Login do usuário

Aramis
Conteúdo sindicalizado RSS ONU

ONU

O prefeito bem amado que foi condecorado com um fusquinha

Em 1967, quando foi criada a Justiça Federal, os primeiros juizes indicados para ocuparem as varas no Paraná foram o professor Manoel de Oliveira Franco Sobrinho, que havia sido deputado federal, tendo inclusive representado o Brasil em reuniões da ONU, Heraldo Vidal Coro e Milton Luis Pereira. Representava, já, uma [ascensão] significativa para o menino pobre criado no Norte do Paraná - nas cidades de Apucarana e Califórnia, e que vindo estudar em Curitiba, em 1951, aqui ganhou seu primeiro salário como locutor da Rádio Clube Paranaense.

Pizatto troca convite da Secretaria do Meio ambiente por disputa à Prefeitura

Ao embarcar para Nova [York], há 6 dias, no domingo a noite, o deputado Luciano [Pizzato], 35 anos, estava duplamente feliz. Além de ter sido escolhido com ampla maioria como candidato do PFL à sucessão municipal, na pré-convenção realizada no sábado, 28, estava cumprindo, junto a Organização da Nações Unidas, uma missão que orgulha qualquer homem público: a representação da Câmara Federal na última reunião preparatória da Eco-91.

O Banco de Luz que necessita de depositantes humanitários

Há 33 anos, quando era repórter da então recém nascida "Tribuna do Paraná", o jornalista Enock de Lima Pereira, no idealismo de seus 23 anos, ficou tão emocionado ao fazer uma reportagem sobre a iniciativa da oftalmologista Paula Soares em implantar o Banco de Olhos de Curitiba, que não teve dúvidas: antes de terminar a entrevista, fez questão de assinar um documento sendo o primeiro doador de olhos para o humanitário "banco" que era fundado.

Documentários sobre os homens e a esperança

Se na ficção, os filmes desta nova geração de cineastas alemães já entusiasmam, ainda mais significativos são os quatro documentários. "O Índio" (Der Indianer), 1986-87, de Rolf Schubel, é daqueles filmes de "utilidade pública", que se insere numa linha, por sinal, bastante procurada pelo cinema americano: as obras que transmitam esperança e fé a pessoas com doenças graves (*). Leonard Lentz (1930-1987) é um cidadão classe média, casado, que durante suas férias em Pamplona, Espanha, sente um problema na garganta. Ao consultar o médico, a trágica realidade: câncer na laringe.

A arte da flauta, violão e piano que poucos aplaudiram

Pouco mais de 100 pessoas - perdidas no imenso Auditório Bento Munhoz da Rocha Neto - assistiram na noite de sexta-feira, 29, um dos melhores espetáculos instrumentais da MPB que ainda este ano estará sendo levado a platéias européias e, possivelmente, em princípios de 1992, ao Japão. Infelizmente, como havíamos aqui previsto na semana passada, a única apresentação do flautista Altamiro Carrilho - comemorando seus 50 anos de carreira - ao lado dos amigos Sebastião Tapajós (violão) e Gilson Peranzetta (piano) não teve o público merecido.

Aranha contesta tese na defesa de seu tio

O engenheiro-agrônomo Oswaldo Euclydes Aranha, 50 anos, sobrinho do ministro Osvaldo Aranha, residindo em Curitiba há muitos anos como funcionário do Ministério da Agricultura, é também um expert em música erudita. Dono de uma das cinco maiores coleções do estado, pesquisador incansável, produz vários programas na Rádio Estadual do Paraná - trabalhando praticamente sem remuneração, movido pelo amor à música dos mestres "e a necessidade da mesma ser melhor conhecida".

Malu na busca de anti-semitismo da era Vargas

Depois de provocar, sem querer, uma polêmica nacional ao descobrir documentos que comprovaram o anti-semitismo no governo Vargas - comprometendo inclusive a imagem do embaixador Oswaldo Aranha (1894-1960), que apesar de dado o voto decisivo, na histórica sessão da ONU, em outubro de 1948, que decidiu a criação do Estado de Israel teve muitas posições contra a imigração dos judeus no Brasil, a professora Maria Luiza Tucci Carneiro, da Universidade de São Paulo, continua a pesquisar este lado hoje esquecido pela história oficial.

Em lua-de-mel com a vida, Coelho internacionaliza a sua programação

Antes mesmo de passar a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano ao seu colega Luiz Kaykawa, mais um filho de japoneses que Jaime Lerner inclui em seu primeiro escalão, o professor Manoel Coelho, 50 anos a serem comemorados no próximo dia 25, assumia a direção do curso de arquitetura e urbanismo da Universidade Federal do Paraná, na qual já esteve entre 1985/89. Quinta-feira, num espontâneo jantar oferecido pelos 250 funcionários da Secretaria - e com a presença de convidados especiais - Coelho mereceu os maiores elogios pelo muito que realizou na pasta que ocupou até esta semana.

Oppenheimer, o aprendiz de feiticeiro da era atômica

Uma única falha, no máximo, esquecimento, pode ser computada a "O Início do Fim". Nos créditos projetados no encerramento do filme, após as informações sobre o que aconteceu com o general Groves e o físico Oppenheimer - poderia ser relacionado, como homenagem, o nome de todos os cientistas, que permitiram que o projeto Manhattan chegasse ao final.

Os principais concorrentes já chegaram às telas grandes

Em relação a 62ª edição da festa de entrega dos Oscars - que acontece amanhã - não é preciso repetir o óbvio. Quatro dos cinco filmes que disputam o troféu de melhor filme ("Sociedade dos Poetas Mortos", "Nascido a 4 de Julho", "Conduzindo Miss Daisy" e "Campo dos Sonhos") estão em exibição na cidade - cada um com várias indicações.
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br