Login do usuário

Aramis
Conteúdo sindicalizado RSS Rafael Valdomiro Greca de Macedo

Rafael Valdomiro Greca de Macedo

A boa arte nos cem anos do Curitibano

Com toda razão o advogado Constantino Viaro pode respirar aliviado e tomar um merecidíssimo scotch quando o pianista e maestro Luiz Loy iniciou os acordes de uma dolente valsa já no começo da madrugada de sábado: afinal, as comemorações  do baile do centenário do Clube Curitibano haviam corrido dentro de fluxograma demoradamente pensado pela diretoria.

Luís, um forte arquiteto que não joga na equipe de Lerner

A filiação do arquiteto [Luis] Forte Neto ao PST, na semana passada, não só trouxe mais um nome na salada russa da sucessão municipal como fez com que, novamente, o prefeito Jaime Lerner tivesse alguns graus a mais em sua temperatura - que em momentos de irritação atinge pontos preocupantes. Embora, para as hostes lernistas, o nome do arquiteto Forte neto para uma eventual composição entre o PMDB-PST, encabeçando uma chapa à Prefeitura de Curitiba, não chegue a preocupar em termos de votos, uma coisa é certa: as relações entre os dois arquitetos nunca foi das mais cordiais.

Afinal, o Paraná tem agora o grande dicionário histórico

Na noite de segunda-feira, 13, ao encontrar-se com a Secretária Gilda Poli, da Cultura, no jantar em que o governador Roberto Requião comemorou no Palácio Iguaçu o lançamento do Projeto Pipa programa de Incentivo à produção Artística, o advogado Luis Roberto Nogueira Soares, deu mais uma prova de sua [modéstia] e paranismo: falando a Professora que ocupa hoje a pasta da qual ele foi o primeiro titular, lhe disse que a Secretária poderia ainda nesta administração - fazer uma segunda edição, "revista e naturalmente ampliada", de uma obra que ainda não teve lançamento oficial: "Dicionário Hist

Em uma centena de boletins, um pouco das memórias de Curitiba

Quando, em julho de 1974, então dividindo com o advogado Constantino Viaro e o arquiteto Alfredo Willer a direção da recém implantada Fundação Cultural de Curitiba, tivemos a idéia de criar uma publicação ágil, econômica e que pudesse divulgar diferentes textos ligados a Curitiba, Valêncio Xavier, homem de TV e pesquisador, que havia sido convidado para nos assessorar (*), trouxe uma idéia das mais oportunas: "Várias gerações de curitibanos colecionaram as figuras das Balas Zequinha mas nunca ninguém se preocupou em pesquisar quem criou o personagem, como ele surgiu".

Noite Vazia (II) - Músicos, órfãos da madrugada, cada vez com menos artistas

O fechamento dos bares-restaurantes Cristal e Habeas Coppus, dois dos raros endereços que, com palco, bom equipamento de som e uma grande simpatia de seus proprietários pela valorização dos melhores instrumentistas, reduz ainda mais o já estreitíssimo mercado de trabalho dos músicos no Paraná. Cadastrados na seção regional da Ordem dos Músicos do Brasil, 30 mil associados se reduzem a menos de 3 mil efetivamente tentando trabalhar no Paraná e menos de 10% conseguindo com imensas dificuldades, sobreviver apenas desta profissão.

Noite Vazia (III) - Nilo chorando com a morte da casa pela desordem na Ordem

Entre vários aspectos que o fechamento de endereços noturnos - como o Habeas Coppus e o Crystal - podem justificar numa apreciação mais ampla do que o simples registro está o da própria localização dos chamados eixos-de-animação da cidade. Desde quando presidente do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba, na gestão do prefeito Omar Sabbag - com o qual viria a romper por razões técnicas (*), o então modesto arquiteto já se preocupava em que Curitiba tivesse espaços capazes de concentrar comércios específicos, inclusive o da noite.

Se Lerner renunciar, Zelia ou Nelly podem chegar a prefeita

A possibilidade do prefeito Jaime Lerner disputar a prefeitura do Rio de Janeiro - em decorrência do domicílio eleitoral ficar reduzido em 100 dias - provocou, naturalmente, um vendaval de boatos e especulações neste período em que os partidos começam a definir seus candidatos. Ontem, pela manhã, um aspecto novo na questão - naturalmente sujeito a múltiplas interpretações - era analisado por vários experts em política: no caso de Lerner renunciar a prefeitura em junho para concorrer à sucessão do prefeito Marcelo Alencar, com todo apoio da máquina brizolista, quem o sucederá na prefeitura?

No ar, a homenagem aos melhores de nosso rádio

30 horas após a 64, cerimônia do 64ª Festa do Oscar, Curitiba também teve a sua versão tupiniquim para valorizar uma classe que tem sido cada vez mais marginalizada: os profissionais do radio. Idealizada por João Luiz Fiani, 28 anos e múltiplas experiências - ator, locutor, apresentador de programas de televisão, publicitário, etc., "Os Melhores do Rádio", nesta sua primeira edição, foi um evento marcante para destacar prefixos e, especialmente, profissionais que ainda acreditam na força do rádio.

Dias de fogo e pressão alta para Jaime Lerner

Após uma semana em que apesar de um exaustivo programa de reuniões técnicas na Alemanha não deixou de ter seu lado soft, o prefeito Jaime Lerner enfrenta agora uma carregadíssima agenda de problemas que exigem sua decisão pessoal, ágil e, sobretudo, equilibrada. Afinal, desde a questão da disputa (ou não) da Prefeitura do Rio de Janeiro - o que poderá representar a catapulta para, em menor tempo do que se espera, poder tentar a ascensão ao Palácio do Planalto - como presidente ou vice - até problemas político-administrativos que se acumulam na esfera municipal, exigirão sua atenção.

No campode batalha

Discretamente, o engenheiro Cassio Taniguchi, presidente do Instituto de Pesquisas e Planejamento Urbano de Curitiba, viajou para a Alemanha. Sua assessoria não ofereceu detalhes da viagem mas a informação é de que ele e a esposa, a empresária Marina, "viajaram de férias". O casal retorna dia 24. xxx
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br