Login do usuário

Aramis
Conteúdo sindicalizado RSS Vinícius de Moraes

Vinícius de Moraes

Palco Som Imagem

O professor Alceu Schwab, coordenador dos órgãos suplementares da Reitoria da Universidade Federal, e um dos que melhor conhece música popular entre nós, vai enviar, na próxima semana, uma carta ao poeta Vinícius de Moraes. Nela, Scwab pedirá ao compositor que homenageie Alfredo Rocha Viana - o Pixinguinha, fazendo uma letra para "Ingênuo", o choro que o autor de "Carinhoso" mais apreciava.

Depois do Carnaval (...e no entanto é preciso cantar)

A marcha-rancho de Vinícius de Moraes e Carlinhos Lyra sábado e domingo no Teatro do Paiol), poderia ser transcrita e substituiria qualquer outro texto: Acabou nosso Carnaval Ninguém ouve cantar canções Ninguém passa mais brincando feliz E, nos corações, saudades e cinzas Foi o que restou.

É CARLINHOS LYRA

QUANDO se diz que a bossa nova foi o movimento mais importante verificado em nossa musica popular nos últimos anos, o que leva em conta não é apenas a modificação que ela provocou nos rumos da MPB, mas a possibilidade que abriu para que aparecessem alguns dos nossos melhores compositores de todos os tempos. Carlos Lara, sem dúvida nenhuma, é um deles. A sua importância não se restringe aos limites da bossa nova: o seu nome, historicamente, é tão importante quanto os mais importantes nomes da música popular brasileira". (Sérgio Cabral, critico de música popular).

LIVRO

Alguns poetas brasileiros fixam-se na literatura principalmente pela aprovação popular. E este é o caso de Vinícius de Morais de quem a Sabiá está lançando neste momento a décima edição de sua Antologia Poética. A poesia de Vinícius (foto), carregada de lirismo, poderá ser observada em toda sua evolução nesta Antologia, já que ele próprio fez a seleção dos poemas.

AQUI, JAZZ

Gato Barbieri é uma figura já lendária nos meios jazzisticos brasileiros, sem que muitos o conheçam: argentino como seu ilustre colega Lala Schiffrin, Barbieri por várias vezes esteve na Guanabara, participando inclusive de memoráveis sessões do Clube do Jazz e da Bossa (1) e, mais recentemente, fazendo a trilha sonora do frustrado filme "Minha Namorada" (2). Descrito pelo critico Michael Cuscune como "um artista e um musico que na verdade é um cidadão do mundo".

Palco/ Som/ Imagem

Quando estiveram em Curitiba, de 27 a 31 de dezembro de 1971, para inaugurar o Teatro do Paiol, Vinícius de Moraes e Toquinho entusiasmaram-se tanto com a originalidade daquela casa de cultura que compuseram uma musica em sua homenagem, "Paiol de Pólvora" apresentada no espetáculo de despedida. Agora, um ano depois, a canção tem seu lançamento nacional, da melhor forma possível: é um dos principais temas da telenovela "O Bem Amado", da Rede Globo de Televisão e que se constitui na principal estréia dos Canais 4 e 11 (Tibagi) nesta temporada.

A [bênção], Baden Powell

"A [bênção], Baden Powell, maravilhoso [duende] da floresta afro-brasileira de sons, gênio bom da moderna canção população, Você para quem o violão é a única arma de combate ao desamor, ao convencionalismo e a indiferença, Você cuja música dá tristeza e faz pensar - Parceiro exemplar que vai devagar e sempre ganhando o coração do mundo ... A [bênção], Banden!" (Vinícius de Moraes)

Gente

No meio teatral brasileiro, JOSÉ ALFREDO D`AULIZIO tem uma situação quase que única: filho de um rico industrial, dispões de tranqüilidade financeira para trabalhar apenas com artistas e empresários de boa reputação - o que não é muito fácil de se encontrar em nosso show bussines, seja em escala nacional ou mesmo regionalmente, Formado pela Fundação Brasileira de Teatro (1966-68) com especialização e administração teatral, D`Aulizio começou a trabalhar com Paulo Autranm para o qual cuidou da produção e tornou parte no elenco, em várias peças , a partir de << O Burgues Fidalgo >> .
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br