Login do usuário

Aramis
Conteúdo sindicalizado RSS MPB

MPB

Carrefour volta a investir no talento dos brasileiros

Uma boa notícia: o grupo Carrefour decidiu dar continuidade ao Festival de MPB, iniciado no ano passado e que revelou um punhado de novos talentos. Terça-feira, 23, no Crowne Plaza, em São Paulo, a diretoria do grupo multinacional e o diretor artístico do evento, jornalista e animador cultural Zuza Homem de Mello, estarão anunciando os detalhes do segundo festival, cujas inscrições abrem na quarta-feira, 24, em todo o Brasil.

As Cantoras de Rádio, esbanjando juventude, talento e brasilidade

Gravadora com um marketing definido de vendas - preferindo colocar seus produtos em supermercados e lojas de departamentos, a preços mais acessíveis - a Companhia Industrial de Discos tem um catálogo diversificado e popular. Há mais de 30 anos que a família Zuckerman fez da CID uma fábrica que além de ter sua própria produção também prensa em suas instalações discos para várias etiquetas.

O romantismo bem latino e suave do Trio Irakitã

Na grande fase dos grupos vocais que faziam a melhor música brasileira, o Trio Iraquitã, formado por Edinho (Edison Reis da França, 1930-65), Paul Gilvan (Recife, 1929) e Costa Neto (Nata, 1930) projetaram-se como grandes intérpretes não só de MPB mas também de boleros. Há 40 anos o conjunto sai de Natal e após escalar em Recife iria excursionar pelo Norte chegando até as Guianas, inglesa e holandesa, além de visitar a ilha de Trinidad, apresentando em Caracas, Venezuela, Colombia e outros países.

Noite curitibana não promove nossa música

Ao contrário do que ocorre em outras capitais - sem falar no eixo Rio-SãoPaulo, mas lembrando Porto Alegre como um bom exemplo, a vida noturna de Curitiba é anônima em sua gente.

Noel Rosa, atual e moderno revivido em seus songbooks

Transcorridos quase 50 anos da morte de Noel Rosa - ocorrida em 4 de maio de 1937 - e 81 de seu nascimento (Rio de Janeiro, 11 de dezembro de 1910), Poeta da Vila está mais vivo do que nunca. Difícil encontrar um brasileiro que não conheça alguma canção entre as 230 que Noel compôs em seus breves 26 anos, 4 meses e 4 dias em que viveu, amou e sobretudo compôs no Rio de Janeiro - com raras saídas da Vila Isabel, onde nasceu e viveu toda sua vida na casa de seus pais, Manoel Medeiros Rosa, gerente de uma camisaria e Maria de Azevedo, professora primária.

Um Wagner proibido de tocar no Steinway do Teatro Guaíra

Foi só graças ao bom senso da professora e pianista Cloris de Sousa Ferreira, coordenadora artística da Fundação Teatro Guaíra, que o Paraná deixou de ser uma notícia nacional que colocaria em ridículo todo o esforço que se faz para promoção cultural do estado. Na noite de 27 de fevereiro, um dos melhores pianistas brasileiros, Wagner Tiso, parceiro ("Coração de Estudante", o hino das diretas) e arranjador de Milton Nascimento desde os tempos de Três Pontas, MG, por pouco não desistiu de fazer sua apresentação no auditório Bento Munhoz da Rocha Neto.

Noite Vazia (I) - Requiem para Habeas Coppus, onde o jazz e a MPB calaram

Às 3h50 da madrugada de domingo, 26, quando o empresário Sérgio Bittencourt Martins, cerrou as portas do Habeas Coppus (Rua Dr. Murici, 947) os últimos funcionários abraçaram-se emotivamente e seguiram tristonhos para suas casas. Era a última vez que deixavam o local, fechado por decisão de seu proprietário, após três anos e dois meses em que foi um dos endereços musicais de lazer noturno curitibano.

Simone e o alto preço do sucesso

Quando uma cantora atinge o status de superstar aumentam as cobranças. De um lado, o público sempre a exigir novidades e uma qualidade que supere (ou ao menos empate) com o trabalho anterior; de outra margem do rio, os implacáveis números comerciais: o resultado de vendas que não pode decepcionar.
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br