Login do usuário

Aramis
Conteúdo sindicalizado RSS Paulo Pimentel

Paulo Pimentel

O prefeito bem amado que foi condecorado com um fusquinha

Em 1967, quando foi criada a Justiça Federal, os primeiros juizes indicados para ocuparem as varas no Paraná foram o professor Manoel de Oliveira Franco Sobrinho, que havia sido deputado federal, tendo inclusive representado o Brasil em reuniões da ONU, Heraldo Vidal Coro e Milton Luis Pereira. Representava, já, uma [ascensão] significativa para o menino pobre criado no Norte do Paraná - nas cidades de Apucarana e Califórnia, e que vindo estudar em Curitiba, em 1951, aqui ganhou seu primeiro salário como locutor da Rádio Clube Paranaense.

Memórias da Oposição (I)

Por uma feliz coincidência, o lançamento de "Por Dentro do MDB" de Sylvio Sebastiani (edição do autor, 144 páginas, Cr$ 25.000,00), com noite de autógrafos na última sexta-feira, 10, na Biblioteca Pública do Paraná, coincidiu, com uma excelente notícia para todos os homens que, nos tempos da dura de repressão, cerraram fileiras no partido oposicionista no Paraná: o retorno de Enéas Faria ao Senado, como suplemente do senador Affonso Camargo, desde ontem novamente no Ministério dos Transportes (e Comunicação).

Forte Neto, o senhor técnico com 30 anos de experiência e prêmios

Em menos de 3 semanas, sem qualquer esquema político-promocional, o arquiteto e professor Luís Forte Neto teve uma surpresa das mais gratificantes: centenas de telefonemas, mensagens por fax e telex, cartas, telegramas e mesmo pessoas que o procuraram pessoalmente para lhe transmitir o maior apoio para que dispute a Prefeitura de Curitiba.

Arzua, a competência que o Paraná não sabe aproveitar

No momento decisivo em que a discussão técnico x político se agrava para a sucessão da prefeitura, mais do que nunca o exemplo do engenheiro Ivo Arzua Pereira deveria ser lembrado pelos donos do poder.

Entre a AM/FM, os troféus aos veteranos profissionais

Equilibrando as premiações entre trabalhos de equipe e alguns (poucos) destaques individuais, os Melhores do Rádio-I acabou consagrando a rádio Independência-AM que levou sete das premiações: [melhor emissora, melhor locutor] (melhor dizendo, deveria ser "comunicador") - Luis Carlos Martins; departamentos artísticos, jornalismo e comercial; melhor contato (Vicente) e repórter (esportivo) de campo (Foguetinho).

Quando o técnico vale mais que o politiqueiro demagogo

Numa semana em que a (in)definição do candidato a ser ungido pelo prefeito Jaime Lerner à sua sucessão divide os que defendem a solução técnica, entre os cinco excelentes nomes que foram lançados, e a proposta política - com dois deputados pedetistas pretendendo também a candidatura, seria interessante que se lembrasse do que ocorreu há exatamente 30 anos em Curitiba.

Com o tempo de Seo Celso, mais um capítulo da história de Londrina

Com toda razão, o jornalista, escritor e publicitário Domingos Pellegrini Júnior - hoje reconhecidamente o mais importante nome da literatura paranaense - estranhou que o seu último trabalho, "O Tempo de Seo Celso" não tivesse merecido, há alguns meses, quando de seu lançamento, a repercussão merecida.

Araken, um homem que amava o mundo

Paraná, abril de 1971, Haroldo Leon Perez substitui Paulo Pimentel no Governo e inicia uma administração de ódio e perseguições. O ESTADO é o único jornal a enfrentar o udenista que se julga dono do mundo. Poucos jornalistas se acorajaram a assinar colunas críticas denunciando as irregularidades da nova administração - que poucos meses depois levaram o então presidente Médici a obrigar a sua "renúncia".

Literatura em encontro e os grandes prêmios de Brasília

Em 1965, numa das primeiras audiências que teve com o então recém-empossado governador Paulo Pimentel, o (então) jovem Cândido Manoel Martins de Oliveira - hoje grisalho e tranquilo conselheiro do Tribunal de Contas - na condição de superintendente da Fundepar, levou uma idéia que seu assessor de imprensa, Antônio Otávio Pietrobelli lhe havia passado: a promoção de um concurso de contos com o prêmio de Cr$ 100 mil - o que, para a época, era uma grande soma.
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br