Login do usuário

Aramis
Conteúdo sindicalizado RSS TV Paranaense

TV Paranaense

As máscaras de Karam

Dono de um estilo em que sabe unir a ironia, o humor e a observação crítica, o jornalista Manoel Carlos Karam trocou uma carreira nas redações - após ocupar cargos de editor na TV Paranaense, TV Iguaçu, O Estado e Tribuna, pelas instabilidades dos serviços de free-lancer. Em compensação, dispõe de mais tempo para se dedicar a sua literatura, construindo uma obra em progresso. xxx

Os anos dourados dos Associados no Paraná

O prédio de 6.700 metros quadrados construído há mais de 20 anos no bairro do Pilarzinho para sede das empresas Associadas foi uma espécie de canto-do-cisne da era de prosperidade do império de Assis Chateaubriand (1891-1968) no Paraná.

No campo de batalha

Um dos curitibanos que mais conhece a história não oficial da cidade, está preparando, há tempos, um livro de memórias que, se publicado, vai provocar muita polêmica: Luizito Guimarães - ou, no registro civil, José Luís Terceius Bueno Barros Xavier da Silva Pereira Guimarães, filho caçula (05/04/1925) do cafeicultor Luís Guimarães - o bilionário que construiu o Castelo do Batel, vendido em 1948 para o então governador Moyses Lupion - e hoje sede da TV Paranaense. Em sua mansão em Caiobá na tranqüilidade Avenida Atlântica, repassa toda uma vida em que ouviu estórias da antiga Curitiba.

Jamil, o moço que reúne os budistas

Quem espera encontrar no idealizador e organizador do Congresso Brasileiro de Budismo Tibetano / I Congresso Nacional Para Auxílio do Tibete (Templo Amorc da Ordem Rosacruz, Bacacheri, dias 8 e 9 de junho) um monge budista, ou ao menos um tipo místico e envelhecido, com a sabedoria milenar do místico oriente, terá uma surpresa. Quem idealizou estes dois eventos paralelos é um jovem, tranqüilo e sobretudo modesto, filho de pais árabes, nascido e radicado em Ponta Grossa: Jamil Soloum Júnior, 20 anos a serem completados somente em 1o de novembro.

Cursos que formaram os novos cineastas

Paralelamente ao trabalho de pesquisa, preservação e guarda do que fosse possível da memória filmada do Paraná - o que por si só justificaria a sua presença nos quadros culturais do Paraná - Valêncio Xavier, com sua visão de pioneiro da televisão curitibana ( a partir de 1960, foi um dos mais ativos roteiristas e diretores da TV-Paraná, passando depois para o Canal 12-TV Paranaense) se preocupou em abrir espaços para uma nova geração interessada em fazer cinema.

O MIS preservará imagens do Iguaçu

Antes de passar a direção do Museu da Imagem e do Som para sua sucessora, a jornalista Marisa Vilela, o múltiplo Valêncio Xavier conquistou mais um notável acervo para esta instituição que, graças a sua administração, deixou de justificar a adjetivação cunhada ironicamente pelo pintor e humorista Fernando Velloso: "Museu da Imaginação".

No campo de batalha

Um dos mais ecléticos tecladistas do Paraná, Lalo, retornou há meses da Bélgica - onde morou por 5 anos, e hoje é dono do restaurante Luganos, associado aos seus filhos Maria Luísa e Ladislau, que ali instalaram um moderno sistema de fone-pizza. Os garotos, aliás, estagiaram em restaurantes na Itália buscando receitas exclusivas. xxx

Astrid, a Joana que deixou nosso teatro

Por onde andará Astrid Rudneger, aquela jovem atriz que, no verão de 1958, emocionava os espectadores do auditório Salvador de Ferrante, interpretando com garra e amor a Donzela de Orleans em "Seu Nome Era Joana", uma das primeiras peças escritas pelo jovem Eddy Antônio Franciosi?

Pavão voou no tempo para contar a história do rock

Nos tempos pioneiros da TV Paranaense, quando suas transmissões ao vivo eram feitas de um estúdio-kitchenet no último andar do edifício Tijucas, uma das atrações musicais que ali se apresentava com sucesso era o Conjunto Alvorada, formado por três afinadas menininhas, Sidneia, Marly e Meire. O grupo era dirigido pelo professor Theotônio Pavão, violinista, compositor, paulista de Botucatu, onde viria a falecer, aos 72 anos, em 25 de março de 1988.
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br