Login do usuário

Aramis
Conteúdo sindicalizado RSS Museu Guido Viaro

Museu Guido Viaro

Festival de Gramado ( VII )

Em casa de ferreiro, espeto de pau. Nos 13 anos que o festival do Cinema Brasileiro de Gramado vem sendo realizado, ainda não se produziu um bom curta metragem sobre esse evento, cuja documentação está em algumas dezenas de laatas com negativos rodados pelos cineastas Antonio de Jesus Pfeil e Clóvis Mezzomo, mas a espera de recursos para montagem e edição. Outro cineasta gaúcho. Carlos Cadalsso, hoje nos EUA , chegou a fazer um curta-metragem, mas que permanece inédito.

A jornada dos cineclubistas

A partir de hoje, um evento culturalmente significativo começa a movimentar vários espaços da cidade: a XVIII Jornada Nacional de Cinema-Clubes. Dez anos depois da VIII jornada, ocorreria no Teatro do Paiol, centenas de pessoas que acreditam no cineclubismo voltam a reunir-se em Curitiba, para uma série de sessões plenárias, reuniões informais, eleição da nova diretoria do Conselho Nacional de Cineclubes - paralelamente à exibição de curtas e longas-metragens, especialmente filmes que dificilmente obtên projeção nos circuitos comerciais.

A família Mauro na mostra de Humberto

Francisco Eugênio, 25 anos, estudante de engenharia, assistiu, com emoção, mais uma vez, a "Tesouro Perdido", que na noite de terça-feira última abriu a mostra Humberto Mauro. Afinal, embora já conhecesse esse precioso filme realizado em 1926, Francisco Eugênio sempre se emociona ao ver as imagens de seus dois avôs, Humberto e Bruno Mauro, e sua avó, Maria de Almeida Mauro, no filme apresentado com o pseudônimo artístico de Lola Lys.

Festival do Rio (IV) II Fesrio já tem data: novembro, 85

RIO (Especial para O ESTADO DO PARANA) - Ao encerramento do I Festival de Cinema, televisão e vídeo, terça-feira última, uma coisa já era definitiva: a realização de sua segunda edição, em novembro 1985, com uma estrutura bem mais ampliada e uma planificaçãoantecipada, corrigindo-se as deficiências observadas durante os últimos dez dias. Praticamente independente dos recursos oficiais - a contribuição da Flumitur ficou em menos de Cr$ 300 milhões e o Fesrio custou mais de Cr$ 6 bilhões - e justamente por não ficar atrelada à máquina estatal é que esse festival poderá consolidar-se.

A boa arte que a Sul América traz

Há mais salutar concorrência entre dois dos maiores grupos seguradores do Brasil no financiamento de projetos artísticos: a Sul América e a Internacional de Seguros. assim é que se a Internacional de Seguros editou, durante 4 anos, preciosos álbuns duplos sobre tesouros da MPB, a Sul América de seguros, a partir de 1982, decidiu bancar as gravações das Bachianas de Vila Lôbos, com a Sinfônica Brasileira, sob a regência de Issac Karabitchevski.

Os paranaenses e o Paraná em Brasília

BRASÍLIA, Outubro - Piraquara virou Serra Dourada - uma cidade imaginária, mas próxima a Curitiba (fotografada na beleza de sua Rua das Flores e Praça Garibaldi) para algumas seqüências de << Janete>. Com este filme polêmico e que levou 3 meses para conseguir a liberação da censura, foi aberto, na segunda-feira, 24, o Festival de Brasília do Cinema Brasileiro, em sua XVI edição.

Coquetel milionário no vernissage de Pancetti

Os que estiveram na vernissage da mostra "José Pancetti - Bahia 5057", na noite de terça-feira, 20, no Museu Guido Viaro, degustaram um coquetel como há muito não se via na cidade. Vinho alemão, scotch legítimo, canapés excelentes, doces finíssimos

Pancetti para muitos

Uma oportunidade especial para se conhecer o melhor da obra de José Pancetti (Campinas, 1902-Rio de Janeiro, 1958), um dos grandes pintores brasileiros e que foi amigo e mestre do paranaense Miguel Bakum (Marechal Mallet, 1909-Curitiba, 1963): de 21 de setembro a 3 de outubro, a Companhia de Seguros da Bahia promove uma mostra de 34 telas deste artista no Museu Guido Viaro. xxx

Expressionismo alemão

Amostra "Murnau-Mayer-Veidt" -Três Destaques do Cinema Expressionista Alemão", iniciada segunda-feira, 12, na Cinemateca do Museu Guido Viaro, tem uma importância bem mais ampla do que parece. Constitui um dos aspectos do verdadeiro "evento expressionista" que o Instituto Cultural Brasileiro Germânico promove este mês em Curitiba, com exposições, conferências e exibições - as quais, algumas unidades da Secretaria da Cultura e Esporte, (si) estão aproveitando. Mas a generosidade do Goethe Institut é tão grande, que não se preocupa com isto... xxx

No campo de batalha

Modificações na estrutura da Fundação Cultural de Curitiba: ao invés de administrações isoladas nos três teatros do município, agora há apenas duas coordenações: a de música, chefiada pela sra. Suzy Lambach, e de arte cênica, entregue a Tina Camargo (ex-Teatro de Bolso) Glacy Gotardelo, a efiaen3e executiva do Teatro Universitário - que graças ao seu relacionamento na área de música popular tinha movimentada programação, agora assessora Suzy Lambach, instalada no Solar do Barão ,o setor de artes plásticas tem um coordenador dos mais capazes: Jair Mendes, também diretor do Museu Guido Viaro.
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br