Login do usuário

Aramis
Conteúdo sindicalizado RSS Secretaria da Cultura

Secretaria da Cultura

Uma mostra que mereceria um pouco mais de carinho

Embora seja um fanático por cinema - lazer cultural que não deixa de frequentar mesmo quando enfrenta sérias crises (como a atual, em decorrência dos protestos provocados pelo aumento do IPTU), o prefeito Jaime Lerner raras vezes comparece na Cinemateca.

No campo de batalha

O secretário René Dotti tem um amigo comum que pode ampliar o canal com a recém-criada Secretaria da Cultura: é o jornalista Sebastião França, assessor da Embrafilme - e ex-assessor da Secretaria da Cultura no Paraná. No ano passado, França empenhou-se em divulgar no Paraná o furioso livro que Ipojuca Pontes escreveu denunciando erros da política cinematográfica brasileira: "O Cinema Dilacerado". xxx

Fernanda Montenegro, a atriz, a cantora e agora a escritora

Fernanda Montenegro e Fernando Torres estiveram por algumas horas em Curitiba na terça-feira. Foi uma viagem rápida mas importante. Chegaram pela manhã e durante um almoço-reunião com a professora Maria Cristina Andrade Vieira, coordenadora de projetos culturais do Banco Bamerindus acertaram os detalhes finais da participação do Banco da Nossa Terra no patrocínio de "Suburbano Coração" em sua temporada paulista (Teatro Cultura Artística, a partir de 23 de abril).

No campo de batalha

Uma atriz-bailarina começa a se destacar na cidade: é a mignon Mittie Taketani, que está no elenco de "Alice no País das Maravilhas", adaptação e direção de Paulo Maia, que vem sendo apresentada nos fins de semana, 16 horas, no Teatro do Sesi. Baseado livremente no texto de Lewis Caroll, o espetáculo traz Gioavani Soar como Alice, ao lado de um grupo de moças bonitas e talentosas: Cristiane de Macedo, Erika Mignon, Chris Gomes e Eliane Campelli. Os marmanjos no palco são Álvaro Bittencourt, Cleon Jacques, Edson Rocha e Maurício Vogue. xxx

No campo de batalha

Não poderia ser mais promovido o lançamento de "Fórmula 1: O Circo e o Sonho" de Nice Ribeiro (Editora Best Seller, 208 páginas), um relato jornalístico dos bastidores das quatro temporadas que a autora paulista, 30 anos, atualmente morando em Londres - acompanhou nestes últimos anos. Nice Ribeiro, com seu olhar feminino, fala da política que envolve pilotos e escuderias, as engrenagens que movimentam o grande circo, as tietes, namoradas e esposas, os interesses, o poder do dinheiro, vaidades e rivalidades. xxx

No campo de batalha

Mais uma exposição de primeira categoria que o Goethe Institut traz a Curitiba: "Artistas Usam Fotografia" (6 a 24, Museu de Arte Contemporânea). O álbum - catálogo - que estará a venda no MAC - é um verdadeiro livro de arte. xxx Incansável Leonardo Dantas Silva, pesquisador da Cultura popular em Pernambuco, lançando um novo estudo sobre o frevo pernambucano, edição do Centro de Estudos Folclóricos da Fundação Joaquim Nabuco. Vale a pena solicitar. xxx

Como está a recepção da TVE em Curitiba?

As primeiras imagens da TV Educativa do Paraná começaram a ser projetadas, através do Canal 9, semana passada. E o diretor artístico da emissora, Sale Wolokita, está inquieto quanto à qualidade das transmissões. Assim, ele pede aos telespectadores que entrem em contato com a Secretaria da Cultura (fone 225-7117, ramal 43) e digam como estão recebendo a TVE.

No campo de batalha

Como o Sol (ou a Lua) não nasce para todos os que desejam estudar no Exterior, alguns têm que se contentarem em fazer seus cursos aqui mesmo no Brasil. É o caso de alguns servidores do Estado dispensados para freqüentarem as aulas em outros Estados. xxx O geógrafo Pedro Costa Guedes Vianna, da Surehma, vai permanecer dois anos em Florianópolis para fazer um curso sobre conservação de recursos naturais, a nível de mestrado. xxx

Quando se faziam músicas para mostrar nossos carnavalescos

Existe sim! Existe música de carnaval curitibana gravada. São raras mas já foram para o vinil. Há 17 anos, a Top Tape produziu um elepê com sambas-de-enredo de escolas de samba de vários estados e do Paraná escolheu um samba da Dom Pedro. Mais tarde, 1980/81, quando a advogada Maria Elisa Ferraz de Carvalho Paciornik, hoje presidenta do Instituto de Administração Municipal, era a coordenadora de Ação Cultural (administração Luís Roberto Soares) apoiou uma idéia do compositor Cláudio Ribeiro e promoveu duas edições de Abre Alas - Festival de Músicas Carnavalescas.

Carnaval ganha imagens e letra de forma

Apesar de o Brasil ter ganho a adjetivação de o País do Carnaval a partir do romance que Jorge Amado publicou em 1931, o fato é que a maior festa popular não tem inspirado uma bibliografia e filmografia à altura. Seria difícil, inclusive, montar uma programação de filmes relacionados ao Carnaval - pois embora possam ser identificadas algumas dezenas de títulos que, direta ou indiretamente, focaram o Carnaval, poucos teriam cópias à disposição de exibição.
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br