Login do usuário

Aramis
Conteúdo sindicalizado RSS Sérgio Mercer

Sérgio Mercer

Nireu "serve" amanhã um saboroso Espeto Corrido

O jornalista e advogado Nireu Teixeira estará, amanhã, autografando o livro Espeto Corrido, uma edição que compreende suas crônicas publicadas de 1984 a 1987 em jornais de Curitiba. O livro tem ilustrações, capa e contracapa assinadas por Poty Lazarotto, e seu lançamento acontece às 11 horas, na Livraria Ghignone, na Rua das Flores.

A Curitiba de Nireu e seus amigos na corrida do tempo

Do bar do Botafogo ao Bar Vilariño, gerações embriagam-se de poesia, ternura e nostalgia. De Ernest Hemingway à anônimos cronistas e poetas amadores cada um procura saudar e cantar os bares de suas juventudes. Ao redor de mesas em que tudo era permitido, especialmente sonhar, amar e viver intensamente.

No campo de batalha

Nativista apaixonado, estudioso da cultura regional e vendo a necessidade do Sul ter maior valorização junto a Federação, o advogado Joaquim Tramujas Neto, 43 anos - comemorados festivamente no último dia 27, uniu-se ao empresário Waldomiro Trombini para a confecção de três mil "T-shirts" com a inscrição "O Sul é Meu País", em cores verdes, que estão sendo procuradíssimas por adeptos de formações de uma nova região administrativa no País.

A grande noite da Curitiba dos anos 60

No patamar da escadaria que conduzia à Marrocos, no primeiro andar do sobrado na Rua Marechal Deodoro, n.º 5, esquina com a Praça Zacarias, o então jovem jornalista Enock de Lima Pereira cumprimenta afetivamente o velho porteiro e diz: - "Cachimbo", amigo! Gostaria um dia, de ter a verve de Rubem Braga para lhe dedicar a crônica que você merece.

Heriberto, a paixão de um homem pelo Atlético

A paixão de Heriberto Ivan Machado pelo Clube Atlético Paranaense vem desde o dia em que ganhou de seu pai, também um fanático pelo clube fundado em 26 de março de 1924, uma chuteira, uma bola "e junto um livro com regras do futebol", acrescenta. Bom de bola, chegou a integrar o juvenil do Atlético e, mais tarde, defendeu as cores do Pinheirão, no bairro do Bigorrilho.

"Maracutaia" de Mercer vai alegrar carnaval paranaense

E o Carnaval curitibano, musicalmente, foi salvo de passar em brancas nuvens! Graças a Sérgio Mercer, 47 anos, paranaense das margens do Rio Tibagi, que trocou a carreira de advogado (turma de 1965) pela de publicitário há 20 anos - hoje dono da Parceria, uma das agências competentes do país - e cujos trabalhos lhe valeram o título de Publicitário do Ano-1989, o nosso Carnaval ganhou uma marchinha das mais simpáticas.

Na batalha da Boca

Como a Boca Maldita é hoje uma instituição nacional, na definição do próprio presidente fundador Anfrísio Siqueira, as comendas distribuem-se para pessoas vindas de várias partes do Brasil. No ano passado, dos 645 presentes, a maior parte era formada por pessoas de outras cidades. Este ano, devido as eleições de domingo, muitos convidados não puderam comparecer.

Dona Luciana, os caminhos da vida, coração e conhecimento

Se o publicitário Sérgio Mercer, dono da Parceria e ex-presidente da Fundação Cultural de Curitiba, possui um troféu literário de Umberto Eco - a sua gravata de lã, vermelha, por ele permutada durante um etílico jantar no Warsovia, quando o autor de "O Nome da Rosa", aqui esteve há alguns anos (conforme contamos recentemente), a professora e bibliotecária aposentada Luciana Sammut Rosenthal, ganhou um presente ainda mais especial do escritor: uma edição em italiano de "O Pêndulo de Foucault", com uma carinhosa dedicatória.
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br