Login do usuário

Aramis
Conteúdo sindicalizado RSS Ministério da Educação

Ministério da Educação

O Instituto do disco

Uma das comunicações mais discutidas por ocasião do I Encontro dos Pesquisadores da Musica Popular Brasileira realizada no ultimo fim-de-semana em Curitiba, foi apresentada pelo jornalista Lúcio Rangel, 60 anos, 40 de imprensa reconhecidamente o primeiro profissional da critica a se preocupar em estudar e valorizar o nosso cancioneiro. Em duas laudas datilografadas, o autor de "Sambistas & Chorões" defendeu a idéia de defendeu a idéia de criar um Instituto Nacional do Disco, justificando amplamente o seu ponto de vista.

Depois que eu me chamar saudade

Triste mas absolutamente verdadeiro: a professora Maria Nicolas, 75 anos, mestre de várias gerações, uma das personalidades mais admiráveis desta nossa cidade, foi obrigada recorrer às suas econômicas para pagar a primeira prestação do custo de impressão de seu novo livro. "Pionteiras Paranaenses" e, assinar doze promissória - comprometendo seus magros vencimentos de professora aposentada, para saltar o restante do débito.

O (futuro) vice-magnífico

Anotem e confiram dentro de algumas semanas : o novo reitor da Universidade Federal do Paraná é, todos sabem nestas alturas, o professor Euro Brandão , atual secretário-geral do Ministério da Educação e Cultura. E, para vice-reitor , é praticamente certa a escolha do professor Miroslau Baranski, do Setor de Ciências da Saúde .

A zootécnica e o livro de Malba Tahan

A boa estrela do editor Faruk El Khatib brilhou mais uma vez: poucas semanas antes de falecer, o professor Júlio César de Mello e Souza - ou seja o conhecido Malba Tahan (1895-1974), lhe entregou os originais de uma cientifica e divertida análise de um dos mais populares divertimentos do povo brasileiro: "O jogo do Bicho à Luz da Matemática". O inesperado falecimento do professor e escritor, em Recife, no Hotel Boa Viagem, no ano passado, fez com Faruk El Khatib retardasse a publicação do livro.

Música & Pesquisa

A idealística tentativa de se agrupar os compositores, instrumentistas e intérpretes da música popular da cidade num movimento criador, através de reuniões semanais (Teatro do Paiol, segundas-feiras à noite) coincide com as otimistas notícias de que afinal o Ministério da Educação e Cultura irá analisar, na próxima semana, a situação da música popular brasileira, através de uma proposição preparada pelo Departamento de Assuntos Culturais, cujo diretor, o antropólogo Manoel Diegues Junior, é sogro da cantora Nara Leão.

Cultura Brasileira

Há seis meses esta coluna foi a primeira a registrar, no País, uma importante iniciativa editorial: o início da elaboração da coleção "Iniciação à Cultura Brasileira", ilustrada com centenas de slides e destinada a cobrir um claro na bibliografia brasileira. No momento em que os estabelecimentos de ensino são obrigados a introduzir a cadeira de Educação Artística, e, principalmente no Interior, existem naturais deficiências de mestres especializados no ensino desta matéria, o lançamento desta coleção é dos mais oportunos.

Do Chorinho ao Samba

Mais do que um simples espetáculo de fim-de-semana, as duas únicas apresentações "Do Chorinho ao Samba" (Teatro do Paiol, hoje e amanhã, 21 horas) se constituem, na verdade, em didáticas récitas sobre uma das mais importantes fases de nossa música popular, produzida com tal esmero que mereceria ser incluído pelo Ministério da Educação e Cultura, em seu oneroso - nem sempre devidamente eficiente - Plano de Ação Cultural.

A música do Sul

Depois de terem realizado duas fundamentais coleções - "Música Popular do Nordeste" e "Música Popular do Centro Oeste/Sudoeste", num total de 8 lps, os produtores Marcus Pereira, e Aluizio Falcão, que trocaram uma próspera agência de propaganda pelo mercado fonográfico, já estão planificando a realização de "Música Popular do Sul" - terceira etapa daquilo que definem de "mapeamento musical do Brasil". Há um mês o produtor Aluizio Falcão esteve em Porto Alegre, gravando vários ritmos característicos e aprofundando suas pesquisas e dentro em breve dois integrantes de sua equipe - J.

Zig-zag

O advogado Roberto Linhares da Costa, ex-Secretário da Educação e Cultura, foi nomeado pelo presidente Ernesto Geisel, dia 30 de maio, para o cargo de sub-secretário-geral do Ministério da Educação e Cultura. No mesmo dia também foi assinada a portaria designando o economista Reinhold Stephanes, ex-diretor do Incra, para o cargo de Secretário de Apoio Administrativo do MEC. xxx O Conselho Federal de Cultura perdeu um de seus mais inteligentes membros: o Presidente da República exonerou, a pedido, o arquiteto Roberto Burle Marx. xxx

Cinema e Literatura

Recife, 17 (via aérea) - Prometendo criar condições para desenvolvimento regional em várias cidades-polo do Brasil, o escritor Leandro Tocantis, 46 anos, diretor de operações da Embrafilmes, foi a única presença oficial, em termos do Ministério da Educação e Cultura, no IV Encontro de Pesquisadores do Cinema Brasileiro, realizado paralelamente à 26ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira Para o Progresso da Ciência.
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br