Login do usuário

Aramis
Conteúdo sindicalizado RSS Sesc da Esquina

Sesc da Esquina

Jaime na madrugada obtém muita audiência na cidade

O jornalista Jaime [Culpestein], de Porto Alegre, apresenta todas as noites, a partir da zero hora, um dos programas de maior audiência no rádio gaúcho: ["]Gaúcha na Madrugada". O [ibope] do programa, graças a força daquela AM, alcança altos pontos no Paraná, como testemunhamos na semana passada.

Vivências de Bernae

O espaço de exposições do Sesc da Esquina realiza vernissage hoje, às 21h, das pinturas da artista plástica Bernae. Sua colega M. Loedi Cherubini saúda a mostra: "Bernae, artista plástica de profunda sensibilidade criativa, iniciou no mundo das Artes Plásticas quando ainda muito jovem, com aquela espontaneidade que lhe é nata, com a alma voltada para o "Belo", no íntimo desejo de reproduzir na tela, o que seus olhos viam e admiravam.

No ar, a homenagem aos melhores de nosso rádio

30 horas após a 64, cerimônia do 64ª Festa do Oscar, Curitiba também teve a sua versão tupiniquim para valorizar uma classe que tem sido cada vez mais marginalizada: os profissionais do radio. Idealizada por João Luiz Fiani, 28 anos e múltiplas experiências - ator, locutor, apresentador de programas de televisão, publicitário, etc., "Os Melhores do Rádio", nesta sua primeira edição, foi um evento marcante para destacar prefixos e, especialmente, profissionais que ainda acreditam na força do rádio.

Município gasta Cr$ 5 milhões para discutir o que é a ética

Apesar da repercussão que o oportuno e corajoso pronunciamento do professor Alvino Moser, mestre-adjunto do Departamento de Filosofia da Universidade Federal do Paraná provocou nos meios universitários, após a divulgação de seu texto no "Almanaque" ("O Estado do Paraná", 26/03/91), o curso "Ética", que sob os auspícios da Secretaria Municipal de Cultura, inicia no próximo dia 8, deve merecer ainda outros questionamentos.

No campo de batalha

Flautista, professora, pedagoga, com cursos de especialização no Instituto Orff, em Viena (onde residiu por 3 anos e meio), a criativa Marina Samways foi uma das quatro brasileiras convidadas para retornar a Áustria, em julho próximo, levando um amplo relatório de aplicação na prática do que aprendeu naquela instituição. xxx

Um necessário intercâmbio musical (a espera de um mecenas oficial)

Uma antiga idéia, pela qual sempre batalhamos e objeto, inclusive, de projetos que, infelizmente, não encontraram o apoio prático de quem de direito, é levado, na base da cara e coragem, graças ao entusiasmo e organização de uma das pessoas mais queridas e simpáticas da comunidade musical desta cidade: Gerson Bientinez, 41 anos, violonista, compositor, cantor e, sobretudo um apaixonado pelas coisas da música.

No campo de batalha

A Umuarama criou um anúncio colorido, página dupla, especialmente para promover, institucionalmente o livro sobre Foz do Iguaçu, com fotos de Orlando Azevedo, veiculado no último número da revista "Íris". A mesma publicação destaca também o livro sobre o Paraná, com fotos de Renato Fernandes e outros profissionais, cuja edição já se esgotou. xxx

No campo de batalha

Os funcionários da Fundacem e Funarte continuam organizadíssimos na resistência para evitar demissões em massa nestas fundações do Ministério da Cultura. Amplo material sobre o ato de protesto promovido dia 14, na Cinelândia, Rio de Janeiro, foi distribuído nacionalmente. ***

Marchioro apresenta o francês Boris Vian

Já em fase de ensaios no palco do Sesc da Esquina - onde estréia em 20 de março - a peça "Nenúfar", que Marcelo Marchioro escreveu e dirige, a partir da leitura dos livros do músico e intelectual francês Boris Vian (Ville d´Avrey, 10/3/1920 - Paris, 23/6/1959).

Paiol ou a falta de um planejamento artístico

Maior que a frustração de ver a temporada de Nara Leão e do violonista Roberto Menescal, neste fim de semana, substituída por mais um espetáculo na linha pornô-caça níquel ("Três é melhor") no Teatro do Paiol, é de se considerar, mais uma vez, um problema que desafia administrações: a falta de um planejamento de marketing artístico para dar àquele que foi o espaço artístico mais movimentado nos anos 70, viver hoje às moscas - ou pessimamente programado.
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br