Login do usuário

Aramis

Artigos por data (1977)

Pedro na CIC

Um homem que nos anos 40/50 vinha muitas vezes a Curitiba, para discutir com o velho e saudoso Homero Oliva (1898-1965) os lançamentos da modestíssima Republic nos extintos cines Luz e Palácio, é hoje um dos mais influentes dirigentes da cinematografia mundial: Pedro Teitelbaum deixou a vice-presidência internacional da Unitd Artits para assumir, no próximo dia 17, a vice-presidência executiva da CIC - Cinema Internacional Corporation - e a partir de 1o de junho a presidência da empresa.

Leminski: livro para elite

Paulo Leminski, publicitário, poeta concretista, ex-seminarista e ex-hippie, é um homem de idéias e posições polemicas. Passou oito anos escrevendo "Catatau", que finalmente publicou há alguns meses.

O público & o teatro

A interpretação das estatísticas de freqüência dos auditórios Bento Munhoz da Rocha Neto e Salvador de Ferrante, relativos ao ano de 1976, ajuda a compreender as preferências do público curitibano em relação aos espetáculos.

Leminski: livro para elite

Paulo Leminski, publicitário, poeta concertista, ex-seminarista e ex-hippie, é um homem de idéias e posições polemicas. Passou oito anos escrevendo "Catatau", que finalmente publicou há alguns meses.

O público & o teatro

A interpretação das estatísticas de freqüência dos auditórios Bento Munhoz da Rocha Neto e Salvador de Ferrante, relativos ao ano de 1976, ajuda a compreender as preferências do público curitibano em relação aos espetáculos.

Artigo em 02.01.1977

Alô amiguinhos, bom dia! Aqui estamos para mais uma conversinha dominical. Estamos em fins de junho e, dentro de uma semana, vocês estarão em férias. Os cinemas estarão exibindo desenhos animados e filmes de aventura, especialmente para a alegria da garotada e também novas peças infantis estarão em cartaz.

A magnífica Reitora

Quando as férias terminarem - o que em termos de Universidade Federal do Paraná, ocorrerá dentro de poucas semanas - os delicados contatos entre os poderosos conselheiros da sexagenária instituição serão reiniciados, para o mais importante evento previsto para o primeiro semestre: a elaboração de lista sêxtuplo de candidatos aos disputados cargos de reitor e vice-reitor. xxx

Ed Maciel, o trombonista

Apesar de seus múltiplos compromissos no Rio de Janeiro - onde é primeiro trombonistas da Sinfônica Brasileira, de uma orquestra de televisão e um dos mais disputados instrumentistas para gravações em todos os estúdios, o maestro Ed (mundo) Maciel, 49 anos, 32 de vida profissional, acabou estendendo sua permanência em Curitiba até ontem a tarde.

O autógrafo de Ângela

Dona Julia, a simpática (embora nem sempre bem humorada) proprietária do restaurante Matterhorn, tem um livro de autógrafos de personalidades que já experimentaram as delícias (nem sempre) de sua cozinha, onde um autógrafo, colocado numa noite do inverno de 74, adquiriu agora sentido histórico.

Lupion, mito & verdade

Passados quase 15 anos da perseguição desencadeada contra o ex-governador Moisés Lupion, o nome do homem que por dois períodos dirigiu o Paraná ainda continua a ser lembrado, de forma negativa, por alguns jornalistas.

Praias, macumba & exploração

Os fotógrafos e cinegrafistas (em super-8) que, na noite de 31 de dezembro, desejavam registrar os folclóricos rituais em homenagem a Iemanjá, na praia de Guaratuba, não tiveram necessidade de utilizarem flashes. Prova de que a macumba sofistica-se cada vez mais, num dos pontos da praia, exatamente diante do antigo hotel da Associação Prosdócimo, um liquinho oferecia extraordinária iluminação - contrastando inclusive com a bruxuleaste luz das velas tradicionais - no ritual dos umbandistas. xxx

Juarez, Castelo & lições

Juarez Machado vai sendo cada vez mais consumido pela publicidade. Em filmes de televisão, anúncios em revistas e posters espalhados por lanchonetes e bares de todo o Brasil está anunciando agora um novo produto da Batavo: "Milk" . Nos últimos meses, o artista catarinense tem sido assediado por muitos clientes para criar e utilizar mesmo a sua imagem em diferentes produtos. O bom Juarez procura selecionar os anúncios, para evitar um desgaste maior do tipo que criou na televisão: um humor poético e surrealista numa linha de Marcel Marceaú.

