Login do usuário

Aramis
Conteúdo sindicalizado RSS Sérgio Reis

Sérgio Reis

Sharp consolidou a festa de nosso prêmio Grammy musical

Consolidando-se como o Grammy brasileiro - o 4o Prêmio Sharp de Música - chega a seu final nesta terça-feira, 2, com a entrega de troféus e polpudos cheques (US$ mil para cada premiado) em várias categorias distinguidas nesta abrangente promoção idealizada por um homem apaixonado por nossa música, o empresário José Maurício Machline.

Pantanal pavimenta rota para o "new caipirismo"

Se outros méritos não tivesse, "Pantanal" - a grande surpresa da telenovela brasileira em 1990 - já valeria por ter dado uma necessária catipultuagem [catapultagem] na carreira de dois excelentes intérpretes da música de raízes: Sérgio Reis e, especialmente, Almir Sater.

As publicações para se valorizar o Nativismo

J. W. Corsini é daqueles brasileiros com "B" maiúsculo. Jornalista de muita vivência - inclusive internacional, tendo passado por diferentes redações ao longo de uma vida rica em experiências profissionais e humanas, é, especialmente, um apaixonado pela nossa cultura popular. O que o fez se tornar uma espécie de gaúcho honorário, divulgando de todas as maneiras o movimento nativista, integrando-se junto aos festivais que continuam a resistir naquele Estado e espalhando simpatia.

Mensagens de poesia & otimismo

Reflexo dos tempos bicudos, foi-se a época dos luxuosos cartões de Boas Festas. Generosas cestas-de-natal e presentes - como bebidas importadas - nem pensar! A não ser para pessoas jurídicas com endereço determinado por interesses das caixas registradoras e não dos corações - como seria de se esperar no Natal.

Feche os olhos e lembre os bons tempos da Jovem Guarda

Depois da exumação da Bossa Nova - cujos 30 anos, comemorados entre 1988/89 (considerando o disco marco "Canção do Amor Demais", com Elizeth Cardoso e o "Chega de Saudade" com João Gilberto) justificaram inúmeras reedições e homenagens (embora, não tantas quanto merecia o mais importante movimento já existente na MPB), parece chegar a vez da Jovem Guarda começar a ser escavada, com a montagem de elepês com faixas de históricos momentos do movimento e mesmo estudos a respeito.

Mara para a garotada

Em volumoso pacote de novidades colocados nas lojas nas últimas semanas, a EMI/Odeon traz produtos para diferentes faixas de consumidores. Começa, por exemplo, com o terceiro lp da Mara, figurinha simpática que foi descoberta no vídeo da TV Itapoã, num programa infantil e ganhou o seu próprio programa na TVS, comandando o "Show Maravilha". Concorrendo, assim, na mesma faixa de Xuxa - mas com a vantagem de ter voz mais afinada - já ganhou dois Discos de Ouro e se transformou também num ídolo infanto-juvenil.

No campo de batalha

Os cenários de "Tosca" (estréia dia 18, 20 horas) são tão grandiosos que Marcelo Marchioro está sentindo-se como se fosse Cecil B. De Mille nas filmagens de "Os 10 Mandamentos", versão-56. Afinal, todos os espaços do Guaíra foram "invadidos" para que a cenografia saia a tempo. O palco do auditório Bento Munhoz da Rocha Neto, durante o dia, viraram uma grande marcenaria, onde carpinteiros habilidosos dão forma ao castelo, masmorra e outros cenários monumentais.

Profissionalismo total

Na robusta edição do dia 12 de fevereiro último, domingo, na página 9 do caderno Arts & Leisure do The New York Times, um bem produzido anúncio (com a arte original feita na Umuarama, em Curitiba) ocupando 15x3 colunas anunciava os dois concertos do Som da Gente Records ("Is the sound of our people/Brazilian instrumental people") nas noites de 10 e 11 de março no Town Hall, um dos auditórios mais famosos da Big Apple.
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br