Login do usuário

Aramis
Conteúdo sindicalizado RSS Projeto Pixinguinha

Projeto Pixinguinha

No campo de Batalha

Uma dupla homenagem póstuma na remontagem de "A Dama de Copas e o Rei de Cubas" (Teatro 13 de Maio, a partir do dia 8): ao autor Timochenko Wehby, falecido há poucos meses, e a Antonio Carlos Kraide (1942-1983), que, há dez anos, dirigiu esta peça, com Regina Bastos, Ariel Coelho e Mara Moron. Agora, com a direção de Marcelo Marchioro, a mesma peça traz novamente ao palco a competente Regina Bastos, ao lado de Claudete Pereira Jorge e o novato Mario Schoenenberger. xxx

Pixinguinha leva nossos artistas a todo Brasil

Após ter levado seu "Vitrais" aos públicos do Rio de Janeiro, Teresina, São Luís, Belém, Santarém, Rio Branco, Campo Grande e Dourados, Rosy Greca, finalmente, apresenta oficialmente o seu disco em show que estréia nesta quinta-feira (auditório Salvador de Ferrante, 21 horas). Na verdade, o bonito disco de Rosy, produção independente, já vem sendo divulgado há quase dois meses, mas a compositora-intérprete oficialmente reservou um show, realizado com carinho profissional, para mostrar as suas novas músicas.

Um homem, uma mulher

GOMES, O EDITOR - Roberto Gomes, 41 anos, catarinense de Blumenau, curitibano por opção - aqui chegou há 20 anos - trocou uma carreira no magistério pelo difícil desafio de se tornar editor no Paraná. Num mercado em que as tentativas formam uma crônica de frustrações, a Criar Edições, é um exemplo salutar: 29 títulos lançados em quatro anos e hoje uma distribuição nacional, que fazem seus lançamentos ocuparem cada vez mais um espaço merecido.

Réquiem ao Paiol (adeus boa MPB!)

Confirmado: Curitiba pode ficar fora do roteiro de espetáculos de música popular brasileira. Com exceção de superstars (?) com esquemas milionários, a nossa cidade não tem condições de público para absorver produções voltadas à MPB, com uma proposta cultural e trazendo artistas de expressão - mas que, por diferentes razões, não se encontram nas paradas de sucesso.

No campo de batalha

Carlos Meissner Osório e Pedro Teixeira Chaves, diretores do Interamericano, recebendo merecidos aplausos: o concerto de Gerry Mulligan Quartet foi excelente, proporcionando ao público - especialmente jovens e instrumentistas da cidade - ouvir uma das legendas vivas do cool jazz. "Have'ra mais eventos semelhantes", promete Chaves, diretor cultural do CCBEU. xxx

Mário, o violão com som social

No ano retrasado, Francisco Mário mereceu todas as premiações com seu maravilhoso "Conversa de Cordas, Couros, Palhetas e Metais". Passaram-se quase dois anos para Francisco fazer um novo disco: "Pijama de Seda", a exemplo de seus três outros lps ("Terra", 1979; "Revolta dos Palhaços", 81), também uma produção independente, através de sua etiqueta Libertas (pedidos para Rua Araucária, 90/202, Rio de Janeiro - CEP - 22461).

Música

Já se passaram dez anos desde quando reunimos, de 28 de fevereiro a 2 de março de 1975, no auditório Salvador de Ferrante, 30 pesquisadores da MPB num encontro para fortalecer os esforços de pessoas idealistas que, autonomamente e sem qualquer ajuda, há anos vinham se dedicando a preservar e estudar a nossa música popular.

De gente & fatos

Salete Maria La Chiamuleta apresenta-se, hoje à noite, no Country Club, como parte de um roteiro de concertos de aquecimento que se propôs a desenvolver para adquirir maior cancha de palco e chegar ao XI Concurso Internacional de Piano Frederic Chopin em Varsóvia, em outubro, com bastante tranqüilidade. Salete já fez concertos no auditório da Biblioteca Pública e no Clube Curitiba, e vai se apreaentar, ainda: na Reitoria, dia 3, terça-feira; na Sala Scabi/Solar do Barão, dia 9; e no Auditório Salvador de Ferrante, dia l6.

Elizeth Cardoso foi humilhada no Guaíra

Elizeth Cardoso encontrava-se animadíssima para comemorar, no último domingo, 49 anos de carreira (considerando o primeiro cachê profissional de dez mil réis, recebidos pela participação num programa da Rádio Guanabara, no RJ, levada pelo inesquecível Jacob do Bandolim). Entretanto, essa data marco de uma das carreiras mais dignas da história da música brasileira foi prejudicada pela humilhação, pelo desrespeito e mesmo pela agressão de que a divina foi vítima no Auditório Bento Munhoz da Rocha Neto, na tarde da última sexta-feira.

Repercussão nacional das vaias a Elizeth

Extravasam os limites de um simples incidente os graves fatos ocorridos no auditório Bento Munhoz da Rocha Neto, sexta-feira última, quando um público mal educado recebeu com vaias, assovios, gritos e palavrões o belíssimo espetáculo de Elizeth Cardoso e da Camerata Carioca.
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br