Audálio o repórter

Em dois anos de presidência do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado de São Paulo, Audálio Dantas transformou-se num líder nacional. Equilibrado, de amplo diálogo, buscando o entendimento e a compreensão, Audálio tem conseguido vencer as mais difíceis crise e, principalmente graças ao seu comportamento admirável, evitou problemas maiores. Embora absorvido pelas difíceis funções sindicais, Audálio, alagoano de Tanque D'Arca, 48 anos, 27 de jornalismo, não abandonou a profissão.

Tango-77 no Guaira

Em 1976, as duas rápidas temporadas de "Uma Noite em Buenos Aires" bateram recordes de público e renda no auditório Bento Munhoz da Rocha Neto, motivo mais do que suficiente para estimular que empresários tragam, em 1977, novos espetáculos de tango a Curitiba. E o primeiro deles, "Tango Para El Brasil", estréia dia 2 de março, naquele auditório, com temporada prevista para 5 dias.

Erondy na FPF

Como não é apenas o futebol que é a "caixinha de surpresas" das folclóricas declarações dos craques após as partidas, também a eleição para a Federação Paranaense de Futebol pode ter tantas surpresas quanto um bom mágico consegue num "show".

Quem não quer a FPF

Apesar do apoio encontrado em ponderáveis áreas do esporte paranaense, o empresário Erondy Silvério não aceitou a idéia lançada por um grupo, para concorrer (com amplas chances de vitória) à presidência da Federação Paranaense de Futebol. Homem habilidoso, com larga experiência no movediço campo da política, Erondy acha melhor não deixar, de momento, os seus prósperos negócios, que exigem sua atenção para aventurar-se em brigas esportivas - principalmente considerando a ingerência na FPF de áreas do executivo estadual e mesmo federal. xxx

As crônicas de Pedro

Enquanto livros lançados em Curitiba, apesar de seu valor, permanecem obscuros, pela falta de atenção das entidades que promovem as edições, autores catarinenses sabem como promover nacionalmente seus trabalhos. O promotor Enéas Athanasio, de Canoinhas,SC, vem tendo seus contos publicados em revistas de circulação nacional, enquanto seus livros obtém também excelente cobertura.

Música I

Antes que muitos estranhem a ausência de grupos corais da cidade no II Encontro Nacional de Correios, promoção paralela ao IX Festival Internacional de Música é bom que se explique: o organista e regente Samuel Kerr, uma das mais simpáticas figuras do evento, idealizador, aliás, do encontro, em 1974 (e do que resultou inclusive a criação da Associação Brasileira de Corais) preocupou-se em que a chamada "prata da casa" se fizesse ouvir.

Música II

Paralelamente ao crescente movimento musical dos jovens da cidade, estimulados inicialmente pelo MAPA e agora já em grupos isolados, aparecem também compositores e interpretes da cidade que, transferidos para São Paulo, há poucos anos, conseguem fazer seus primeiros compactos. Na semana passada, registramos o aparecimento do curitibano Hylton Júnior, com duas músicas próprias, lançadas em compacto simples da Continental. Agora, outro curitibano, Carlinhos Faria, volta a cidade, para catituar seu primeiro disquinho. xxx

Como é mesmo o seu nome?

Desde que o folclorista Mauro Souto Maior, do Instituto Joaquim Nabuco de Pesquisas Sociais, de Recife, publicou o seu originalíssimo "Nomes Próprios Poucos Comuns", exaustivamente analisado nesta coluna, há 3 anos passados, muitos outros pesquisadores passaram a investigar os nomes diferentes, originais, atribuídos a brasileiros de todos os quadrantes. Os srs. Fernando Vasconcellos e Izidro Constantino Guedes, que vem editando em Castro uma bem imprensa revista ( "V U P ", n.
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br