Login do usuário

Aramis
Conteúdo sindicalizado RSS Vila Velha

Vila Velha

De Bianchi a Carol, o nosso cinema dá certo

Sérgio Bianchi, paranaense de Ponta Grossa, 33 anos, levou mais de dez anos para conseguir realizar o seu primeiro longa-metragem. Depois de estudar na Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo e ali fazer dois curtas-metragens, inspirado em contos de Júlio Cortazar, Bianchi aglutinou alguns amigos atores/atrizes, conseguiu um velho casarão e, numa espécie de comunidade hippie, fez uma reflexão liberta sobre a fase do “paz e amor, bicho!”.

Pornôs remontando o sexo já filmado

Organismo responsável pela legislação e fiscalização do cinema e vídeo no Brasil, o conselho do Cinema Nacional - CONCINE, expediu 75 certificados de produtos brasileiros em 1989. Neste total estão incluídos 39 filmes pornográficos (não considerados no comentário acima), 8 filmes antigos (reapresentados como novos), um latino-americano com certificado brasileiro para cumprimento da lei de reserva do mercado ("Sur-Amor e Liberdade", Argentina, 1987, de Fernando Solanas) e três recensurados ("O Ébrio", "A Virgem de Colina" e "Severina Xique Xique").

Lá, entre as estrelas, Zé Maria, um homem de teatro

São muitos os aspectos que fazem de José Maria Santos um trabalhador cultural da maior importância. De origens humildes, sem maiores pretensões intelectuais, encarnou o próprio aspecto de nossa arte subdesenvolvida e desprotegida. Pertencente a uma geração de Curitiba dos anos 50 que fazia teatro com idealismo e amor, sem qualquer possibilidade de sobreviver com as peças que eram encenadas na época, José Maria encontrou nas aulas do curso que Aristides Teixeira coordenava no Sesi um primeiro embasamento para a carreira que acabaria por abraçar integralmente.

Bamerindus dará a Foz o mais belo dos presentes

Ainda não foi marcada a data de lançamento. Inteligentemente, a professora Maria Cristina Vieira, coordenadora do projeto, já tem três datas que se ajustam, efemericamente, ao espírito do livro: o centenário da colônia militar brasileira, que daria origem ao município criado 25 anos depois. Em 1939 viria a lei criando o Parque Nacional.

O mundo das estradas visto pelos cineastas

Na filmografia do cinema das estradas no Brasil - ou seja, aqueles filmes que se voltaram para contar estórias de personagens que têm suas vidas ligadas às longas distâncias, o mais famoso destes foi uma pioneira série de televisão, produzida no início dos anos 60 e que tinha uma ligação muito forte com o Departamento Nacional de Estradas de Rodagem: "O Vigilante Rodoviário", seriado que foi um dos marcos da televisão no Brasil, produzido numa época em que a então nascente forma de comunicação apresentava quase que exclusivamente os chamados "enlatados", filmes em série importados dos Esta

Na chuva, uma prova de fogo do Ballet Guaíra

Um espetáculo como o bailado "Lendas do Iguaçu" e o concerto da Sinfônica do Paraná no Parque Nacional do Iguaçu é um desafio em termos de produção artística. Afinal, inexiste ainda um know-how para este tipo de apresentação, ainda mais ao ar livre, sujeito a limitações de espaço físico e ameaçado pela chuva - o que, no sábado impediu a apresentação.

Laertes e o filme "O Diabo de Vila Velha"

O trágico acidente que custou a vida de Laertes Moreira, o simpático "jornalista do cachimbo", no último fim-de-semana, não deve ficar no registro apenas nas páginas policiais ou nas curtas notas de um obituário que surpreendeu seus (muitos) amigos. Bonachão, simpático, identificado sempre com o cachimbo, Laertes era na verdade mais um (atuante) corretor de espaços publicitários do que um jornalista, embora, na prática, cobrisse sempre muitos fatos, especialmente ligados a prefeitos do Interior, seus clientes.

Foz do Iguaçu, depois de 007, agora cenário de telenovela

Pelo menos quatro produções cinematográficas estão programadas para ter o Paraná como cenário: "O Drama da Fazenda Fortaleza", de Berenice Mendes; "Entardecer das Ilusões", de Aécio de Andrade - que, pelo cronograma, deve ter suas primeiras seqüências rodadas em abril - e, em fase de planejamento, um filme de Pena Filho baseado em conto de seu concunhado, Wilson Galvão do Rio Appa e a superprodução inspirada na experiência anarquista da Colônia Cecília, nos planos de Walter Lima Jr. ("Inocência", "Chico Rei", "Ele, o Boto").

"Todas As Pessoas", do Zé Oliva, está em produção

Enquanto seu irmão mais moço, o Polaco, está se saindo bem em Los Angeles, José Roberto Oliva, 40 anos, publicitário e compositor, também está em escalada musical. Afinal, está quase concluindo a gravação de "Todas As Pessoas", seu primeiro elepê, produção independente, que vem realizando desde novembro de 1986 nos estúdios da Audison. xxx
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br