Login do usuário

Aramis
Conteúdo sindicalizado RSS Rafael Valdomiro Greca de Macedo

Rafael Valdomiro Greca de Macedo

A Cultura Popular na Dança de São Gonçalo

Identificado à cultura polonesa - embora seja descendente de italianos e portugueses - o vereador Rafael Greca de Macedo voltou entusiasmado com o que observou, durante três dias, no município de Cruz Machado. No distrito de Santana, as comemorações do 75º aniversário da imigração polonesa motivaram uma série de festas populares organizadas pelo padre Daniel Niemicz, da Missão Polona-Católica no Brasil, e que há anos ali radicado tem se preocupado em preservar aspectos da cultura regional, na melhor tradição da época dos pioneiros. xxx

No campo de batalha

Mais uma prova de como José Richa desgovernava o Paraná: "The Globe and Mail", importante jornal publicado em Montreal, dedicou em sua edição de 11 de junho um suplemento de 8 páginas ao Brasil. Alí, o jornalista John King abordou o desenvolvimento do Brasil, enfocando exemplos de vários Estados. o Paraná não foi citado uma única vez - numa prova do desinteresse do governo peemedebista em saber aproveitar as oportunidades para mostrar internacionalmente o seu potencial. xxx

De Punk, Líbia e anti-semitismo entre os jovens

Até ontem os editores do jornal "Opção Cultural", José Gil de Almeida e Walter Werner Schmidt, não haviam recebido qualquer comunicação da furibunda manifestação de protesto que o vereador Raphael Grecca de Macedo apresentou na Câmara de Curitiba, dia 15 de abril, contra a publicação no número 4 deste jornal alternativo da letra um rock ("O calote do judeu"), que classifica de "altamente ofensiva aos princípios do respeito e da dignidade humana, universalmente aceitos".

Marlene na guerra contra os pedalins

Pasquale quase caiu de costas quando a vereadora Marlene Zanin, recém-chegada de longa viagem pela Europa e Estados Unidos, foi ao Passeio Público e avisou o concessionário do famoso bar que ali funciona: a recém-criada Secretaria Municipal do Meio Ambiente vai exigir a retirada dos pedalins que circulam nas barrentas águas do lago do Passeio. Razão: os inocentes pedalins estariam "interferindo no espelho d'água". (!) (?) (sic) xxx

Coquetel de suor no suicídio da Câmara

Amanhã, 2 de fevereiro, é dia de festa no mar - diz o grande Dorival Caymmi, numa de suas mais belas canções. Mas será um dia de muito fogo, na Câmara de Curitiba, com a eleição da nova mesa diretora, em pleito dos mais renhidos. Afinal, o presidente escolhido poderá ser prefeito da Capital por vários meses, assim que seja definido o calendário eleitoral e uma quase certa desincompatibilização do deputado Maurício Fruet, atual prefeito.

Horácio, o presidente

Comparando com eleições anteriores, pode-se até dizer que foi tranquila a escolha da nova mesa diretora da Câmara de Curitiba, na quente tarde de sábado, 2. Embora não faltassem protestos e acusações de parte a parte, a vitória de Horácio Rodrigues confirmou, antes de tudo, a felpudez desse vereador que há mais de 10 anos sonhava em chegar ao cargo que agora ocupará por dois anos. Quando de sua primeira legislatura, Horácio já pensava na presidência e, há dois anos, na última hora, perdeu o cargo que contava como certo.

A guerra (pouco santa) da Câmara

A vereadora Marlene Zanin, catarinense de Urussanga, há 10 anos em Curitiba, não esconde sua posição em relação à próxima eleição para a Câmara: Gosto do Horácio Rodrigues. Acho ele simpático, bom companheiro para um bate-papo, alegre e descontraído. Mas ele sabe que jamais votaria em seu nome para a presidência da Câmara. E ele respeita esta minha posição. Rafael Grecca de Macedo, do PDS (mas com um pé no PDT), também pensa assim: _ O Horácio é um tipo simpático. Meu amigo. Mas ele sabe que não terá meu voto para presidir a Câmara.

A guerra (pouco santa) da Câmara

A vereadora Marlene Zanin, catarinense de Urussanga, há 10 anos em Curitiba, não esconde sua posição em relação à próxima eleição para a Câmara: Gosto do Horácio Rodrigues. Acho ele simpático, bom companheiro para um bate-papo, alegre e descontraído. Mas ele sabe que jamais votaria em seu nome para a presidência da Câmara. E ele respeita esta minha posição. Rafael Grecca de Macedo, do PDS (mas com um pé no PDT), também pensa assim: _ O Horácio é um tipo simpático. Meu amigo. Mas ele sabe que não terá meu voto para presidir a Câmara.

As preocupações de Rafael por Camargo

Para que não o acusem de que só pensa em festas religiosas e patrimônio histórico, o vereador Rafael Greca de Macedo está defendendo a Vila Camargo. Mas não deixa de mostrar erudição histórica: _ "Nesse bairro da região Leste de Curitiba, de povoamento originado em loteamentos dos descendentes do antigo presidente do Estado, Afonso Alves de Camargo, falta tudo..."

No campo de batalha

O cineasta Sergio Bianchi telefona de São Paulo, exultante: na semana passada, finalmente, assinou contrato com a Embrafilmes, que garantirá 30% da produção de seu segundo longa-metragem. xxx O filme se chamará "Romance" e para o elenco já há duas belas atrizes definidas: Marieta Severo e Karla Camurati. Orçamento previsto é de Cr$ 700 milhões, com filmagens em Curitiba e São Paulo. xxx
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br