Login do usuário

Aramis
Conteúdo sindicalizado RSS Paulinho da Viola

Paulinho da Viola

O canto das mulheres para ajudar a muitos

Mulher, seu nome é canção. A idéia é ampla e antiga: afinal, as musas sempre estiveram presentes em nosso cancioneiro. No nosso e em todos os países nos quais a música reflete o romantismo, os sonhos, o imaginário. Mas os bons temas são eternos e uma nova prova disto é feita com nobres finalidades: o Banco do Brasil bancou a prensagem de 300 mil cópias de um belíssimo álbum duplo - "Há Sempre Um Nome de Mulher" - que está sendo vendido em todas suas agências.

No campo de batalha

Os cinco anos da morte do cantor compositor e radialista Dirceu Graeser serão lembrados com a reedição de "A Paz de um Pássaro", afetuosa biografia que seu amigo Paulo Mosimann (Foguetinho), publicou em 1985, sobre a trajetória de Graeser, falecido aos 42 anos, em 14 de abril de 1983. xxx A jornalista Marcelina Quadros deixou a chefia-de-redação da revista "Quem" e integra agora a equipe da assessoria de imprensa da Fundação Cultural. Foi substituída pela jornalista Auta Rezende. xxx

Martinho, o cantor do centenário da abolição

Escolhido para abrir as comemorações do centenário da Abolição, com o projeto Carnavalesca da Funarte - que o tem como grande homenageado - Martinho da Vila deverá percorrer, com um show especialmente montado, todos os Estados. Se o VI Encontro de Pesquisadores da Música Popular Brasileira ocorrer em Curitiba - conforme intenção já demonstrada pelo secretário René Dotti, da Cultura - tendo por tema central "a presença do negro na MPB", Martinho da Vila será, naturalmente, presença de destaque.

Villa-Lobos, um livro e recital

O lançamento de "Canto do Pajé - Villa-Lobos e a MPB" (editora Espaço & Tempo) na próxima segunda-feira, 25, no auditório Salvador de Ferrante do teatro Guaíra, será mais do que um evento literário: o autor Hermínio Bello de Carvalho, poeta, letrista, incansável animador cultural e que dirige a divisão de Música Popular da Funarte, trará para um recital especial duas das mais belas vozes do Brasil - Zezé Gonzaga e Olga Praguer Coelho, que, acompanhadas pelo violão de Marcos Farina, interpretarão canções de Villa-Lobos.

Arrigo, a hora de se tocar no rádio

Há algumas semanas, o governador Álvaro Dias teve um convidado um tanto diferente para o almoço. No cardápio, ao invés de conversas político-administrativas, um papo mais descontraído: a música e o cinema. Especialmente, os trabalhos jovens, de vanguarda. Interlocutor: Arrigo Barnabé, paranaense de Londrina, na oito anos o "golden boy" de nossa vanguarda musical e que, como os autênticos talentos, sabe conservar a simplicidade.

No campo de batalha

De passagem para Porto Alegre, o casal Elton Medeiros/Neusa Fernandes parou ontem em Curitiba. Elton, para quem não sabe, é um dos mais importantes compositores e pesquisadores do samba, parceiro de Paulinho da Viola, com quem começou a partir do histórico "Rosa de Ouro" (1965). Tem três elepês gravados, belíssima voz e é sobretudo um produtor voltado para as raízes da MPB. xxx

Hermínio, a permanente defesa de nossa cultura

Para deslanchar uma semana extremamente musical, a partir do dia 10, que incluirá shows de Ivan Lins, Luiz Melodia, Mae East, e finalmente, Paulinho da Viola, nada melhor do que a presença de uma das pessoas que mais tem trabalhado em favor da MPB: Hermínio Bello de Carvalho.

No campo de batalha

O SESC da Esquina continua, generosamente, abrindo seus espaços para novos artistas. Agora 26 pessoas, de diferentes estilos, formações e, naturalmente, talento, estarão mostrando seus trabalhos à partir do dia 6. É o chamado Grupo ArtEsquina, com 21 mulheres e 5 homens. Há nada menos que cinco Marias no Grupo: Maria Clara Teixeira de Freitas, Maria de Lourdes Czellumskia, Maria Leonir dos Anjos, Maria Tereza Costa e Ana Maria Comodo. xxx
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br