Login do usuário

Aramis
Conteúdo sindicalizado RSS Rafael Valdomiro Greca de Macedo

Rafael Valdomiro Greca de Macedo

Noite Vazia (II) - Músicos, órfãos da madrugada, cada vez com menos artistas

O fechamento dos bares-restaurantes Cristal e Habeas Coppus, dois dos raros endereços que, com palco, bom equipamento de som e uma grande simpatia de seus proprietários pela valorização dos melhores instrumentistas, reduz ainda mais o já estreitíssimo mercado de trabalho dos músicos no Paraná. Cadastrados na seção regional da Ordem dos Músicos do Brasil, 30 mil associados se reduzem a menos de 3 mil efetivamente tentando trabalhar no Paraná e menos de 10% conseguindo com imensas dificuldades, sobreviver apenas desta profissão.

Noite Vazia (III) - Nilo chorando com a morte da casa pela desordem na Ordem

Entre vários aspectos que o fechamento de endereços noturnos - como o Habeas Coppus e o Crystal - podem justificar numa apreciação mais ampla do que o simples registro está o da própria localização dos chamados eixos-de-animação da cidade. Desde quando presidente do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba, na gestão do prefeito Omar Sabbag - com o qual viria a romper por razões técnicas (*), o então modesto arquiteto já se preocupava em que Curitiba tivesse espaços capazes de concentrar comércios específicos, inclusive o da noite.

Se Lerner renunciar, Zelia ou Nelly podem chegar a prefeita

A possibilidade do prefeito Jaime Lerner disputar a prefeitura do Rio de Janeiro - em decorrência do domicílio eleitoral ficar reduzido em 100 dias - provocou, naturalmente, um vendaval de boatos e especulações neste período em que os partidos começam a definir seus candidatos. Ontem, pela manhã, um aspecto novo na questão - naturalmente sujeito a múltiplas interpretações - era analisado por vários experts em política: no caso de Lerner renunciar a prefeitura em junho para concorrer à sucessão do prefeito Marcelo Alencar, com todo apoio da máquina brizolista, quem o sucederá na prefeitura?

No ar, a homenagem aos melhores de nosso rádio

30 horas após a 64, cerimônia do 64ª Festa do Oscar, Curitiba também teve a sua versão tupiniquim para valorizar uma classe que tem sido cada vez mais marginalizada: os profissionais do radio. Idealizada por João Luiz Fiani, 28 anos e múltiplas experiências - ator, locutor, apresentador de programas de televisão, publicitário, etc., "Os Melhores do Rádio", nesta sua primeira edição, foi um evento marcante para destacar prefixos e, especialmente, profissionais que ainda acreditam na força do rádio.

Dias de fogo e pressão alta para Jaime Lerner

Após uma semana em que apesar de um exaustivo programa de reuniões técnicas na Alemanha não deixou de ter seu lado soft, o prefeito Jaime Lerner enfrenta agora uma carregadíssima agenda de problemas que exigem sua decisão pessoal, ágil e, sobretudo, equilibrada. Afinal, desde a questão da disputa (ou não) da Prefeitura do Rio de Janeiro - o que poderá representar a catapulta para, em menor tempo do que se espera, poder tentar a ascensão ao Palácio do Planalto - como presidente ou vice - até problemas político-administrativos que se acumulam na esfera municipal, exigirão sua atenção.

No campode batalha

Discretamente, o engenheiro Cassio Taniguchi, presidente do Instituto de Pesquisas e Planejamento Urbano de Curitiba, viajou para a Alemanha. Sua assessoria não ofereceu detalhes da viagem mas a informação é de que ele e a esposa, a empresária Marina, "viajaram de férias". O casal retorna dia 24. xxx

Politicagem na Catedral e ofensas a Cássio Taniguchi

O prefeito Jaime Lerner já admitiu a assessores e amigos mais chegados: o pretenso candidato à sua sucessão, Rafael Greca de Macedo, ultrapassou os limites suportáveis em sua ambição e inabilidade política. No domingo, por duas ocasiões, Lerner, habitualmente um homem ponderado e que consegue manter a tranqüilidade mesmo em momentos mais difíceis, viu sua pressão subir devido ao exibicionismo e total falta de elegância do ambicioso politiqueiro que deseja, a qualquer custo, ser o escolhido para disputar a prefeitura oelo PDT. xxx

Desordem do Largo expulsa o padre Júlio e dona Inge

Há mais de 20 anos que o padre Júlio Pareda é o estimado pároco da igreja da Ordem. Espanhol de nascimento, veio para o Brasil ainda jovem e como responsável por uma das igrejas mais tradicionais de nossa cidade ali se tornou uma personalidade querida. Apesar de octogenário, demonstra um vigor físico que o faz suas pregações sempre serem admiradas pelos fiéis que, mesmo com o esvaziamento progressivo que os templos católicos têm sentido, comparecem nas missas diárias e, especialmente aos domingos pela manhã.

Arzua, a competência que o Paraná não sabe aproveitar

No momento decisivo em que a discussão técnico x político se agrava para a sucessão da prefeitura, mais do que nunca o exemplo do engenheiro Ivo Arzua Pereira deveria ser lembrado pelos donos do poder.

Do lazer abandonado ao largo da desordem

A carta-denúncia de Jorge Carlos Sade (Praça Garibaldi, 85), datada de 15 de janeiro último, é a seguinte: "Dizem que a casa é a cara do dono!" A Praça Garibaldi, o dito setor histórico, seria o retrato de Curitiba? Baderneiros, drogados, bêbados, cheiradores, assaltantes, maloqueiros, botecos e bares de lixo e de luxo, putaréu, violência, despoliciamento, gangues varzeanas, ratatuia infecta e contagiosa, dia & noite-noite & dia infestam o eixo Praça da Ordem-Alto do São Francisco. Eis a Curitiba ecológica! Isso é o retrato da Prefeitura, da dita Secretaria do Meio Ambiente?
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br