Login do usuário

Aramis
Conteúdo sindicalizado RSS Maria Nicolas

Maria Nicolas

Dona Maria Nicolas, a alma de Curitiba

Curitiba perde a poeta, a escritora, a pintora, a professora. Perde mais: um pouco da sua História, de seu passado. Não há quem substitua dona Maria.

Crianças, cores e poesias na cidade

Poeta e publicitário, Reinoldo Atem, 35 anos, trocou altos salários do artificial mundo da propaganda para se dedicar àquilo de que mais gosta: a poesia. E vem coordenando a Feira do Poeta, que, aos domingos, movimenta a Praça Garibaldi. xxx

A alma da cidade na menina Maria

Quem foi John Elliot? Porque José Alcides de Lima tem o nome perpetuado numa rua? Dezenas de perguntas como essas seriam praticamente impossíveis de terem respostas se não fosse o idealismo, empenho e entusiasmo de uma das mais admiráveis curitibanas, em resgatar os dados biográficos de todos os patronos de ruas e logradouros de Curitiba.

Poetas deste nosso Paraná

Quem são os poetas paranaenses? E quantos?

Artigo em 22.09.1983

A preocupação estética pelo corpo é maior do que a crise. A prova disto é o número de novas academias inauguradas na cidade nos últimos meses. Uma das mais modernas e sofisticadas começou a funcionar há poucos meses e já conta com dezenas de alunos: é a Condor Gym, pertencente a Egom Prim, 42 anos, há 28 anos na área do halterofilismo e musculatura - atividades que desenvolve paralelamente as suas funções na área do cinema (é o executivo da United Internacional Pictures no Paraná).

No campo de batalha.

O agrônomo Roulien Basaglia, homem que já ocupou muitos cargos públicos, é o novo assessor especial da presidência da Cobal no Paraná. E está funcionando na Rua Emiliano Perneta, 10, 14o andar - fones 234-4440 e 234-4333. Xxx

No campo de batalha

A professora Maria Nicolas, personalidade das mais admiráveis de nossa cidade, soube através de uma amiga, que leu no "Diário Oficial", que o vereador João Baptista Gnoato, apresentou projeto de lei lhe concedendo o título de vulto emérito de Curitiba.

A mulher & as ruas

Sem a égide da Fundação Cultural de Curitiba - que alegou as mais diversas razões para não editá-lo oficialmente - mas tendo subvenção municipal, tanto é que a foto do prefeito Saul Raiz ocupa a terceira página, com a legenda "a quem se deve a editoração", afinal saiu o 2º volume de "Almas das Ruas" da professora Maria Nicolas. Nestas alturas, pouquíssimas pessoas lembram-se do 1º volume lançado em 1969, em papel jornal, também na época com patrocínio da Prefeitura. xxx

Memória Parlamentar

O Centro de Documentação e Informação da Câmara dos Deputados, em Brasília, está dando um bom exemplo em favor da preservação da memória nacional: vem lançando, com bastante regularidade, volumes enfeixando a ação parlamentar dos homens mais lúcidos que passaram pela casa, não só na República mas também no Império.

De gente, fatos & coisas

Surge mais uma compositora no Paraná: a advogada Vera Vargas, irmã do deputado Túlio Vargas, decidiu tentar um novo campo da criação artística e mesmo sem executar nenhum instrumento, está fazendo músicas populares. A primeira safra já levou ao Rio, entregando ao produtor Adelzon Alves, paranaense há 15 anos radicado naquela Capital, produtor do programa de maior audiência na madrugada carioca (Rádio Globo) e que tem estimulado muitos talentos. Adelzon gostou das músicas de Vera e prometeu que vai tentar colocar ao menos uma delas num dos próximos discos que produzirá na Odeon.
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br