Login do usuário

Aramis
Conteúdo sindicalizado RSS Roberto Requião

Roberto Requião

"Canja de Viola", o bom exemplo de Paquito na cultura popular

Dentro da paquidérmica e onerosa FUCUCU, um exemplo de profissional que discretamente, sem maior apoio, vem realizando um trabalho realmente significativo em termos de cultura comunitária é Paquito (Francisco) Modesto, 45 anos, nascido no Algarve mas curitibano de adoção e paixão há quatro décadas.

A Estadual mantém programação mas ouvintes estranham hora religiosa

A coluna em que denunciamos a mudança da programação da Rádio Estadual do Paraná - que na busca de melhor Ibope ameaçava substituir a difusão do que há de mais significativo na música (nacional e internacional) pelo brega e som de consumo, felizmente teve repercussão. A secretária Gilda Poli, da Cultura - pasta à qual está subordinada a Fundação Rádio e TV Estadual do Paraná - recortou a coluna e despachou à direção da emissora, com algumas observações. xxx

Ligeirinho, Jaime iria para os EUA, segundo os inimigos

Duas notas de 15 linhas, na coluna "Painel", da "folha de são Paulo", edição de sábado, 18/04/1992, trouxeram euforia ao staff do politiqueiro Grecca de Macedo. Sob o título "Marca Registrada", a primeira notícia disse: "A exposição sobre Curitiba nos EUA pode render mais do que prestígio para o Prefeito Jaime Lerner e seu sócio Cassio Taniguchi. Eles patentearam a estação em formato de tubo usada na cidade e que pode ser "exportada".

Rosa e Castelo querem fazer o Saci cantar na Ópera de Arame

Uma superprodução transforma em musical uma das mais conhecidas obras da literatura infantil - "O Saci" de Monteiro Lobato (1882-1948) foi um dos projetos entre os que estão concorrendo ao financiamento do Programa de Incentivo à Produção Artística criado pelo governador Roberto Requião. (*).

Luís, um forte arquiteto que não joga na equipe de Lerner

A filiação do arquiteto [Luis] Forte Neto ao PST, na semana passada, não só trouxe mais um nome na salada russa da sucessão municipal como fez com que, novamente, o prefeito Jaime Lerner tivesse alguns graus a mais em sua temperatura - que em momentos de irritação atinge pontos preocupantes. Embora, para as hostes lernistas, o nome do arquiteto Forte neto para uma eventual composição entre o PMDB-PST, encabeçando uma chapa à Prefeitura de Curitiba, não chegue a preocupar em termos de votos, uma coisa é certa: as relações entre os dois arquitetos nunca foi das mais cordiais.

A parceria do arquiteto com o comunista que deu prêmios

A união não deixa de ser curiosa: um arquiteto com 16 anos de vivência na área de planejamento urbano - Sérgio Póvoa Pires, 40 - associa-se a um advogado e ativíssimo militante comunista, desde 1981 próspero empresário do setor de relojoarias - Marcelo Jugend, 41 anos - para formar uma [grife] sofisticada na produção de jóias destinadas a um público da alta burguesia.

Quase mil anos da jovem MPB com as Cantoras do Rádio e Meninos do Rio

Está na mãos da [Sra.] Marlene Montenegro, administradora-programadora do auditório Maria José Andrade Vieira - e, naturalmente, na sensibilidade da presidente da Fundação Cultural Avelino Vieira, a elegante Maria Cristina Vieira, a realização em Curitiba de dois eventos do maior significado para a memória da música brasileira: a promoção de temporadas de "As Cantoras do Rádio" e a estréia de "Os Meninos do Rio", reunindo quase mil anos de talentos de nossa mais autêntica MPB.

Um novo Guedes e novidades para o consumo dos jovens

Renato Costa, advogado, empresário e manager dos mais conceituados no meio artístico - e que acompanhava seu grande amigo Luiz Gonzaga Jr., há um ano, quando de sua temporada no Paraná, sofreu seríssimos ferimentos no acidente que vitimou o grande Gonzaguinha, em 29 de abril. De volta ao campo de batalha, após 10 meses de inúmeras e caríssimas operações, Renato prepara um belo show em homenagem aos dois Gonzagas - "Lua" e o Gonzaguinha - que deve acontecer no final do mês, em Curitiba, com patrocínio do governo Roberto Requião, conforme aqui registramos em primeira mão. xxx

As dicas para candidatos segundo Marisa

Como era previsível, o período pré-eleitoral estimula edições de manuais, ensaios e mesmo teses relacionadas à comunicação, opinião pública, técnicas de marketing eleitoral etc. a bibliografia, em português com títulos traduzidos mas, especialmente obras de autores brasileiros - evidencialmente melhores conhecedores de nossa realidade - amplia-se através de produções de editores ou mesmo trabalhos independentes.

Artigo em 15.04.1992

"O objetivo é concentrar, nesta primeira etapa, os investimentos numa área específica - no caso, o teatro, para obtermos resultados mais concretos". Com esta explicação, o governador Roberto Requião descartou parte da reclamações em relação a uma pulverização dos recursos do Pipa - Programa de Incentivo Artístico, também para o cinema e música. xxx
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br