Login do usuário

Aramis
Conteúdo sindicalizado RSS Caetano Velloso

Caetano Velloso

"Ivanpirismo", o terror de Cardoso

No diversificado programa do 19o. Festival de Gramado (5 a 10 de agosto) haverá o lançamento de mais três livros para ampliar a bibliografia do cinema brasileiro: "Ivampirismo - O Cinema em Pânico" de Ivan Cardoso e R.F. Lucchetti, "O Acendedor de Ilusões" de Joaquim Alves e o catálogo "Cinema Gaúcho Anos 80 - Um Olhar Sobre Década". Com isto já passam de vinte novos títulos sobre cinema editados bibliografia deverá superar a expressiva produção do ano passado, que passou dos 50 títulos, entre trabalhos de autores brasileiros e traduções.

Melhora o nível das músicas nas novelas

Na estimulante briga de audiência, as telenovelas estão reciclando suas trilhas sonoras. Longe vai o tempo em que as canções-temas eram escolhidas apressadamente, na base do "gosto" dos diretores das séries que buscavam, antes de tudo, promover e divulgar certos lançamentos - de discutíveis méritos. Embora, naturalmente, a inclusão de uma canção numa telenovela em horário nobre signifique uma catipultuada para o sucesso, hoje se busca o nível artístico sempre que possível.

Em câmera lenta, o grito do amor ao teatro parado no ar

É um hino de amor ao teatro. Um hino lancinante, profundo, absolutamente sem concessões digestivas mas que se acrescenta a outros (bons) momentos em que o teatro se volta ao redor de seu mundo e magia. Assim é "Eu, Feuerbach" (auditório Bento Munhoz da Rocha Neto, até o dia 2 de fevereiro, 21h), uma montagem tão vigorosa quanto (pode ser) polêmica que acontece em Curitiba - e que, perdoem o chavão, abre com chave de ouro (sic) este ano teatral.

Geléia Geral - Cazuza, Lulu, bandas etc.

Autor de duas das músicas mais executadas (e de boa qualidade) em 1988 - "Faz Parte do meu Show" e "Brazil" (ambas superpromovidas pela trilha da telenovela "Vale Tudo"), Cazuza ganhou já dois Discos de Ouro. O segundo por mais de 100 mil cópias vendidas em poucas semanas de seu "O

IV FestRio decolou; um Boeing de imagens visuais está no ar

"Freedom Cry", novo filme de Sir Richard ("Ghandi") Athenborough, que tem por tema os conflitos raciais na África do Sul, não pode vir para a abertura, hors concours do IV Festival Internacional de Cinema, Televisão e Vídeo do Rio de Janeiro (Sala Glauber Rocha, Hotel Nacional), mas a substituição foi à altura: "Au Revoir Les Enfants", o emotivo filme que marca o retorno de Louis Malle a França após 11 anos de EUA - e que recebeu o Leão de Ouro no Festival de Veneza, há apenas dois meses.

Na mostra do vídeo, até Hiram fez o seu "marketing" político

Rio de Janeiro - O publicitário Hiram Pessoa de Mello é, pelo visto, o único paranaense que está aproveitando a mostra de vídeo que se realiza no 2º andar do palácio das convenções do Hotel Nacional, para fazer a sua badalação.

Final sem protestos mas atrasos e algumas gafes

Com muito humor e informalidade, Ney Sroulevich assumiu os imprevistos: - É aquela história! A gente programa tudo, planeja, mas na hora afinal acabam acontecendo os fatos inesperados. O importante é que estamos aí.

As gatinhas & gatões da 3M (mas só bonitas no visual)

Investir em gente jovem - de preferência bonita. Esta parece ser a filosofia do veterano Moacyr Machado, diretor artístico da 3M, a nova etiqueta que está buscando sua fatia do mercado com lançamentos maciços. Com quatro diferentes selos, para cobrir diferentes segmentos, esta nova marca tem abrigado, generosamente, gente que poderá até alcançar seu espaço nas programações mais tolerantes mas que, de princípio, assustam um pouco.

Denise/Elis, o canto do gesto

"Quando, certa manhã, acordei e ouvi um pássaro cantar, compreendi bem: já não tinha mais medo da morte. Porque nada me poderá faltar. Se eu mesmo faltar. Então consegui me alegrar com todos os cantos dos pássaros depois de mim"(Bertolt Brecht, 1898-1956) Ao longo de exatos 70 minutos, só uma vez se ouve a voz humana. Em gravação, justamente a poesia de Brecht - acima transcrita - na qual o mais admirável dos dramaturgos contemporâneos fala de amor, pássaros e vida.
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br