Login do usuário

Aramis
Conteúdo sindicalizado RSS Nara Leão

Nara Leão

TRILHAS SONORAS

Há algumas semanas, em depoimento exclusivo prestado no programa "Domingo Sem Futebol" (Rádio Ouro Verde, 15/18 horas), o maestro Guto Graça Mello, diretor-artistico da Sigla/Som Livre, nos falou demoradamente sobre a música de telenovela. Responsável por toda a produção musical da Globo, Guto bem buscando melhorar as faixas sonoras das novelas de todos os núcleos.

Com coraçào & razão

O desafio era assustador: uma voz pequena, intimista, quase cameristica contra um auditório de 2.300 lugares. A aparelhagem de som nem sempre funciona e os riscos eram grandes. Mas bastaram os primeiros instantes para o auditório ser iluminado sonoramente por aquela voz doce e suave, que há 16 anos provoca, a revelia de quem a emite, tanta polemica. Nara Leão, uma cantora que tem fugido de rótulos e slogans mas que, mesmo querendo, jamais parou de cantar e, de uma forma muito feliz, participou de tudo que aconteceu de importante na musica popular brasileira a partir de 1962.

A arte do cantar (I)

Uma das preocupações de Herminio Bello de Carvalho, no planejamento do Projeto Pixinguinha, agora, em 3 roteiros, atingindo todo o País, é de oferecer ao público uma amostragem panorâmica da musica popular brasileira representatividade dos melhores interpretes de cada área.

A melhor música na Semana

Egberto Gismonti, compositor e instrumentista da maior importância da música contemporânea - e não apenas popular e brasileira, mas atingindo já uma esfera internacional, está na cidade, para, a partir de hoje, fazer uma importante temporada (Auditório Bento Munhoz da Rocha Neto, hoje a domingo, 21 horas), com o seu conjunto Academia de Danças, mais a participação especial de Marlui Miranda, vocalista, compositora e também violonista. Reportagem a parte detalha o show de Egberto, que merece nossa recomendação integral.

A Semana Musical

MUSICALMENTE, as coisas acontecem inesperadamente; depois de quase três meses sem programas atraentes de repente, o curitibano foi surpreendido com uma série de excelentes opções. Na semana passada houve Beth Carvalho, Originais do Samba, Maria Martha, Burt Bacharach e Egberto Gismonti, este, sem dúvida e favor nenhum, o grande evento artístico da temporada.

A música na Semana

Hoje, ainda, o acordeonista, compositor e cantor Dominguinhos (José Domingos de Moraes, 32 anos) pode ser aplaudido no Auditório Bento Munhoz da Rocha Netto, ao lado de Nara Leão, no último espetáculo desta segunda dupla do Projeto Pixinguinha; Fonograficamente, Dominguinhos tem seu ultimo trabalho (lp "O Xente!", Fontana/ Phonogram, 6470588, abril/78), em discussão pelos integrantes do Conselho de Musica Popular, agora com Nilson Phol, interessado exclusivamente em som pop, na vaga aberta com a voluntária renuncia de Antônio Carlos Rocha (revista "TV- Programas").

Ângela, algo mais do que só cantar

Nana Vasconcelos, hoje um dos percussionistas brasileiros mais famosos na Europa - e que depois de dividir com Egberto Gismonti o melhor lp instrumental em 77, "Dança das Cabeças", está tendo agora dois elepês, onde é solista, lançados no Brasil, no primeiro pacote da ECM distribuído pela Warner, há alguns anos era um modesto percussionista cuja presença ninguém prestou maior atenção durante um fim-de-semana no Paiol.

Veiga póstumo e o lp histórico da Tropicalia

Felizmente as gravadoras estão dando atenção a importância de reeditarem discos importantes, que marcaram determinadas fases de nossa música mas que, por diversas razões, desapareceram das lojas. Com maior ou menor organização, as fábricas procuram recolocar nas lojas aquelas gravações que podem motivar novas faixas de colecionadores - ou serem readquiridas pelos que já possuíram os lançamentos originais, mas que, de tanto ouvirem, acabaram "gastando" as faixas.

No campo de batalha

Desde segunda-feira, o engenheiro Luís Esmanhotto, ex-crítico de teatro da revista "Veja", ator em "Escola de Mulheres" (TCP, 1966), curso de direção no Conservatório Nacional de Teatro, está movimentando a Fundação Teatro Guaíra, dividindo com Aldo Almeida, advogado, diretor executivo, a reestruturação e ampliação das atividades da principal unidade da Secretaria da [Cultura] e de Esportes. De princípio, Luís Esmanhoto está procurando criar coordenadorias, para opinar em áreas específicas, redimensionar a política de atuação e implantar pontos básicos.

Compositores-Intérpretes

Um punhado de compositores-intérpretes está na praça, mostrando mais uma vez que, realmente, os criadores assumiram, definitivamente, suas condições de lançadores de suas obras, mesmo não tendo muitas vezes vozes das mais perfeitas. É o caso do paulista Eduardo Gudin, 28 anos, seguro violinista, 18 anos de estrada musical e há 10 anos mais ou menos conhecido, participando de festivais ("Choro do amor vivido", "E lá se vão meus anéis" etc.) e shows ("O importante é que a nossa emoção sobreviva", ao lado de Márcia e Paulo César Pinheiro).
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br