Login do usuário

Aramis
Conteúdo sindicalizado RSS Secretaria da Cultura

Secretaria da Cultura

Um filme sem happy-end: fazer curtas no Paraná

A novela dos quatro curtas-metragens de cineastas locais, iniciada há dois anos quando a Secretaria da Cultura fez um convênio com a finada Embrafilme, ainda não terminou: nenhum dos filmes pode ainda ser devidamente concluído e o clima de desânimo desceu sobre os realizadores. Fernanda Mori, por exemplo, após gastar todas suas economias para tentar finalizar "A Loira Fantasma", acabou, prudentemente, aceitando o convite do empresário Henrique Almeida e se integrando a sua equipe no Amapá, por onde o irmão do empreiteiro Cecílio é candidato ao Senado.

Maranhão mostra nosso teatro em caricaturas

Há quase 50 anos em Curitiba, um dos fundadores do Teatro do Estudante do Paraná - grupo ao qual se dedicou por toda sua vida - Armando Maranhão é uma das memórias de nossa vida cênica. Modesto, sem buscar a autopromoção, Maranhão - nascido no Estado que carrega em seu sobrenome - tem um curriculum dos mais expressivos nas batalhas do teatro amador e foi, sem dúvida, um dos três maiores amigos de Paschoal Carlos Magno, fundador do Teatro do Estudante do Brasil (1938) e que se dedicou, até a sua morte, a realizar congressos, festivais e outros eventos culturais.

Maritza e Mara, as jinglistas políticas

Mais um espaço conquistado por mulheres de talento: a produção de jingles para campanhas políticas. Pelo menos duas intépretes-compositoras da cidade estão tendo meses de vacas-gordas graças a harmonia de suas vozes e aliado ao prazer de engordar suas cadernetas de poupança com remunerações que nunca antes tiveram pelos seus (en)cantos, ainda estão sendo bastante escutadas - embora no anonimato que faz com que o trabalho de promoção política fique na efemeridade de sua utilização.

Centenário de Guido Straube, um homem que amou a nossa natureza

É lamentável que os recursos do setor de editoração da Secretaria da Cultura sejam limitados pois muitas obras importantes para o melhor conhecimento de nosso Estado continuam inéditas - sem maiores chances de ganharem publicação. Só o professor Ernani Costa Straube tem dois livros prontos, que mereceriam publicação: um é a história do próprio prédio da Secretaria da Cultura, antigo Gymnasium Paranaense, objeto de uma detalhadíssima pesquisa, ilustrada com dezenas de fotografias. Os originais encontram-se há mais de um ano na Secretaria.

O reitor Euro reedita o tira dúvidas de seu pai

Preocupações com greves de estudantes, desenvolvimento de novos projetos para 1990 e mesmo as questões ligadas a sua recondução ao cargo de reitor da Pontifícia Universidade Católica do Paraná, obrigaram o professor Euro Brandão a adiar um trabalho que vinha elaborando há muitos meses, "com o maior prazer e emoção": a revisão dos textos para mais uma obra póstuma de seu pai, também professor e educador de várias gerações, Nilo Brandão (1895-1967).

Wilson Boia, o amor pela MPB e história

Em apenas quatro anos de Curitiba, o historiador Wilson Boia vem realizando um trabalho de pesquisa histórica, em torno de diferentes personalidades de nossa vida cultural, que há muito exigia um "fuçador" organizado e entusiasta como ele. No ano passado, foi o vencedor do concurso de monografias Gralha Azul, com um trabalho sobre o historiador David Carneiro. Agora, decidiu concorrer de forma tríplice no concurso de monografias da Secretaria da Cultura com ensaios sobre o jornalista Alceu Chichorro, o escritor Newton Sampaio e o poeta Rodrigo Júnior.

Livro sobre Cassino Ahú finalmente será editado

Finalmente, a decisão foi favorável: o conselho editorial da Secretaria da Cultura aprovou a edição do livro do professor e pesquisador Alceu Schwaab sobre o Cassino Ahú e a sua importância no roteiro dos artistas de nossa MPB que passaram por Curitiba nos anos dourados em que aquele estabelecimento funcionou. Desde quando o incansável Schwaab começou a trabalhar neste projeto, com a calma e segurança que caracteriza tudo que desenvolve, temos acompanhado seu rigor de pesquisador, sua preocupação em oferecer informações confiáveis.

São Paulo terá 11 "teatros Barracão"

As boas idéias fazem escola: Na última terça-feira, 5, numa viagem ultra-rápida a São Paulo, o secretário René Dotti, da Cultura, e o superintendente da Fundação Teatro Guaíra, Constantino Viaro, ouviram da secretária da Cultura do município, professora e filósofa Marilena Chauí, a confirmação de que não apenas o Teatro Barracão, proposto informalmente por Viaro, será erguido numa praça na Vila Mariana, como a Prefeitura, entusiasmada com o projeto, decidiu, por sua conta, bancar o projeto para fazer 10 outras unidades semelhantes em diferentes pontos da cidade.

Como está a recepção da TVE em Curitiba?

As primeiras imagens da TV Educativa do Paraná começaram a ser projetadas, através do Canal 9, semana passada. E o diretor artístico da emissora, Sale Wolokita, está inquieto quanto à qualidade das transmissões. Assim, ele pede aos telespectadores que entrem em contato com a Secretaria da Cultura (fone 225-7117, ramal 43) e digam como estão recebendo a TVE.

Walter Costa, o candidato que a política assassinou

Uma pauta para a editoria política seria a de levantar os homens que poderiam ter chegado ao governo do Paraná - ou ao menos influenciado em funções mais elevadas - se fatalidades, imprevistos e choques de percurso não os tivessem retirado, muitas vezes dramaticamente, das rotas políticas. Walter Guimarães da Costa (São Jerônimo da Serra, Paraná, 14/10/1922 - 31/12/1957) é um exemplo.
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br