Login do usuário

Aramis

Artigos por data (1989 - Fevereiro)

Bernadete faz em Paris música para o ano 2000

Curitiba poderá sediar uma das mais avançadas experiências na área do ensino da música contemporânea, voltada especialmente para crianças e com a utilização de tudo que há de moderno em recursos eletroacústicos. Bolsista da Capes há três anos, Bernadete Zagonel, professora da Escola de Música e Belas Artes do Paraná, quer desenvolver em Curitiba um trabalho num estúdio-escola para realização de música eletroacústica.

O contemporâneo que mais discutido do que escutado

O trabalho que a curitibana Bernadete Zagonel - (assim como o violonista e compositor Francisco Mello, este estudando na Alemanha) - poderão desenvolver em Curitiba, quando retornarem, se insere nas correntes mais avançadas da criação sonora. Em conseqüência são propostas que dependem - e muito - de condições especiais para serem concretizadas, pois o campo da chamada música contemporânea é ainda restritíssimo, não só no Brasil mas mesmo em outros países.

Um pioneiro no vídeo

Nove documentários de curta e média-metragens de Syvio Back estão sendo lançados em vídeo, como também o livreto "No Cinema Inoculado" - uma edição de 1500 exemplares a propósito de lançamento dos documentários, reunidos em 3 módulos de cerca de 75 minutos cada um. A publicação e o lançamento de documentários em vídeo são inéditos no país. A iniciativa, da CDI - Cinema Distribuição Independente, de São Paulo, abre o inédito projeto "Cinevídeo", que visa, com apoio da Fundação Ford, tornar acessível em vídeo a melhor produção de documentários brasileiros.

Fundacen vai parar com a saída de 200

A exemplo do que destacam os funcionários da Funarte, também a Associação dos Servidores do Inacen admitem que são legítimas, necessárias e salutares as medidas de enxugamento da máquina administrativa, "extinguindo cargos, empregos, funções, órgãos e instituições inúteis, insignificantes ou obsoletas". Entretanto, os empregados da Fundacen - ex-Instituto Nacional de Artes Cênicas, ex-Serviço Nacional do Teatro - alegam que não se enquadram "nestas especificações".

Os nossos sambas-de-enredo improvisados na hora final

Com exceção da Escola de Samba Embaixadores da Alegria, a mais antiga (42 anos) da cidade, todas as agremiações carnavalescas da cidade só lembraram-se "em janeiro de que o regulamento do desfile oficial nas noites de sábado e domingo exige que sejam apresentados os sambas-de-enredo originais ligados ao tema abordado pela escola". Resultado: nas últimas três semanas os (poucos) compositores da cidade, ligados ou não às escolas, foram caçados a laço para improvisarem os sambas-de-enredo que estarão em julgamento neste Carnaval.

Foram poucos os demitidos na Secretaria de Cultura

Na generosidade com que encara as atividades culturais o prefeito Jaime Lerner poupou bastante os quadros da Secretaria Municipal de Curitiba/Fundação Cultural de Curitiba - hoje com 385 funcionários e dos quais apenas 30 foram demitidos. Se não fosse a visão com que o arquiteto Lerner sempre encarou as coisas culturais por certo o setor poderia ter feito um enxugamento maior, mas, considerando o espraiamento das funções nascidas da primitiva FCC hoje para 40 unidades, o quadro sofreu poucos cortes.

Na hora de gravar, seja nacionalista

A salutar disputa da audiência de um público que está se ligando cada vez mais aos bons filmes apresentados pela televisão está provocando um boom na venda de fitas virgens. Afinal, a cada semana surgem excelentes filmes nas diferentes cadeias nacionais de televisão, trazendo não só sucesso recentes - sucessos de bilheteria - mas, principalmente clássicos da sétima arte. Com a chegada dos filmes colorizados por computador a produção anterior a 1950 que era desprezada para os horários nobres começa também a ganhar excelente audiência estimulando suas gravações em vídeo para futuras revisões.

O esvaziamento da Funarte com as demissões previstas

Num telex de mais de 300 linhas, a Associação dos Funcionários da Fundação Nacional de Artes analisa profundamente a questão das demissões e mostra o impacto que a perda de 102 dos atuais 420 funcionários terá nos programas desenvolvidos pelos diversos Institutos e Centros que compõem a Fundação. Em dez anos, a Funarte teve um crescimento de funcionários de apenas 14,4%, embora neste período várias unidades tenham se desenvolvido realizando um trabalho realmente produtivo. Na parte inicial do texto, é feita uma interessante observação.

Uma diretoria que pode ser extinta

Uma boa sugestão levada ao secretário René Dotti, da Cultura, e que se tiver sua boa vontade poderá fazer com que o governador Álvaro Dias enxuge a administração da Fundação Teatro Guaíra sem causar maiores traumas: a eliminação do cargo de Diretor de Programação e Artes. Vago desde o dia 1 de janeiro, quando a jornalista Lúcia Camargo, que ali se encontrava desde abril de 1987, tomou posse como Secretária Municipal de Cultura, o cargo pode ser suprido, perfeitamente, por uma ágil assessoria, diretamente subordinada ao diretor superintendente.

