Login do usuário

Aramis
Conteúdo sindicalizado RSS Secretaria da Cultura

Secretaria da Cultura

Fernanda Montenegro, a atriz, a cantora e agora a escritora

Fernanda Montenegro e Fernando Torres estiveram por algumas horas em Curitiba na terça-feira. Foi uma viagem rápida mas importante. Chegaram pela manhã e durante um almoço-reunião com a professora Maria Cristina Andrade Vieira, coordenadora de projetos culturais do Banco Bamerindus acertaram os detalhes finais da participação do Banco da Nossa Terra no patrocínio de "Suburbano Coração" em sua temporada paulista (Teatro Cultura Artística, a partir de 23 de abril).

No campo de batalha

Uma atriz-bailarina começa a se destacar na cidade: é a mignon Mittie Taketani, que está no elenco de "Alice no País das Maravilhas", adaptação e direção de Paulo Maia, que vem sendo apresentada nos fins de semana, 16 horas, no Teatro do Sesi. Baseado livremente no texto de Lewis Caroll, o espetáculo traz Gioavani Soar como Alice, ao lado de um grupo de moças bonitas e talentosas: Cristiane de Macedo, Erika Mignon, Chris Gomes e Eliane Campelli. Os marmanjos no palco são Álvaro Bittencourt, Cleon Jacques, Edson Rocha e Maurício Vogue. xxx

No campo de batalha

Não poderia ser mais promovido o lançamento de "Fórmula 1: O Circo e o Sonho" de Nice Ribeiro (Editora Best Seller, 208 páginas), um relato jornalístico dos bastidores das quatro temporadas que a autora paulista, 30 anos, atualmente morando em Londres - acompanhou nestes últimos anos. Nice Ribeiro, com seu olhar feminino, fala da política que envolve pilotos e escuderias, as engrenagens que movimentam o grande circo, as tietes, namoradas e esposas, os interesses, o poder do dinheiro, vaidades e rivalidades. xxx

No campo de batalha

Mais uma exposição de primeira categoria que o Goethe Institut traz a Curitiba: "Artistas Usam Fotografia" (6 a 24, Museu de Arte Contemporânea). O álbum - catálogo - que estará a venda no MAC - é um verdadeiro livro de arte. xxx Incansável Leonardo Dantas Silva, pesquisador da Cultura popular em Pernambuco, lançando um novo estudo sobre o frevo pernambucano, edição do Centro de Estudos Folclóricos da Fundação Joaquim Nabuco. Vale a pena solicitar. xxx

Como está a recepção da TVE em Curitiba?

As primeiras imagens da TV Educativa do Paraná começaram a ser projetadas, através do Canal 9, semana passada. E o diretor artístico da emissora, Sale Wolokita, está inquieto quanto à qualidade das transmissões. Assim, ele pede aos telespectadores que entrem em contato com a Secretaria da Cultura (fone 225-7117, ramal 43) e digam como estão recebendo a TVE.

Walter Costa, o candidato que a política assassinou

Uma pauta para a editoria política seria a de levantar os homens que poderiam ter chegado ao governo do Paraná - ou ao menos influenciado em funções mais elevadas - se fatalidades, imprevistos e choques de percurso não os tivessem retirado, muitas vezes dramaticamente, das rotas políticas. Walter Guimarães da Costa (São Jerônimo da Serra, Paraná, 14/10/1922 - 31/12/1957) é um exemplo.

No campo de batalha

Após 70 dias de Europa (com passagem de 10 por Nova Iorque), Marcelo Marchioro voltou no dia 19. Só que a produção da remontagem de "Tosca" (amanhã e domingo) estava tão atrapalhada que passou esta semana dentro do Guaíra, tentando ajustar o espetáculo. A primeira récita foi ontem a noite e, ao final do espetáculo, extenuado, o diretor quase desmaiou. De cansaço... xxx

De Bonna ganha o álbum que sua arte merecia

Se a vida editorial no Paraná continua ainda fraca, longe da pujança de um Rio Grande do Sul, por exemplo - algumas luzes se acenderam no túnel cultural. Por exemplo, a editora Scientia et Labor, da Universidade Federal do Paraná, transformou-se de sonho em realidade - conforme registramos em outro texto desta mesma coluna. E na área de livros de arte, temos algumas publicações dignificantes, sem contar que desde que a Casa de Idéias encontre apoio, o talento do Mirandinha ajudará a fazer com que publicações do mais alto nível ganhem forma neste ano.

Era uma vez um projeto para promover a música paranaense

Mais uma imensa baixa no panorama cultural paranaense: após 18 meses de trabalho, investimentos no valor de US$ 200 mil e prejuízos que passaram dos US$500 mil, o animador cultural Romário Borelli está fechando a Alamo-Sul, estúdio de som que pretendia atuar na área de produções fonográficas em Curitiba, atingindo todo o Estado.

Com a falta de dinheiro, os nossos curtas estão parados

No ano passado o Paraná esteve totalmente ausente no circuito dos festivais de cinema. Se em 1988, Fernando Severo conseguiu com seu curta, 16 mm, algumas premiações em Gramado, Brasília e Salvador - principalmente porque "O Mundo Perdido de Kozák" focava, com bom gosto e cuidados de realização, um tema muito simpático (o resgate de um pioneiro da cinematografia, com preocupações ecológicas já nos anos 40/50), no ano passado nenhum realizador paranaense conseguiu ingressar sequer na parte seletiva dos festivais.
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br