Login do usuário

Aramis
Conteúdo sindicalizado RSS West Side Story

West Side Story

Uma notável versão com os teclados das irmãs Labeque

Uma oportunidade para se apreciar como uma obra-prima tem diferentes interpretações após ouvir o integral de "West Side Story" na gravação de Bernstein, compará-la com a interpretação que o pianista de jazz Oscar Peterson fez há quase 30 anos com a recente gravação das irmãs Kátia e Marielle Labeque, lançada pela Sony/CBS, dentro de sua série Masterpieces - e que embora tenha sido colocada no mercado há já alguns meses, é possível de encontrar ao menos em fita-cromo.

"West Side Story", a obra-prima dos musicais, agora em edição CD

- "A história dos Estados Unidos mudou agora" (juiz Felix Frankfurtter, da Suprema Corte, na noite de 20 de agosto de 1957). Ao fazer esta declaração tão forte, o magistrado Frankfurtter não referia-se a nenhuma questão jurídica. Era apenas a forma com que transmitia sua emoção e entusiasmo - semelhante a de algumas centenas de outras pessoas que, há 34 anos, assistiam a primeira apresentação daquele que, para a história do show business americano, é considerado o mais perfeito musical de todos os tempos: "West Side Story".

Passaporte para o Céu, o paraíso gastronômico

"Além da Terra, além do Infinito eu procurava em vão o Céu e o Inferno. Mas uma voz me disse: O Céu e o Inferno estão em ti mesmo". (Omar Khayan, "Rubayat"). Depois de "Ghost - O Outro Lado da Vida", ter completado um ano de exibição, chega outra romântica, suave e comunicativa especulação em torno daquela pergunta que desde que o mundo é mundo desafia o homem: - "O que há depois da morte, afinal?".

Música do cinema continuou sem mestres como Mancini e Legrand

1. West Side Story - Leonard Bernstein conducted - Kiri Te Kenewa - José Carreras - Tatiana Troyanos - Kurt Ollman e Marilyn Jorne (Deutsch Grammophon/Polygram). (*); 2. Tune In Tomorrow... - Wynton Marsalis - (Cinecom/Sony Music); 3. O Poderoso Chefão III/The Godfather III - Carmine Coppola (Columbia/Sony Music); 4. Febre na Selva (Tungle Fever) - Steve Wonder (Motown/BMG); 5. Campo de Sonhos - Priscilla Ermel (Estúdio Eldorado) (**); 6. Robin Hood - Prince of Thieves - Michael Kamen (Morgan Creek/Polygram); 7. Ghost - Do Outro Lado da Vida - Maurice Jarre - Paramount/BMG;

Era do CD amplia o mercado clássico

O crescimento impressionante do mercado do compact disc - a tal ponto que se reduzem as previsões de que o vinil ainda teria público até o final do milênio - beneficiou, basicamente, o público que consome música clássica e jazz. Exigente pela sua própria cultura, buscando sempre as melhores gravações, esta faixa (privilegiada) de colecionadores, que tradicionalmente já vinha se abastecendo de produtos importados, passa a ter graças a gravadoras como a Polygram, lançamentos cada vez melhores e atualizados, que estão saindo no Brasil quase que simultaneamente ao Exterior.

Rosana made in States

Bonitinha, com ingredientes que a fizeram ter uma carreira impulsionada por alguns êxitos, Rosana gravou agora um elepê no Exterior. "Doce Pecado" foi feito em Los Angeles, com produção do americano Ronnie Foster (o mesmo de "Luz", de Djavan e vários trabalhos com Stevie Wonder), o que prova que a menina já rendeu lucros suficientes para a CBS fazer um investimento pesado.

Tiomkim faz novo culto de amor aos seus ídolos

Um dos mais sensíveis e talentosos videomakers da nova geração, trabalhando modestamente, Osval Dias de Siqueira Filho, 35 anos, é um de nossos criadores com maiores possibilidades na área visual. Há dois anos, participando do Salão de Artes Plásticas - Curitiba Arte 5 (cuja nova edição será lançada amanhã em coquetel no Habbeas Coppus, à noite) Tiomkim (seu pseudônimo artístico) foi o grande premiado com o tríptico de fotografias "As Horas Nuas", que lhe valeu uma viagem a Europa.

A noite (há 40 anos) em que a noviça rebelde cantou aqui

Embora na época em que estiveram em Curitiba os Trapp já tivessem feito centenas de concertos somente nos EUA e gravado dezenas de 78 rpm (o elepê só começaria a aparecer no final de 1950), o grupo ainda não havia se tornado conhecido internacionalmente. Em 1948, a baronesa Maria escreveu a "The Story of the Trapp Family", que, seis anos depois seria transposto numa produção cinematográfica alemã. O filme faria grande sucesso no Brasil e quando lançado em maio de 1958, no cine Marabá (hoje Bristol) permaneceu três meses em cartaz.

As perdas de 1990

Janeiro Ernest Widmer, nascido na Suíça, em 1927. Maestro-compositor, veio para o Brasil em 1956 a convite de K. F. Koelrreuter, naturalizando-se brasileiro. Viveu muitos anos na Bahia, onde implantou uma avançada escola de estudos e pesquisas. Faleceu dia 04/01. George Auld, saxofonista-tenor, nascido em 18/05/1919. Gravou seus melhores discos com Benny Goodman. Em 1977 apareceu numa ponta no filme "New York, New York" como o músico que ensina Robert De Niro a tocar saxofone. Dia 08/01.

Muita música instrumental de qualidade à disposição

Edgard Duvivier é um exemplo da nova geração de instrumentistas com formação internacional. Filho de família das mais tradicionais do Rio de Janeiro, estudou saxofone em Berkeley e vem desenvolvendo uma carreira segura, extremamente sofisticada. O casamento com a cantora Olívia Byghton - uma das vozes mais perfeitas surgidas nos últimos anos - aproximou dois seres de extrema sensibilidade.
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br