Login do usuário

Aramis
Conteúdo sindicalizado RSS Sylvester Stallone

Sylvester Stallone

Century faz os vídeos de ação

Raul Rocha é um dos mais competentes mercadores da cinematografia. Habilidoso em suas negociações, tem sido uma presença ativa em mercados internacionais, adquirindo filmes, cuidando de lançamentos de produções e fazendo, na época em que a paquidérmica Embrafilme, gastava milhões, negócios que deveriam servir de exemplo para a estatal. Através da Century Vídeo, Rocha tem buscado um catálogo popular, de fácil colocação, embora, já tenha, no passado editado filmes de importância artística, como "A General" de Buster Keaton. xxx

Quem disse o quê!

Entre mais de 2.000 frases que Tony Crawley reuniu em seu "Chambers Film Quotes", torna-se difícil selecionar apenas algumas para ilustrar melhor o que traz este original livro recém lançado na Inglaterra. Entretanto, com a rápida ajuda de um cinéfilo e professor, Simon Bagna Júnior, da Phil Young's English School, 28 anos, também apaixonado por tudo que se refere ao cinema, eis algumas das jóias garimpadas no "Chambers Film Quotes". "Perdi minha virgindade pela minha carreira". (Madonna, "Film Yearbook", 1989). xxx

Videonotas

A bonita atriz Jennifer Jason Leigh, vista há poucas semanas no excelente filme "Noites Quentes no Brooklyn" - que passou despercebido apenas nas sessões noturnas, durante uma semana, no Astor - pode ser melhor apreciada no policial "No Coração da Noite" (Heart of Midnight), de Mathew Chapman. No elenco, há outras atrações como a brasileira Denise Dummont, o irmão mais burro de Sylvester Stallone - o Frank, o sensível "Perdidos na Noite" e Peter Coyote, que apareceu em "ET", destacou-se em "O Fio da Suspeita" e vem como astro em "A Grande Arte" de Walter Salles Jr.

Stallone continua saga do "Rocky" com som pop

Sylvester Stallone promete que não vai mais encarnar "Rambo", mas nada diz em relação a Rocky. Afinal, o boxeador ítalo-americano que lhe valeu sair do zero para o sucesso há 15 anos, com direção do talentoso John G. Avidsen, já chegou ao quinto filhote - sempre com excelentes bilheterias.

Crianças endiabradas, um marketing cinematográfico

É interessante observar o modismo cinematográfico. Cada vez mais o marketing decide os gêneros, estilos e tendências da produção audiovisual americana - que hoje não se restringe apenas à tela tradicional, incluindo o vídeo e o vídeo-disco, além das televisões a cabo e circuitos especiais. Neste final de ano, a disputa pelas melhores bilheterias não se concentra em torno de novas aventuras de Indiana Jones ou Super-heróis retirados das tiras de quadrinhos, mas sim com personagens (aparentemente) ingênuos e ternos: as crianças.

Clássicos para ver nas telinhas

Cinco filmes, considerados clássicos do cinema, estarão em vídeo a partir de agosto, pela Warner Home Vídeo. Quem quiser, portanto, matar as saudades de Bette Davis em "Jezebel" ou conhecer a força e o poder de uma mulher, tem que esperar apenas mais alguns dias. Na lista dos clássicos, estão ainda "A Condensa Descalça", com Humphrey Bogart e Ava Gardner sob a direção de Joseph Makiewicz. "O Homem do Oeste", com o imortal Gary Cooper num dos mais expressivos westerns dos anos 50.

Um banquete para os cinéfilos com cinco estréias

Uma das reclamações mais comuns dos curitibanos que acompanham os lançamentos no circuito comercial é antiga: - "Durante semanas não há estréias. Quando chegam filmes importantes, há simultaneidade. Poucos permanecem mais de uma semana em cartaz. E não há tempo para assistir a todos". Forma-se o círculo vicioso: falta tempo (e também dinheiro, com ingressos a Cr$ 120,00) para se assistir, numa mesma semana em cartaz, cinco filmes que merecem verificação. Como, por exemplo, acontece agora.
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br