Login do usuário

Aramis
Conteúdo sindicalizado RSS EMI/Odeon

EMI/Odeon

Vocalistas

Dick Farney (Farnésio Dutra e Silva, Rio de Janeiro, 14 de novembro de 1921) é um artista que nos últimos 30 anos tem mantido uma faixa muito específica e sofisticada de público: os consumidores da música romântica, ao estilo americano, da qual sempre foi um dos grandes divulgadores.

Luis Américo

Depois de "Filho da véia"e "Casa cheia", sambas que tiveram relativa carreira, Luís Américo retorna com um novo samba que tem todas as características de fácil agrado pelo público: "Carta de Alforria", em parceria com Braguinha,um dos temas da novela "A Viagem"(Rede Tupi de Televisão), o que garante uma boa promoção ao novo lp do autor de Camisa 10": Feliz da vida". No outro lado do CS, aparece "Não Cato a Quirela", também em parceria com Braguinha. xxx

História da BN em 3 lps

Dezesseis anos após sua eclosão - o 78 rpm da Odeon, em que o baiano João Gilberto cantava "Chega de Saudade" (gravado em 1958, no lp "Canção do Amor Demais" por Elizeth Cardoso), a Bossa Nova é revisitada num álbum de três elepês, mais um bem diagramado e ilustrado folheto, tudo sobre a produção segura do admirável Aloysio de Oliveira, que se não foi o pai-da-criança BN, foi ao menos quem a ensinou a caminhar sobre as rodas - isto é sobre os discos.

Nesta semana do Free Jazz, o melhor do novo e antigo

O sucesso da terceira edição do Free Jazz Festival (Hotel Nacional, Rio de Janeiro, até amanhã; São Paulo, Anhembi, de 8 a 13) trouxe, naturalmente, o maior impulso as gravações de jazz, repetindo-se o que havia acontecido em 1978, quando do I São Paulo - Montreaux Jazz Festival, que engordou o mercado jazzístico nacional com mais de cem exemplares - infelizmente o mesmo não repetindo-se nos eventos posteriores.

Piazolla, Clara & Paulo

Dois concertos imperdíveis, maravilhosos, daqueles que nos reconfortam com a vida, nesta quinta-feira, o homem que renovou a música instrumental não só de seu país, a Argentina, mas de toda a América Latina: Astor Piazolla. É a segunda vez que Piazolla vem a Curitiba (auditório Bento Munhoz da Rocha Neto, 21 horas) e, como sempre, impossível prever o que será visto/ouvido, pois Astor se renova sempre, recria-se a cada nova apresentação embora o público espere sempre alguns de seus (muitos) clássicos.

Geléia Geral

Discípula assumida de vozes maiores como Billie Holiday, Sarah Vaughan, Dinah Washington, entre outras, Nancy Wilson, 50 anos, 27 de carreira, chega ao 50º elepê ("Forbidden Lover", CBS), após cinco anos de afastamento voluntário. Em dez faixas, as mais fortes experiências sonoras. A canção-título traz um dueto de Nancy com Carl Anderson e já ganhou destaque na programação.

Cinema I fechou, faz frio e só acontecem 3 estréias

Uma semana fria, Não apenas a temperatura que cai na madrugada abaixo de zero, fazendo com que só os bravos se disponham a sair à noite para ir ao cinema (e com isto ganham as locadoras de vídeo), mas também no que concerne aos lançamentos: três estréias, das quais uma é realmente importante - "Anjos do Arrabalde - As Professoras", de Carlos Reichenbach, o grande premiado no XV Festival de Cinema Brasileiro de Gramado: melhor filme, melhor atriz (Betty Faria) e melhor atriz coadjuvante (Vanessa Alves).

Terminou o Free. Agora começa o IV Festival!

A idéia já chegou a ser discutida em algumas reuniões da diretoria do Blue Note Jazz Club: realizar um festival de jazz em Curitiba. Claro que dentro das possibilidades locais, com alguns solistas e conjuntos nacionais que fazem música criativa. Há quem pense, até, em tentar viabilizar uma extensão do Free Jazz, em sua 4ª edição, no auditório Bento Munhoz da Rocha Neto, considerando a proximidade com São Paulo - e o fato de os músicos, inclusive as atrações internacionais, ficarem vários dias ociosos, esperando as datas de participarem da segunda etapa do evento.

O som que agrada muitos paladares

O Free Jazz trouxe estrelas consagradas e reconhecidamente identificadas ao tradicional - como a cantora Sarah Vaughan e o baterista Art Blakey, que à frente do seu Jazz Messengers vem, há mais de 30 anos, revelando alguns dos maiores talentos da música americana. Houve também a oportunidade de, pela primeira vez no Brasil, se conhecer uma orquestra que foge das convenções tradicionais - a de Gil Evans, que afora (poucas) gravações, limita suas apresentações na Sweet Basil, um dos mais fechados clubes de jazz em Nova Iorque.
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br