Login do usuário

Aramis
Conteúdo sindicalizado RSS Rádio Estadual

Rádio Estadual

As dicas para candidatos segundo Marisa

Como era previsível, o período pré-eleitoral estimula edições de manuais, ensaios e mesmo teses relacionadas à comunicação, opinião pública, técnicas de marketing eleitoral etc. a bibliografia, em português com títulos traduzidos mas, especialmente obras de autores brasileiros - evidencialmente melhores conhecedores de nossa realidade - amplia-se através de produções de editores ou mesmo trabalhos independentes.

A Estadual mantém programação mas ouvintes estranham hora religiosa

A coluna em que denunciamos a mudança da programação da Rádio Estadual do Paraná - que na busca de melhor Ibope ameaçava substituir a difusão do que há de mais significativo na música (nacional e internacional) pelo brega e som de consumo, felizmente teve repercussão. A secretária Gilda Poli, da Cultura - pasta à qual está subordinada a Fundação Rádio e TV Estadual do Paraná - recortou a coluna e despachou à direção da emissora, com algumas observações. xxx

Artigo em 15.04.1992

"O objetivo é concentrar, nesta primeira etapa, os investimentos numa área específica - no caso, o teatro, para obtermos resultados mais concretos". Com esta explicação, o governador Roberto Requião descartou parte da reclamações em relação a uma pulverização dos recursos do Pipa - Programa de Incentivo Artístico, também para o cinema e música. xxx

"Parabéns, Noel" na Rádio Estadual

Com o avant-premiére de ontem, a Rádio Estadual estará apresentando todos os dias, às 12 horas, a série "Parabéns, Noel!", até a véspera do Natal. A programação é a seguinte:

Paulinho da Viola, a arte de ser o melhor da música

Entre tantos programas musicais que tem inundado Curitiba nas últimas semanas, um que adquire especial significado é a apresentação de Paulinho da Viola & Christina (de hoje a domingo, Paiol, 21h), com a participação de um grupo de instrumentistas do melhor nível.

No campo de batalha

Afinal, aprovada a produção da peça que poderá dar alguma dignidade ao TCP em 1990: "As Feiticeiras de Salem", vigoroso e atualíssimo (passados quase 40 anos de sua estréia mundial) texto de Arthur Miller, denunciando simbolicamente o Macartismo, começa a ser ensaiado na próxima semana, tão logo o diretor Marcelo Marchioro selecione o elenco. Conversações para que o galã Paulo Gorgulho - o golden boy do elenco de "Pantanal" - venha liderar o elenco (o que representará um chamariz para o público) estarão em andamento neste final de semana. xxx

Classe solidária com o injustiçado Gerson

Na próxima semana, um grupo de artistas, especialmente ligados à música popular, pedirá uma audiência ao prefeito Jaime Lerner para lhe entregar um importante documento. Trata-se de um abaixo-assinado, já com mais de 50 assinaturas, nos quais os nossos artistas solicitam ao prefeito de Curitiba informações e esclarecimentos sobre a violência e o constrangimento sofrido pelo compositor, violonista, cantor - além de administrador formado pela Universidade Católica, Gerson Bientinez.

Curitiba e os seus "operários" sonoros

Mesmo que oficialmente ninguém lembre-se de homenagear a memória de Humberto Lavalle - falecido em setembro do ano passado, aos 79 anos - o radialista, publicitário e animador cultural não será esquecido. Isto porque, ao menos dois grupos de curitibanos que cultivaram a mesma paixão de Lavalle pela ópera, ouvindo as suas árias favoritas - ou assistindo em vídeo-cassete as óperas que tanto apreciava - estarão reunidos para rememorar o grande amigo que se foi.

No campo de batalha

Ontem, ao entardecer, Micelli, o dentista/pistonista que todas as sextas-feiras, ao entardecer, inunda as proximidades do edifício Tijucas (no qual tem seu consultório) com shows-solos de standard da melhor música, ampliou seu concerto. Convocou alguns amigos, também bons instrumentistas de metais - entre os quais os pistonistas Geraldo, Guimarães e Edilmar - e da janela de seu consultório, voltado para o largo Frederico Faria de Oliveira, fez uma jaz-session originalíssima. xxx

Palito esperançoso com os novos tempos da Estadual

Palito - o Lourival Pedrassiam, radialista que sabe que o segredo de fazer uma emissora conquistar a audiência (que o diga seu trabalho na Atalaia, desde 1971 dirigindo-a em Curitiba - ver nesta mesma página) é um homem otimista. Tão otimista que acredita que, "desta vez a Rádio Estadual vai deslanchar".
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br