Login do usuário

Aramis
Conteúdo sindicalizado RSS Roberto Gomes

Roberto Gomes

Editora da Universidade não morreu. Longa vida para ela!

O professor Carlos Alberto Faraco, reitor da Universidade Federal do Paraná, iniciou o ano nos enviando uma educada carta, em linguagem informal, na qual faz algumas colocações em relação ao comentário que aqui publicamos, em 17 de dezembro último, sobre a redução nas atividades da Editora "Scientia et Labor", mantida pela UFP.

No campo de batalha

Com seu estilo blade runner, Doris Giesse faz carreira não só na televisão mas também na publicidade: terminou seu contrato de exclusividade com uma empresa e agora, antes de entrar em novos compromissos, quer desenvolver um projeto pessoal, do qual só revela o mínimo: "vídeo dança", com aspectos inéditos. Doris foi bastante assediada por políticos, em busca de sua imagem para angariar votos, mas, prudentemente, resistiu para não se queimar com esta clientela sazonal. xxx

A lembrança dos anos de fogo no livro póstumo de Sra. Malka

Embora não exista uma atividade regular na área da resenha de livros - (em termos de crítica mais profunda, nem pensar) - alguns intelectuais e jornalistas que acompanham o movimento editorial no Paraná, como o professor Hélio de Freitas Puglielli, colaborador de O Estado do Paraná, poderão, no final do ano, para a 25ª edição do suplemento dos melhores na área artística-cultural, fazer apreciações em conjunto do que se vem publicando - em iniciativas oficiais ou privadas.

"Os poetas", uma antologia da nova lírica paranaense

"Desde criança amei os pássaros, as palavras e as canções. Na adolescência, comecei a cantar meus sonhos em versos. De sonhos aprisionados em poemas inventei muitos livros. Dedico-me agora a aplaudir as novas gerações." (Helena Kolody, na apresentação de livro "Os Poetas"). xxx Havia o (grande) risco de se tornar apenas uma reunião insossa e irregular de poesias de amadores de várias tendências em mais uma publicação oficial destinada a ter distribuição dirigida e cair num precoce esquecimento.

Sulina editará obra completa de Valêncio

Valêncio Xavier voltou eufórico de Porto Alegre. Além de uma ativa participação no II Fórum de Museus da Imagem e do Som e Entidades Assemelhadas, na qual propôs inclusive a criação de uma associação nacional (e de cuja presidência abriu mão), aproveitou para acertar com a editora Sulina a edição de suas obras completas.

No campo de batalha

Já são tantos, que puderam até formar uma entidade de classe: com sede na Rua XV de Novembro, 275, 8º andar, salas 802/805, foi criado o sindicato dos Astrólogos Paranaenses. Entre os seus objetivos: reconhecer, cultivar e divulgar a Astrologia, definir perante as autoridades e o público a competência do astrólogo, também chamado "cosmo-analista". xxx

No campo de batalha

Apesar do dólar cruzando a barreira dos Cz$ 1 mil, não faltam oportunidades para os servidores do Estado darem suas circuladas internacionais. Por exemplo, a generosidade germânica e a ajuda do Estado possibilitaram que dois químicos da Surhema fossem passar dois meses em Nuerberg, na Bavária: Antônio Carlos Stiehler e Nora Tahrzadeh-Yazdian encontram-se naquele país participando de um curso de treinamento na área de resíduo de pesticida por cromatografia líquida de alta pressão e cromagrofia gasosa de alta resolução (ufa!).

As palavras-pássaros que Helena liberta

Defini-la como a Cecília Meireles do Paraná é pouco. Muito pouco! Em que pese a importância da autora de "Cancioneiro da Independência", a nossa Helena Kolody é uma poeta maior - que independe de comparações. Algumas vezes, na profundidade de seu pequenos (grandes) versos pode lembrar o universo de observações de Mário Quintana. Pode-se incluí-la no mesmo patamar de um Drummond, um Bandeira - e, pela sua linguagem sempre atual, a João Cabral de Mello Neto.

Poesia maior para o Natal

Na montagem de "Viagem no Espelho", o editor Roberto Gomes faz uma viagem ao inverso: ao invés de começar pelas primeiras poesias de Helena, o livro abre com trabalhos recentes ("Poesia Mínima, 1986), nas quais, já coloca a sua intimidade com as palavras, num trabalho de ourives qua as trabalha com perfeição. As palavras têm sentido num código particular Cada qual é singular Em sua maneira de ler ("Código") O gosto pela leitura, capaz de ter uma síntese tão perfeita: Navegou / No veleiro dos livros Desembarcou / e conferiu
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br