Login do usuário

Aramis
Conteúdo sindicalizado RSS Tonia Carrero

Tonia Carrero

Greenaway, Tavianis e um gato encantam no final da Mostra

Felizmente a programação do circuito não tem grandes estréias, o que possibilita que as boas opções trazidas pela seleção da 3ª Mostra Banco Nacional de Cinema (cine Ritz, até domingo) possam ser vistas com relativa tranquilidade. Ainda mais que a mostra foi enriquecida com cinco filmes reunidos pela Comunidade Francófona da Bélgica, que aqui chegaram graças ao empenho de monsieur Raymond Ravel, diretor da Aliança Francesa e um expert em cinema europeu.

"Paradiso" cinematográfico: os bons filmes estão nas telas

Uma semana com quatro atraentes estréias - uma delas, com toda certeza, entre as melhores do ano - faz com que jogadas às Cinzas deste Carnaval melancólico e sem personalidade que se encerrou, o espectador que não se deixe imbecilizar pela videomania tenha opções de ver filmes no prazer da tela ampla. Pois, para quem ama o cinema, assistir a um filme em 35mm, numa sala especial - mesmo com todos os inconvenientes, é ainda um programa estimulante.

Dois documentários polêmicos mereceram prêmios

Cortado pela comissão de pré-seleção do XVII Festival do Cinema Brasileiro de Gramado em junho último, Alain Fresnot, filho de judeus-franceses, nascido em Paris mas residindo no Brasil desde 1950, teve sua revanche nas duas últimas semanas. No III Festival de Cinema de Natal, encerrado no dia 24, viu seu longa "Lua Nova" obter algumas premiações: Lima Duarte, melhor ator (dividido com "Corpo em Delito", de Nuno Cesar Abreu, que foi o grande vencedor em Natal); Pedro Farkas pela fotografia.

Adélia, os caminhos de uma jovem artista

Contrariando o adágio popular, a atriz Maria Adélia Ferreira foi para Portugal mas não perdeu o seu lugar. Ao contrário, ao voltar a Curitiba, há três meses, encontrou não só o carinho de seus muitos amigos e colegas como um imediato convite para integrar o elenco de "Noite na Taverna".

O discurso amoroso com o marketing de Fagundes

É uma pena que certas promoções culturais não aconteçam com maior planejamento: a temporada de "Fragmentos de um Discurso Amoroso" (Auditório Bento Munhoz da Rocha Neto, 27 a 31 de outubro, 21 horas, ingressos entre Cz$ 2.500,00 a Cz$ 1.500,00) poderia ser uma motivação para que fossem exibidos nesta semana dois interessantíssimos filmes realizados com base também no texto de Roland Barthes - "A Espera", de Maurício Farias e "Carlota / Amorosidade", de Adilson Ruiz - e, por que não!

O frio cobriu as estrelas mas imagens brilharam

Iniciado como uma modesta Semana do Cinema Brasileiro o hoje consagrado Festival do Cinema Brasileiro de Gramado tem sua história. E principalmente histórias às margens - como todo bom festival que se preza. Nos primeiros anos era realizado entre janeiro/fevereiro, mas como coincidia com a chamada alta estação turística na paradisíaca cidade na Serra gaúcha, foi sendo deslocado para abril ou maio - procurando colocar-se entre a festa do Oscar e o Festival de Cannes.

Catarinenses faturam com o vídeo de Iguaçu

O curitibano Manoel Luiz Amaral, o Beleu, foi o primeiro a sentir as possibilidades de comercializar para turistas as imagens de Foz do Iguaçu. Quando nem se falava ainda em vídeo VHS e o deslumbramento era pelo Super 8, Beleu e sua irmã, Maria Ignez, criaram a Itaipu Produções e realizaram um filme de 10 minutos sobre as quedas de Foz Iguaçu que teve milhares de cópias consumidas rapidamente. Um negócio tão lucrativo que a Itaipu fez outros filmes turísticos - Carnaval carioca, Amazonas, Nordeste, etc, e chegou até a colocar pontos de vendas na Europa e Estados Unidos.
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br