Cinema para ler

A bibliografia de cinema em português tem crescido, conforme aqui registramos na semana passada, em vários setores: biografias, ensaios e mesmo roteiros de filmes. Este último, pela sua própria especificidade, é ainda o que menos entusiasma os editores, pois só os que realmente se interessam por cinema - inclusive com sonhos profissionais de se tornarem roteiristas ou diretores - é que buscam volumes que tenham a transcrição de toda a parte escrita de um filme.

"Pagu" queimada entre as reprises neste carnaval

Apesar do carnaval ser um período de vacas magríssimas para os cinemas - com a cidade se esvaziando pela metade enquanto a outra prefere bailes (e mesmo desfiles de nossas pobres escolas de samba) do que as imagens das salas escuras, há algumas mudanças na programação. Nada de especial mas que pode servir de opção a quem ficar na cidade e não desejar ter apenas imagens carnavalescas a sua frente.

A Sanepar explica viagem do técnico. E as outras?

Pela primeira vez um órgão público tem a dignidade de encaminhar um esclarescimento sobre a razão pela qual um de seus técnicos viajou ao Exterior com mordomias oficiais. Normalmente não há o menor comentário oficial em relação às viagens de servidores do Estado que, com mais ou menos vantagens, saem do país, para participarem de cursos, seminários congressos, etc. - muitos dos quais de discutível necessidade.

No campo de batalha

Uma única presença cinematográfica do carnaval nas telas da cidade: o cine Ritz está exibindo o curta "Só no Carnaval", de Eunice Gutman, que focaliza, com bom-humor, um bloco de sujos formado por séros cidadãos que costumam vestir-se de mulher para sair nas ruas do Rio de Janeiro. ***

Depois da poesia de Manoel, Joel descobre Sucksdorf

O cineasta Joel Pizzini Filho aproveitou bem os dias que passou em Curitiba na semana passada. Começou fazendo uma sessão especial de "O Inviável Anonimato do Caramujo-Flor ou A/C de Manoel de Barros", que lhe valeu três premiações no XXI Festival do Cinema Brasileiro de Brasília. A sessão foi para Sérgio Reis, diretor de marketing do Bamerindus, que confiando no talento de Pizzini, foi quem liberou os recursos que possibilitaram a produção do filme - que ainda não tinha visto.

Premiado com o Oscar, amigo de Kubrick, hoje é esquecido

Neste sábado de Carnaval, 4 de fevereiro, Arne F. Sucksdorf completou seus muito bem vividos 72 anos. Há duas décadas Arne vive, anonimamente em Cuiabá, em companhia de sua esposa, índia, que conheceu no Pantanal, quando ali, extasiado pela natureza, permaneceu praticamene acampado por 12 anos.

E na noite dos carangueijos o vento levou o teto do Guairão

Para uma futura história do teatro do Paraná, nos aspectos pitorescos do Guaíra: na noite de sexta-feira, 13 de janeiro (só faltava ser agosto) o auditório Bento Munhoz da Rocha Neto foi alugado por 32 OTN's para a solenidade de formatura da Faculdade De Plácido e Silva.

No campo de batalha

Paralelamente ao júri oficial, um segundo júri - formado por pessoasl ligadas a música e o Carnaval - estará atuando hoje à noite na avenida. É o júri da Rádio Independência que outorgará à melhor escola de samba do grupo A o "Estandarte de Ouro", original criação do escultor Luiz Cagliostro. ***

Manoel de Barros, o enlouquecedor de palavras

Como aconteceu com Cora Coralina (Ana Lins dos Guimarães Peixoto Bretas, Goiás Velho, 1889 - Goiânia, 10/04/1985), cuja imensa e bela obra poética só foi descoberta quase no final de sua vida, outro poeta do Centro-Oeste - o advogado e fazendeiro Manoel de Barros é, aos 72 anos, completados no último dia 9 de dezembro, desconhecido ainda do grande público.

Até Braginha não tem mais vez no Carnaval

No salão nobre do Fluminense E.C., no Rio de Janeiro, na noite de 28 de novembro de 1988, após a homenagem prestada ao grande modinheiro Paulo Tapajós - por sua indicação ao Guiness Book of Records, como o mais antigo radialista em atividade no mundo (60 anos de ininterrupto trabalho, da estréia em abril de 1928 à produção atual do Projeto Minerva), o grande Braguinha encontra Albino Pinheiro, fundador e presidente da Banda de Ipanema, carnavalesco e grande animador cultural.

Em disco, só o reggae e sucessos do passado

A decadência da música de Carnaval foi tamanha na relação de desinteresse em gravá-la e divulgá-la que só mesmo em discos de montagem é que aparecem algumas referências. Para aproveitar o marketing de vendas que o nome Xuxa representa a Sigla montou "Carnaval dos Baixinhos", mas no qual a loira apresentadora não comete interpretações canoras. O repertório é formado por sucessos de conjuntos e intérpretes infantis (Trem da Alegria, Patrícia, a dupla Juba & Lula, etc.) em 29 canções executadas de forma ininterrupta - dando ao disco o único destino: matinês carnavalescas infantis.
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br