Login do usuário

Aramis
Conteúdo sindicalizado RSS Antônio Carlos Jobim

Antônio Carlos Jobim

Um encontro (des)marcado pela paixão de Zélia, Fernando e poder temporário

Não se fala há duas semanas em outra coisa: o livro da Zélia. Nunca um livro foi tão comentado, discutido, xingado. Há ameaça até de uma (quase) burra unanimidade: fazer da ex-ministra da Economia mulher mais criticada deste país - justamente agora, quando ela deixou o poder. Nem quando foi anunciado o Plano Collor II - com o sequestro das poupanças - Zélia Cardoso e Mello esteve em tanta evidência.

Tom grava Noel Rosa para o songbook que Almir produz

Num ano de escassas edições musicais de bom nível - no qual será difícil fazer os tradicionais destaques da área fonográfica - uma das esperanças maiores se concentra no álbum duplo que o produtor Almir Chediak está realizando em homenagem a Noel Rosa (1910-1937). Depois do exaustivo estudo de João Máximo e Carlos Ridier - "Noel Rosa: uma biografia" (Editora da Universidade de Brasília, 1990), é a Lumiar Editora quem vai reverenciar aquele que para muitos continua sendo o nosso maior compositor popular.

Os melhores nacionais e do jazz segundo Caetano

Caetano Cerqueira Rodrigues, 57 anos, presidente do Blue Note Jazz Clube; produtor de programas de jazz e bossa nova para a rádio Ouro Verde-FM - e também é dono de uma das maiores coleções de CDs, especializados em jazz, música instrumental brasileira, Bossa Nova e grandes vocalistas americanos. Assim, sua relação dos 10 lançamentos e reedições exclusivamente em CDs feitos no Brasil é importante referencial sobre uma faixa altamente sofisticada na produção nacional e internacional. Os 10 melhores lançamentos nacionais

Norton, agora, é também professor universitário Norton, agora, é também professor universitário Norton, agora, é também professor universitário

Mais um reconhecimento nacional à competência e talento do curitibano Norton Morozowicz. Apesar da crise pela qual atravessa o ensino superior no Brasil, com as universidades enxugando seus quadros e reduzindo cursos, o seu esplêndido curriculum internacional lhe valeu a contratação, por quatro anos, como professor-visitante da Universidade Federal de Goiás.

Sexo e drogas entre as sete boas estréias

Sete estréias numa mesma semana - das quais pelo menos três dignas de verificação - trazem novamente aquela velha reclamação dos cinéfilos que não podem se "dedicar" em tempo integral aos filmes em exibição - que, muitas vezes, nem chegam a segunda semana.

CDs do ano - A volta de Luís Bonfá, em sua melhor forma e estilo

Afinal, neste final de ano, chega um dos álbuns mais aguardados: o retorno de Luís Bonfá, que há 18 anos não tinha um novo disco lançado no Brasil ("Jaracandá" aqui saiu em 1973 pela RGE), embora sua discografia chegue a 50 títulos nos Estados Unidos. Reconhecido como um dos influenciadores da Bossa Nova, compositor, violinista e mesmo cantor eventualmente, com uma obra internacionalmente reconhecida, Bonfá é, para a geração idiotizada pelas FMs que colonizam corações & bolsos, um ilustre desconhecido.

O Paulinho que ficou americanizado

Se a saída para o músico brasileiro era o portão internacional do Galeão, como teria dito Antônio Carlos Jobim antes de conquistar a América, ninguém melhor do que os percussionistas entenderam este recado. Basta fazer um levantamento do número de instrumentistas de nosso país que acabaram dando certo nos Estados Unidos - entre outros países - para se perceber que os homens do ritmo foram privilegiados.

Amor e vida nas vozes de Marina, Libertad e Alaíde

Três cantoras, de diferentes gerações e origens, apresentando-se numa mesma semana, oferecem diversificadas oportunidades de se (re)apreciar/(re)ouvir os caminhos musicais em relação à criação-sensibilidade de comercialização.

A força do 16mm em curtas e nos médias biográficos

Dos quatro médias-metragens que disputarão a premiação em Gramado, três foram rodados em 16mm, o que comprova que esta bitola continua a ser uma opção para projetos de cunho mais cultural - como é o caso dos médias. Afinal, se as possibilidades de exibição dos curtas no circuito comercial são reduzidas - apesar da chamada "lei da obrigatoriedade" que há dois anos não é fiscalizada (e que continua a justificar debates, reuniões e manifestos dos interessados), aos médias-metragens as chances de chegarem aos espectadores ainda são mais reduzidas.

O grande retorno de Johnny Alf

Entramos no último mês do primeiro semestre de 91 e as perspectivas musicais continuam limitadas. Difícil será relacionar dez lançamentos de MPB que mereçam destaque feitos nestes cinco primeiros meses do ano e, entre eles, estariam, sem dúvida, apenas gravações de gente já conhecida - até obras póstumas, como os dois belíssimos elepês deixados por Elizeth Cardoso (1920-1990), produzidos pelo incansável Hermínio Bello de Carvalho e que só agora estão chegando às lojas graças a Sony Music (ex-CBS).
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br