Login do usuário

Aramis
Conteúdo sindicalizado RSS Carlos Lyra

Carlos Lyra

O brasileiro é bonzinho

Embora a amizade com César Costa Filho continue grande e fiel, com bons frutos musicais, o poeta Heitor Gurgel do Amaral Valente, primo em segundo grau de um dos homens que marcaram a noite (e música) carioca - o turfista, boêmio e compositor Paulo Soledad (Zum Zum, Clube dos Cafajestes, "Estão voltando As Flores"), tem também trabalhado com outros compositores, de nome nacional.

E as músicas de Carnaval? (II)

A decadência da música carnavalesca está provada não só na ausência de novas composições feitas especialmente para a festa mas, também, pelo desinteresse das gravadoras em investirem no gênero. As grandes fábricas restringiram as edições em elepês específicos, buscando mais os sambas-enredos das grandes escolas que, as partir da metade dos anos 60, passaram a ser consumidos nos maiores centros.

Vocalistas

1 - Com um elenco tão importante, a WEA Discos Ltda., pode deitar e rolar em lançamentos internacionais. Por isso, seu produtor internacional, está lançando uma coleção de gravações de nomes famosos feito ao vivo, registrando os aplausos, os assovios, o entusiasmo do público, após cada interpretação de seus superstars.

Uma noite da melhor MPB para Ney Braga

Se no passado a residência do professor Algacyr Munhoz Maeder - matemático, professor, ex-prefeito de Curitiba e ex-reitor da Universidade Federal do Paraná, recebeu grandes nomes da vida cultural e política do Brasil e Exterior, na quarta-feira, uma reunião informal, mas marcante, fez juz a tradição daquele solar na Rua Dr. Pedrosa. Um grupo melhores nomes da música brasileira, ali se encontrou, a convite do letrista Heitor Valente, coordenador do Projeto Acorde, com o governador Ney Braga, que estava junto com sua esposa - dona Nice, seu filho, Antônio Braga Neto e a nora.

A entrevista com Ney que a operação adiou

O governador Ney Braga havia mercado um único compromisso para a tarde de sexta-feira, 25 - dia de seu 63.º aniversário. No Palácio Iguaçu, receberia para uma entrevista exclusiva o jornalista Antônio Prado, da revista << Visão >> . Ex-correspondente do grupo Visão em Washington, Prado, após ter feito a cobertura da visita do Papa João Pauli II ao Brasil, trabalha numa grande reportagem sobre a situação do atletismo no Brasil, investigando as razões pelas quais o nosso País raramente consegue - destaque nas competições internacionais.

Vinícius sem Lágrimas

Era de madrugada. Ouvi a voz de minha mãe, viúva. De repente não tinha pai. (Elegia na morte de Clodoaldo Pereira da Silva Moraes, poeta e cidadão) *** A notícia chegou também pelo telefone. Do amigo Jorge, depois reiterado pelo interurbano do poeta e irmão Hermínio Carvalho. Desta vez, infelizmente, não era apenas um boato. O poeta Vinícius de Moraes morreu.

Kate e Bruna, cabeças lindas e inteligentes

Há muito tempo que uma << Parceria >> , não atraia público tão numeroso. O comparecimento de espectadores para assistir ao encontro dos casais Kate/Carlos Lyra/Bruna Lombardi/Carlos Alberto Ricceli, segunda-feira, fez com que até os corredores do paiol ficassem lotados. E o diretor-executivo da Funarte, Roberto Parreiras, junto com Cleto de Assis, secretário de Comunicação, assistiram a << Parceria >> . do único espaço que restava - o patamar da iluminação.

Novos talentos

Pelo visto a inflação de novas cantoras vai continuar em 1980. No ano passado, não custa lembrar, foram mais de 50 novas vozes que apareceram entre intérpretes, compositores ou mesmo instrumentistas - muitas vezes, as três talentos reunidos numa mesma (bela) mulher. Agora, mais modesta - apenas cantora, aparece Lucinha Araújo. Uma senhora charmosa, elegante, esposa de um dos mais prósperos executivos da industria fonográfica, João Araújo, ex-Polygram, hoje diretor-sócio/Som Livre, Lucinha demorou para fazer o seu disco.
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br