos no Brasil.

Gil, deus da Mu dança num momento harmonioso

Aos 47 anos - a serem devidamente comemorados na terça-feira, 27 de junho, Gilberto (Passos) Gil (Moreira) começa a se livrar daquela síndrome de Peter Pan. Em sua inegável criatividade e ligação com o que há de novo no mundo musical, Gil, desde 1963 - quando fez sua primeira música ("Felicidade Vem Depois", 1963, um samba bossa-nova ao estilo de seu ídolo João Gilberto) sempre esteve antenado com o novo.

Milton & Djavan, para muito ouvir e refletir

Final de ano, temporada dos discos mais importantes - em termos comerciais e artísticos. "Francisco", o novo álbum de Chico Buarque, agora na RCA, está saindo em seqüência aos lps de Martinho da Vila e Alcione, outros campeões de vendagem - afora Nelson Gonçalves, Luiz Gonzaga e Beth Carvalho. A Polygram vem de "Caetano", enquanto a CBS tem o creme-do-creme com o aguardadíssimo álbum de estréia de Milton Nascimento ("Yauaruetê") e Djavan ("Não é Azul Mas é Mar"), com mais algumas jóias de ourives sonoro que este alagoano é mestre.

Os bons estão voltando

Entre uma produção extremamente descartável, com muito lixo imposto nas lojas, há entretanto, alguns discos que podem ser ouvidos sem maiores dores auditivas. Eis alguns exemplos.

A volta do Prince dourado

Os dois criolos mais bem sucedidos da música pop americana estão novamente na pista. Prince saiu com a vantagem de algumas semanas com seu novo elepê ("Sign'O The Times"), mas o marketing em torno de Michael Jackson é poderoso e o mix com "I Just Can't Stop Loving You", nas praças há semanas, antecipa o que será o elepê, lançado mundial e simultaneamente.
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br