Login do usuário

Aramis
Conteúdo sindicalizado RSS O Brasil

O Brasil

Filme de Almodovar estará na competição entre longas

Aberto internacionalmente a participação de filmes latino-americanos e de língua portuguesa nos velhos projetos e que o diretor executivo Esdras Rubim viabilizou este ano como forma de suprir a pobreza da produção de longas no Brasil (menos de 10 filmes inéditos, muitos ainda não finalizados), e que já levou Brasília a transferir o seu XX Festival de Cinema de julho para agosto, a 20ª edição de Gramado (agosto/92) terá participações internacionais.

Quatro músicas do Paraná vão disputar o Carrefour

Cinco compositores do Paraná - os londrinenses Pedro Lima/Samantha Sander ("Tá sobrando gás"), Alecir de Antonina ("Corrida de carangueijo"), Hardy Gudel Alcofarado Filho ("Nas barrancas do rio") e Gerson Fisbein ("Sambrasil") foram classificados para a eliminatória de Curitiba (dia 9 de agosto, estacionamento de Carrefour Champagnat) para o II Festival Carrefour de MPB.

Fullgraf refaz as rotas de Martius e Spix, ecologistas do século XIX

Durante quase três semanas, a partir de 7 de dezembro de 1991, o cineasta Frederico Fullgraf percorreu 1.500 km, refazendo a primeira parte do roteiro que, há 175 anos foi percorrido pelos alemães Carl Friedrich Philip von Martius e Johann Baptist von Spix, realizando levantamentos da fauna e da flora nas regiões Sudeste, Central, Nordeste e ainda navegando pelo Rio Amazonas.

Os 60 anos da José Olympio, a grande editora brasileira

Há 20 anos, quando Ismênia Dantas, na época assessora de imprensa da Editora José Olympio, convidou-me para almoçar na "casa" - a afetiva designação que identificava a sede da editora, na Rua Marques de Olinda, 12, no bairro do Botafogo, RJ, tive a alegria ao sentar na mesma mesa em que estava o fundador da empresa, o grande editor José Olympio Pereira Filho, como sempre rodeado de escritores ilustres, mais do que seus editados, grandes amigos.

Radamés Gnatalli, um músico completo

Na próxima segunda-feira, o Brasil lembra o aniversário de nascimento do compositor Radamés Gnatalli, falecido aos 82 anos, em 3 de fevereiro de 1988. Somando-se às homenagens, publicamos aqui um resumo biográfico sobre o compositor, assinado por Valdinha Barbosa, da Associação Radamés Gnatalli.

O piano maravilhoso nas teclas de Geraldo Flach

Geraldo Flach é um gaúcho generoso, amigo e, sobretudo, talentoso. Está hoje para a moderna música instrumental brasileira no Rio Grande do Sul como, no passado, Lupiscínio Rodrigues estava como compositor: um criador dos mais competentes ao fazer - e interpretar a sua música. Se o inesquecível Lupe mal batia uma caixa-de-fósforos - mas deixou obras antológicas - Flach, na maturidade de seus quase 50 anos, é um artista que domina o instrumento (piano), arranjador de primeira linha e sobretudo compositor dos mais inspirados.

Bezerra faz "A Dívida da Vida" para que o mundo conheça nossos problemas

Ao lado de entrevistas com os mais influentes executivos do Fundo Monetário Internacional, Clube de Paris e diretores dos bancos credores. "A Dívida da Vida" (Life Liability, em sua versão internacional) trará depoimentos de brasileiros - ministro Marcílio Marques Moreira, da Economia; jornalista Barbosa Lima Sobrinho, economista Conceição Tavares, deputada Benedita da Silva e outros. Entremeadas a estas opiniões, imagens tomadas em diferentes locais, dentro de uma linha didática, que a leitura da sinopse permite aquilatar.

As últimas gravações deixadas por Cazuza

Edições póstumas oferecem sempre riscos. Se o artista deixa trabalhos concluídos, produzidos exatamente como haviam sido idealizados - como foi o caso dos dois magníficos álbuns póstumos de Elizete Cardoso, produzidos por Hermínio Bello de Carvalho e lançados em maio pela Sony Music, os mesmos se constituem em documentos indispensáveis, fechando a carreira de uma artista maior.

Artigo em 05.07.1991

1) Na sala Villa-Lobos do Teatro Nacional, na noite de terça-feira, solenemente como tudo que havia sido planejado, a sessão de abertura com uma cópia restaurada de "Limite", em comemoração aos 60 anos do filme de Mário Peixoto - com direito a um belíssimo acompanhamento da Sinfônica do TNCS, com regência do maestro Sílvio Barbato. Presença do governador Joaquim Roriz - que garantiu os Cr$ 190 milhões para esta 24a.

Porta de livraria

* Luiz Schwartz, da Companhia de Letras, decidiu privilegiar os leitores - pelo visto cada vez em número maior - de obras místicas. Assim, além de lançar no próximo dia 23, terça-feira, "História Noturna", está patrocinando a vinda de seu ator, o italiano Carlo Ginzburg, para uma série de debates em São Paulo. Em "História Noturna", Ginzburg oferece uma nova interpretação do sabá, encontros noturnos em que supostamente se celebravam banquetes, orgias sexuais e cerimônias antropofágicas. xxx
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br