Login do usuário

Aramis
Conteúdo sindicalizado RSS LECI BRANDÃO

LECI BRANDÃO

No campo de batalha

A compositora e cantora Leci Brandão (da Silva), que pelo quarto ano consecutivo foi uma das comentaristas dos desfiles do grupo especial, no Rio de Janeiro, na transmissão da Globo, voltou a ser a campeã na repetição de uma palavra que adora usar: comunidade. Em qualquer intervenção, a sambista recorria a esta palavra, contagiando até o correto coordenador William Bonner, que acabou também repetindo inúmeras vezes o mesmo termo. xxx

No campo de batalha

Juca Novaes é um dos principais animadores da vida musical do Interior de São Paulo. Paulista de Avaré, fez a mostra que há 7 anos promete em sua cidade alcançar dimensão nacional, crescendo em qualidade a cada ano. Mas Novaes é também inspirado compositor-cantor já tendo participado de várias edições do Fercapo (Cascavel) e agora reúne suas bonitas músicas num elepê independente, "Encontro das Águas", dividido com o parceiro Eduardo Santana - e que será lançado segunda-feira, dia 5, no Bar Vou Vivendo, o templo da MPB na noite Paulistana. xxx

Funarte vai à luta e lembra Assis Valente

Para não ser acusada de imobilismo - num momento grave no qual está sem recursos e com riscos de ter mais de 60% de seu pessoal demitido - a Fundação Nacional de Arte não ficou apenas nos protestos contra a ameaça das demissões - aliás, a exemplo do que aconteceu em vários outros setores do Ministério da Cultura após 15 de janeiro.

Sambistas & pagodeiros

JORGINHO DO IMPÉRIO (RGE) - Filho e herdeiro das melhores tradições musicais de Mano Décio da Viola, Jorge Antônio Carlos, o Jorginho do Império, tem mais de 30 anos de quilometragem de samba.

Meirelles, o menino da Mangueira cresceu

"Um menino da mangueira/ recebeu pelo Natal Um pandeiro e uma cuíca Que lhe de Papai Noel/ Um mulato sarará Primo-irmão de dona Zita E o menino da mangueira foi correndo organizar Uma linda bateria Carnaval já vem chegando/e tem gente batucando São meninos da mangueira..." Há 14 anos, Sérgio Cabral criava uma belíssima letra para um samba de Rildo Hora, em homenagem a "Os Meninos da Mangueira".

Artigo em 15.02.1987

Não há dúvida de que os homens de marketing da WEA merecem aplausos. A forma com que a gravadora dirigida por André Midani atinge o público-alvo - (os jovens) é capaz de transformar qualquer grupo de rock em um bom vendedor de discos, muitas vezes fazendo o sucesso ultrapassar as expectativas. Por exemplo, há 3 anos, foi o Kid Vinil, na armação de "Sou Boy", que teve boas vendagens em seu lançamento catapultando a carreira de Vinil, que hoje está agora na 3M, com outro grupo mas a mesma forma de consumo musical.

Os bons LPs de Zanini para o Inverno & Verão

Romualdo Zanoni é um exemplo de empresário da noite. Dono de um dos mais sofisticados restaurantes de São Paulo ("Inverno & Verão") não se limita a apresentar em sua casa os melhores shows da música popular brasileira. Assim é que há mais de um ano vem produzindo discos com tiragem exclusiva para distribuir aos seus clientes. Sempre que possível, a gravação é feita ao vivo, um mês antes da estréia do artista, a tempo de que o álbum seja lançado na noite em que o mesmo começa com a temporada.

A harpa de Andreas para renovar o som

Saudável revigoramento sonoro. Ao lado dos estimulantes projetos eletro-acústicos desenvolvidos por Jean-Michael Jarre ("Zoolook", Polygram) temos outro jovem da maior inventividade que começa a ser assimilado pelo público brasileiro. "Andreas Vollenweider, 32 anos, suíço de Zurich, que comum a harpa elétrica, completa com o instigante e desafiante "White Winds" (CBS, julho/85) a trilogia que começa com LP "Behind The Gardona"..." e "Caverna eletrônica "é um instrumentos que traduz luz e calor", como ele próprio explica.

A melhor música na Semana

Egberto Gismonti, compositor e instrumentista da maior importância da música contemporânea - e não apenas popular e brasileira, mas atingindo já uma esfera internacional, está na cidade, para, a partir de hoje, fazer uma importante temporada (Auditório Bento Munhoz da Rocha Neto, hoje a domingo, 21 horas), com o seu conjunto Academia de Danças, mais a participação especial de Marlui Miranda, vocalista, compositora e também violonista. Reportagem a parte detalha o show de Egberto, que merece nossa recomendação integral.
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br