Login do usuário

Aramis
Conteúdo sindicalizado RSS Museu da Imagem e do Som

Museu da Imagem e do Som

Um exemplo do melhor cinema documentário

Quem construiu a Tebas de Sete Portas? Nos livros estão os nomes dos Reis. Arrastaram eles os blocos de pedra? (Bertolt Brecht) A epígrafe com um fragmento de um dramaturgo alemão abre "Conterrâneos Velhos de Guerra" é, de certa forma, o ponto de partida ideológico deste contundente documentário: aqueles que construíram Brasília, os candangos vindos do Nordeste, foram expulsos da cidade.

Maringá faz seu festival de vídeo

Primeira tentativa de fixar uma mostra de vídeo competitiva no Paraná - o que já acontece com atraso em relação a outros Estados - o Fest Vídeo - Festival Nacional de Vídeo, iniciado na segunda-feira, 26, em Maringá, e que ganha maior destaque neste fim de semana, veio provar a timidez dos videomakers dos Estado: apenas quatro trabalhos de realizadores paranaenses foram selecionados para disputarem as premiações - no valor total de Cr$ 500 mil - nas categorias de ficção e documentário.

Requião, videomaker, uma esperança visual

A intimidade que o governador eleito Roberto Requião tem hoje com modernas técnicas de comunicação - um dos campos ao qual sempre se dedicou, desde os tempos de aluno do curso de jornalismo - inclui um especial interesse pelo vídeo. Tanto é que quando prefeito de Curitiba montou um ágil estúdio de produção, com câmeras e ilha de edição, no qual, pessoalmente, supervisionava várias produções publicitárias de sua administração.

Videonotas

Mesmo com todas as limitações orçamentárias e técnicas, Valêncio Xavier está conseguindo produzir vídeos através do Museu da Imagem e do Som. Depois de "Mal", que marcou a última aparição como ator de José Maria Santos o MIS mostrou na semana passada o curioso vídeo desenvolvido a partir de fotografias de Daniel Katz, o darling das imagens que divide seu tempo entre Curitiba e Paris. O próximo vídeo do MIS vai documentar a técnica de fazer balões - que apesar de ser proibido - é mantido pelos curitibanos. xxx

No campo de batalha

Enquanto "Memória da Curitiba Urbana", em seu sentido referencial, vai duplicar de circulação a partir do próximo número, o Instituto de Pesquisas e Planejamento Urbano de Curitiba promove um concurso interno para a escolha do nome de seu house organ, que circula há quatro meses. O último número, valoriza o lado artístico de vários funcionários, divulgando cartoons do funcionário Cabral, do Centro de Processamento de Dados. Merecedores de figurarem em qualquer publicação especializada.

BBC fez em Londres aquilo que faltava em nosso país

Há dois anos, para comemorar seus 50 anos de emissão de programas em português, a BBC de Londres desenvolveu um projeto especial para contar a História do Rádio no Brasil. Coordenado por Luiz Alfredo Hablitzel com texto de Valênio Martins, a pesquisa foi desenvolvida pelo radialista Luiz Carlos Sarodi, da "Rádio Jornal do Brasil" e que dividiu com Sonia Virginia Moreira um livro básico - "Rádio Nacional, o Brasil em Sintonia", publicado há 5 anos passados.

"Romero", denúncia de utilidade pública

Para driblar a crônica crise de falta de recursos, que normalmente inviabilizaria qualquer promoção, o sempre criativo Valêncio Xavier está realizando no Museu da Imagem e do Som um curso sobre cinema documentário que vem tendo ótima freqüência e bons resultados. O próprio Valêncio, um apaixonado pelo documental, faz as palestras e, com seus contatos preciosos, conseguiu clássicos momentos do cinema documentário, que, em vídeo, estão revelando para uma nova geração a importância do olhar cinematográfico sobre a realidade.

Almirante, o primeiro homem que pesquisou nossa música popular

Apesar de nunca ter vindo a Curitiba, o cantor - e depois produtor dos mais famosos programas do rádio brasileiro - Almirante (Henrique Foreis Domingues, Rio de Janeiro, 19/02/1908 - 22/12/1980), teve numa firma paranaense - a Matte Leão, através de um dos seus produtos, o "Matte Ildedonso", um dos patrocinadores daquele que é considerado o primeiro programa de palco auditório da radiofonia brasileira - o "Caixa de Perguntas", iniciado em agosto de 1938 na Rádio Nacional, que havia sido inaugurada dois anos antes, em 12 de setembro de 1936.

Moraes Neto revive valsas num espetáculo de Gersinho

Há algum tempo, Leon Barg estava em seu escritório quando teve a melhor surpresa ao receber um visitante inesperado: - "Boa tarde, meu nome é Moraes Neto!" Leon quase se assustou. Afinal, há muito desejava estabelecer um contato com o veterano cantor de rádio, mas não esperava, jamais, uma visita pessoal. Surpresa que aumentou quando ele anunciou: - "É que agora estou morando em Curitiba e não poderia deixar de procurá-lo para cumprimentá-lo pelo seu trabalho na "Revivendo".
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br