Login do usuário

Aramis
Conteúdo sindicalizado RSS Rua Dr

Rua Dr

No campo de batalha

Duas correções em relação ao comentário publicado ontem sobre o início do projeto "Clássicos em Vídeo Laser", patrocinado pelo Banco Real e que será aberto com a ópera "Tosca", de Puccini, com Placido Domingo. Será no dia 7, terça-feira, 18h20 - e não domingo, 5. A boite Marrocos, de Paulo Wendt - que emprestou a vinda de companhias de óperas e operetas em Curitiba, no início dos anos 60, (apresentado no Guairão, então em obras) funcionava num sobrado da Rua Dr. Murici/esquina com o início da Marechal Deodoro, ao lado da Praça Zacarias - e não Carlos Gomes. xxx

Indicações 1991 em exposição

A Sala Miguel Bakun / Secretaria da Cultura abre amanhã para 20h30, para a mostra "Circuito Oficial de Salões de Arte - Indicações 1991", com 35 trabalhos inéditos de artistas premiados nos salões oficiais do Estado.

Artigo em 09.06.1992

Entre diversos enganos gráficos e de montagem na página de domingo, houve três trocas de legendas: a da atriz Jodie Foster, saiu debaixo da foto de Macaulay Culkin, por sua vez, legendando a foto de Warren Beatty. Outro engano: a pré-estréia de "Instinto Selvagem", de Paul Verhoeven, será hoje, dia 9, no Plaza - e não dia 29, como foi grifado. xxx

Noite Vazia (III) - Nilo chorando com a morte da casa pela desordem na Ordem

Entre vários aspectos que o fechamento de endereços noturnos - como o Habeas Coppus e o Crystal - podem justificar numa apreciação mais ampla do que o simples registro está o da própria localização dos chamados eixos-de-animação da cidade. Desde quando presidente do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba, na gestão do prefeito Omar Sabbag - com o qual viria a romper por razões técnicas (*), o então modesto arquiteto já se preocupava em que Curitiba tivesse espaços capazes de concentrar comércios específicos, inclusive o da noite.

Os restaurantes de categoria que Curitiba teve no passado

Um livro patrocinado pela Brahma reunindo crônicas de vários autores sobre endereços gastronômicos-etílicos de Curitiba, que está sendo coordenado pelo casal Maí e Dante Mendonça - com lançamento previsto para o dia 29 de março, 299o. aniversário da fundação de Curitiba - embora reverenciando restaurantes e bares "históricos" desta cidade não esgota em absoluto um tema que está a merecer pesquisas mais amplas e profundas: a Curitiba gastronômica e boêmia, hoje presente apenas na memória de seus habitantes mais idosos.

L'Art traz canções idishes e as sonatas de Beethoven

A escalada do CD - mais de 7 milhões de unidades comercializadas em 1991, enquanto o mercado fonográfico, em geral, sofreu uma redução de mais de 40%, atingiu diretamente não só as grandes gravadoras mas também as etiquetas independentes e as produções alternativas. Hoje, nenhum produtor pensa mais em vinil quando se decide a fazer um disco e a questão está em baratear o produto. Já com duas fábricas no Brasil - a MicroService, de São Paulo e a MAC, em Manaus - e a da Sony em fase final de instalação - a moderna tecnologia da gravação digital é cada vez mais disputada.

No campo de batalha

Ozeil Moura dos Santos, sociólogo e cônsul do Senegal no Paraná - hoje presidindo a Sociedade Consular do Estado do Paraná - tem ativado a área do comércio exterior. Fundou a Afrobras, pela qual vem desenvolvendo múltiplos contatos e desde sábado ciceroneia o empresário Isidoro Bolstein, de Moscou, que até ontem já havia fechado negócios na ordem de US$ 300 mil na compra de frango, café e legumes para suprir as deficiências do mercado consumidor da Rússia. xxx

A ecologia ganhou belo visual graças a Brahma

A Companhia Cervejaria Brahma, nas comemorações de seus 50 anos de funcionamento em Curitiba, teve uma atitude meio rara no difícil ano que se encerrou: financiou uma edição do livro de fotografias "Curitiba-Capital Ecológica", organizado por três amadores radicados em nossa cidade. Aquilo que, em anos anteriores, começava a se tornar tradicional entre as grandes empresas - patrocínio a livros-de-arte e edições fonográficas - caiu a níveis mínimos entre 1990/91, após o debacle financeiro pós-Fernando Collor na presidência da República.

Noite Vazia (I) - Requiem para Habeas Coppus, onde o jazz e a MPB calaram

Às 3h50 da madrugada de domingo, 26, quando o empresário Sérgio Bittencourt Martins, cerrou as portas do Habeas Coppus (Rua Dr. Murici, 947) os últimos funcionários abraçaram-se emotivamente e seguiram tristonhos para suas casas. Era a última vez que deixavam o local, fechado por decisão de seu proprietário, após três anos e dois meses em que foi um dos endereços musicais de lazer noturno curitibano.

A noite em que João Gilberto cantou em Curitiba (II Parte)

Como foi o fim da noite e a despedida de João Gilberto na única vez em que esteve em Curitiba? Eis uma parte que não detalhamos na crônica publicada domingo, 8, no suplemento "Almanaque", dedicado à Bossa Nova, motivada pelo boom nostálgico ao qual "Chega de Saudade - A História e as Histórias da Bossa Nova", de Ruy Castro (Companhia de Letras, 464 páginas), trouxe galões de combustível.
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br