Login do usuário

Aramis
Conteúdo sindicalizado RSS Renato Aragão

Renato Aragão

Ghost, o fantasminha que o nosso público mais amou

Nem mesmo Alan Kardec explicaria: "Ghost - Do Outro Lado da Vida", uma comédia romântica, com toques parapsicológicos, realizada por um diretor semi-estreante com mínimo orçamento, se constitui desde sua estréia no maior êxito de bilheteria internacional. Em Curitiba, estreou ainda em novembro de 1990 no Condor e manteve-se em cartaz - no Lido I e II até completar o recorde: 57 semanas de casas lotadas, atingindo a marca dos 235.252 espectadores.

Do mercado brega ao som de Collins com boa orquestra

Tendo abrigado amplo elenco rural no passado, a ex-CBS - hoje Sony - descartou a música regional há alguns anos mas agora teve que se curvar a uma realidade: o marketing "country" nacional não se permite mais elitismos ou restrições a música brega. Assim, seu novo presidente, vindo da área de marketing, contratou várias duplas para disputar uma das faixas mais lucrativas do momento.

Um curso para locadora conhecer o que é cinema

Uma bela idéia: os jovens Cláudio e Marcelo Graciano estruturaram um objetivo curso sobre introdução ao cinema destinado especialmente aos proprietários e funcionários de locadoras. Através de quatro palestras - a cargo de Hugo Mengarelli, Fernando Severo e este colunista, uma visão sobre linguagens cinematográficas, o cinema como arte, e até um pouco de como se faz um filme. O curso será no auditório Brasílio Itiberê, a partir de amanhã, dia 1o e as inscrições poderão ser feitas até à hora do início da primeira aula. Informações pelos fones 252-2052 e 273-5727. xxx

Rita, Vania, Zélia, Cássia, Mara e Angélica em seus LPs

Como Simone não tem disco novo na praça - a CBS optou por uma montagem especial de seus maiores sucessos - Maria Bethânia ganha terreno no ranking natalino com seu novo elepê, produção cuidadosa e que teve até a carinhosa participação do mitológico João Gilberto - uma espécie de aperitivo enquanto o mais aguardado disco do ano, o seu, não desova na praça. Claro que Roberto Carlos comparece com seu tradicional produto de fim de ano, no mesmo esquema com que faz há quase 20 anos - e que garante a tranqüilidade financeira da CBS e mais alguns milhões de dólares em sua conta na Suíça.

Na miséria das imagens, a esperança de São Paulo

Rio de Janeiro - Durante alguns anos, especialmente na década de 70, os dois principais festivais competitivos do cinema brasileiro - Brasília (criado em 1968) e Gramado (a partir de 73) - representavam um campo de batalhas visuais entre o cinema paulista X carioca. Numa época em que a produção nacional chegou a ultrapassar mais de cem títulos/ano, os realizadores dos dois Estados levavam até para o esforço físico as acirradas disputas de festivais em alta voltagem, muita badalação e euforia.

No romance e na realidade, os ótimos filmes estão chegando

Ora, viva! Afinal um filme de primeira categoria, candidato sério a entrar na lista dos melhores do ano, ganha uma segunda semana de exibição: "Stanley e Iris", de Martin Ritt - um exemplo de obra emotiva, suave, falando de gente como a gente, com dois excelentes intérpretes - Robert de Niro e Jane Fonda, uma belíssima trilha sonora de John Williams e, principalmente, um roteiro esplêndido, permanece em cartaz no Condor. Uma chance de quem ainda não assistiu, conhecer um exemplo de bom cinema.

O Brasil cinematográfico nos volumes informativos

Embora ainda raquítica se comparada ao festim de textos que mensalmente são oferecidos aos cinéfilos que dispõem de dólares para importar as dezenas de lançamentos de obras cinematográficas que acontecem nos Estados Unidos, Inglaterra, França e Itália, a bibliografia cinematográfica vai crescendo no Brasil - em trabalhos originais ou traduzidos. Algumas biografias de artistas e mesmo realizadores emplacaram boas vendas e até ensaios profundos também encontram uma faixa específica de leitores, encorajando que editores de maior visão cultural façam edições importantes.

FestRio foi para Fortaleza mas ganhou maior dimensão

Fortaleza "Sociedade dos Poetas Mortos", um dos filmes americanos mais elogiados deste ano (até Paulo Francis enalteceu) acabou sendo o escolhido para abrir, na noite de amanhã, no cine São Luiz, o FestRio-Fortaleza 89 - sexta edição do único festival internacional, classe A, da América do Sul - e que este ano acontece na iluminada capital cearense.

Chineses, desenhos, italianos e até uma homenagem a Hammett

Para uma época de férias escolares - o que significa vacas magras em termos de lançamentos, com as salas ocupadas por comerciais programas destinados ao público infantil - até que a situação poderia ser pior. Felizmente há opções, para quem não esteja preso ao vídeo esquemático e que retira metade do prazer de se ver um filme em tela ampla.
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br